Telefone: (15) 3202-5871 | E-mail: contato@agapeterapia.com.br
  • ORAÇÕES DEVOCIONAIS

     
    A IMPORTÂNCIA DA ORAÇÃO, DO ESTUDO, DO TRABALHO E DA DOAÇÃO 
  •  

  • INTRODUÇÃO

    “Nunca permita que um problema a ser resolvido…
    um trabalho a ser feito… um estudo a ser desenvolvido,
    se torne mais importante que uma pessoa a ser amada!”

    Apresentamos com muita alegria e como fruto de nossa intercessão, um pequeno livreto disponibilizando aqui as principais orações que nós da Comunidade Dois Corações, rezamos em fraterna comunhão por todo ano, mês após mês, dia após dia!
    Podemos testemunhar o mútuo fortalecimento em nossa vida de oração, tendo esta se tornado até mais intensa e rica no conteúdo e na partilha.
    Vemos seus frutos em nossos estudos formativos dentro do carisma e em união nossa com o Magistério da Igreja.
    Fecundado por elas têm sido nossos trabalhos em nossas Casas e em nossas frentes de missão, sempre em busca de uma total consonância com a vontade do Senhor.
    E pela assiduidade e compromisso com a oração pessoal e comunitária todo gesto de doação de si neste carisma tem sido um transbordamento do Amor Ágape que cura e liberta.
    Nasceu assim o desejo de partilhá-las com nossos mais queridos irmãos e irmãs que de alguma forma, – seja nos Retiros por Cura: Agapeterapia, no Projeto Geração Pura, no Projeto Mãe do Deus Menino com nossas Casas Lar ou visitando nossa Casa Mãe -, têm experimentado a força deste carisma.
    Relatamos um pouco da história pessoal de nossos patronos e as orações que com eles e através deles podemos fazer leitura da espiritualidade deste carisma a nós confiado. Outras orações e novenas imprescindíveis para nosso amadurecimento e fervor renovado, além de outras tão importantes na história e no decorrer do Retiro Agapeterapia.
    Queremos somente poder dar mais espaço de atuação ao Espírito Santo, na simplicidade, humildade, desprendimento e pureza de coração e intenção, e assim vê-Lo agir ainda mais poderosamente em favor de todos, e juntos podermos testemunhar: “Eu tinha ouvido falar dele, mas agora eu vi o Espírito Santo!”

    Agradeço Senhor…
    Agradeço vocês irmãos e amigos pela presença, apoio, incentivo e ajuda consistente…
    Agradeço às ‘nossas crianças’ por tudo que nos tem ensinado, por todo amor dado e recebido…
    Pelos irmãos e irmãs co-fundadores da Comunidade, sem eles ela não teria permanecido e crescido tanto…
    Pela família sempre presença amiga e compreensiva…
    A todos e a cada um meu abraço carinhoso e fraterno de sempre

    Reinalda

    14 de setembro de 2015, Festa do Coração Sagrado de Jesus e Maria 

  •  

  • OREMOS COM NOSSOS PATRONOS

    Patronos 5

    – SÃO PEDRO JULIÃO EYMARD – oramos após receber a Santa Eucaristia:

    “Adoro-Vos, Ó Divino Jesus, vivo e presente na Eucaristia, tesouro inesgotável dos dons celestes; fonte universal de onde o bem, a luz, as virtudes, a felicidade, a bênção, a perfeição e tudo que há de mais puro, belo e santo emanam e difundem-se na Igreja e nas almas.

    Pela virtude desta admirável plenitude, dignai-Vos, vo-lo peço, atendei as minhas humildes súplicas, afastai de minha alma e de meu corpo os perigos a que estão expostos, e concedei-me a graça de que tenho premente necessidade. Com inabalável confiança vo-lo peço e, em retribuição de vossos benefícios, ofereço-me sem reserva para Vos amar, servir e glorificar no adorável Sacramento da Eucaristia. Amém.”

     

    – BEATA ELENA GUERRA – oramos após receber a Santa Eucaristia:

     “Senhor Jesus, comunica, te suplico, o teu Espírito à minha alma: batiza-me mais uma vez no Teu Sangue, associa-me à tua oblação eucarística no tabernáculo, enriquece-me de graças sempre maiores, sobretudo infundi-me o dom da oração verdadeira e perseverante. Doa-me um coração novo, purificado pelo teu Amor, onde os afetos te sejam agradáveis: visita, Senhor, este meu pobre coração, e transforma-o em um vaso de eleição. Corrige as minhas intenções, para que não sejam viciosas ou muito humanas, e faz que as minhas ações sejam conforme a tua vontade. Rende-me semelhante a ti na paciência, para que eu suporte os sofrimentos e as dificuldades junto a ti.

    Faz que eu fale, Senhor, agindo conforme o teu Espírito: que as minhas palavras te glorifiquem e sejam úteis ao bem espiritual do meu próximo. Entrego, enfim, a ti, todo o meu ser, para que, mediante o teu Espírito, o plasme, o renove, o transforme,  configurando-o plenamente a ti.”  Amém.

     

    – SÃO DOMINGOS DE GUSMÃO – oramos após receber a Santa Eucaristia:

    Zeloso pregador do Evangelho, e fiel propagador da recitação do santo Rosário que sempre fostes sensível diante das misérias alheias, estendei até nós a promessa que fizeste de ajudar-nos lá dos céus com as vossas preces. Ensinai-nos as virtudes do verdadeiro zelo, não só de preservarmos nossas almas de todo pecado, como também salvarmos as almas dos nossos irmãos.

    Dai-nos por vossa intercessão a perseverança, o zelo e o amor na recitação do Santo Rosário, para que provemos o poderoso auxílio da Virgem Maria em nossas necessidades e para vivermos dignamente, sobretudo na abundância de bens espirituais. Por Cristo, Senhor nosso. Amém!

     ANTES DA RECITAÇÃO DO ROSÁRIO: São Domingos, Apóstolo do Rosário, acompanhe-nos com a vossa benção na recitação de cada do Terço, para que, por meio desta devoção a Maria, cheguemos mais depressa a Jesus e nossa Senhora do Rosário nos leve à vitória em todas as lutas da vida. Por seu Filho Jesus Cristo, na unidade do Pai e do Espírito Santo. Amém!

     

    – SÃO JOAO EUDES

    Ave Maria, Filha de Deus Pai.
    Ave Maria, Mãe de Deus Filho.
    Ave Maria, Esposa do Espírito Santo.
    Ave Maria, templo de toda a Divindade.
    Ave Maria, alvíssimo lírio da Trindade, fulgurante e sempre sereno.
    Ave Maria, rosa resplandecente de celestial amenidade.
    Ave Maria, Virgem das Virgens, Virgem fiel, de quem quis nascer e de cujo leite quis se amamentar o Rei dos Céus.
    Ave Maria, Rainha dos Mártires, cuja alma foi transpassada pelo gládio da dor.
    Ave Maria, Senhora do Mundo, a quem foi dado todo poder no Céu e na Terra.
    Ave Maria, Rainha do meu coração, Mãe, vida, doçura e esperança minha caríssima.
    Ave Maria, Mãe amável.
    Ave Maria, Mãe admirável.
    Ave Maria, Mãe de misericórdia.
    Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco; bendita sois Vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus.
    E bendito é o vosso Esposo, São José.
    E bendito é o vosso Pai, São Joaquim.
    E bendita é a vossa Mãe, Santa Ana.
    E bendito é São João, a quem fostes confiada ao pé da Cruz.
    E bendito é o vosso Anjo, São Gabriel.
    E bendito é o Eterno Pai que Vos escolheu.
    E bendito é o vosso Filho que Vos amou.
    E bendito é o Espírito Santo que Vos esposou.
    E benditos são eternamente os que Vos bendizem e crêem em Vós.

     

    – SANTA GEMMA GALGANI:

    “Aqui me tens prostrada em vossos pés Santíssimos, meu querido Jesus, para manifestar-vos a cada instante meu reconhecimento e gratidão por tantos e tão contínuos favores como me haveis dado e que todavia sempre quereis me conceder.

    Quantas vezes os tenho invocado, oh, Jesus!  Sempre me haveis deixado satisfeita; tenho recorrido a Vós e sempre me haveis consolado.

    Como poderei expressar meus sentimentos, amado Jesus? Dou-Vos graças, mas outra graça quero de Vós. Ó Deus meu! Se é de vosso agrado…

    (Aqui se manifesta a graça que se deseja conseguir).

    Se não fosseis Todo-Poderoso não vos faria esta súplica. ÓJesus, tende piedade de mim.

    Porém, faça-se em tudo vossa Santíssima vontade.”

  •  

  • 1. CONSAGRAÇÃO AO CORAÇÃO UNIDO

    IMG-20150923-WA0007

    Ó Senhor, eu sei, me sinto confiante e creio que o triunfo do Vosso Sagrado Coração e do Coração Imaculado de Maria está prestes a se realizar, conforme foi anunciado em profecia à Vossa amada Igreja. Deste modo, venho humildemente consagrar a mim mesmo(a), a minha família, a nossa Comunidade fraterna e o nosso País, ao Sagrado Coração Unido de Jesus e Maria. Creio que ao me consagrar ao Vosso Amoroso Coração Unido estou permitindo que todo orgulho e arrogância, toda tibieza e endurecimento do meu coração comecem a ser aniquilados, e que toda maldade seja substituída pelo amor e pelas boas obras, e que nenhuma espada jamais será levantada contra mim, sem que o permitais. Creio também que o Vosso Coração Unido não resistirá agora aos meus anseios e às minhas necessidades, mas na Sua Chama de Amor me escutará e me acolherá para curar minhas profundas feridas e me trazer a paz! Jesus e Maria soprem sobre mim uma faísca do Amor do Vosso Sagrado Coração. Permaneçam comigo, para que eu possa promover a Paz e a Unidade, viver minha Conversão, e encontrar a verdadeira Alegria no Espírito. Amém.

    Tudo por Vós, Sacratíssimo Coração de Jesus.
    Nada sem Vós, Imaculado Coração de Maria.
    São João Eudes, rogai por nós! 

  • 2. CONSAGRAÇÃO AO ESPÍRITO SANTO

    Espírito Santo

    Ó Divino Espírito Santo, luz eterna e brilhantíssima, cuja magnificência enche o Céu e a terra, eis-me aqui humildemente prostrado ante a Vossa divina presença, para me consagrar a Vós para sempre. Adoro o brilho de Vossa pureza, Vossa imutável justiça e o poder do Vosso amor. É por Vós, força e luz de minha alma que eu penso, vivo e trabalho.
    Não permitais que eu peque contra Vós nem resista aos suaves impulsos de Vossa graça, mas dirigi todos os meus pensamentos para que esteja atento à voz de Vossas inspirações, as siga fielmente e encontre na Vossa misericórdia, auxílio contra minha fraqueza. Adorável Espírito compadecei-vos de minha indigência, preservai-me de todo o erro e obtende-me o perdão, se eu chegar a cair em pecado.
    Peço-Vos, de joelhos, aos pés de Jesus crucificado, contemplando e adorando as Suas Chagas sagradas, Seu lado aberto, Seu Coração transpassado.
    Espírito do Pai e do Filho, fazei que com Vossa graça eu possa dizer em tudo e sempre: “Falai Senhor, que Vosso servo Vos ouve”. Espírito de Sabedoria e Entendimento dissipai minha ignorância. Espírito de Conselho dirigi minha inexperiência. Espírito de Fortaleza fazei-me perseverante no serviço de Deus; dai-me a força de proceder em tudo com bondade e benevolência. Espírito de Temor de Deus livrai-me de todo mal. Espírito de Paz dai-me a Vossa Paz. Espírito de Santidade ornai com as celestes virtudes da pureza e modéstia, a mim, templo que escolhestes para Vossa morada, e por Vossa graça poderosíssima, preservai constantemente minha alma da mancha do pecado. Assim seja.

    Beata Elena Guerra, rogai por nós. 

  • 3. TERÇO DOIS CORAÇÕES

    CORAÇÕES (2)

    Rezamos ao Sagrado Coração Unido de Jesus e Maria.  É o Amor que flui do Coração Sagrado que nos impulsiona a amar os irmãos, a todos, mas especialmente aqueles a quem não escolhemos amar, mas que Deus nos pede que amemos: os diferentes de nós, os que são excluídos pela aparência, pelo passado que tiveram, pelos problemas psico-afetivos que trazem consigo e refletem em seu modo de ser. Ao Pai, oramos para que nos dê um coração de filhos, para assim nos sentirmos verdadeiramente irmãos. À Virgem Maria, para que, nos refugiando em seu Coração Imaculado, nos leve a seu Filho, e no seu Coração Sagrado encontremos a fonte de toda a cura.

    * Inicia-se o Terço com: 1 Pai Nosso, 3 Ave-Marias e Glória.

    No lugar do Pai-Nosso reza-se esta Invocação:

    – “Na pequenez de minh’alma
    entrego-me inteiramente a Vós
    e de Vós tudo espero,
    ó Sacratíssimo Coração unido
    de Jesus e de Maria.”
    Como é bom, seguidas vezes, podermos reconhecer diante de nosso Deus nossa pequenez que nos causa tantas fragilidades e manifestarmos um desejo profundo de sermos inteiramente dos Sagrados Corações, a eles nos entregando sem reservas e somente deles esperando vida nova no Espírito.

    •  Primeira dezena:
      – Ó Sacratíssimo Coração unido de Jesus e Maria,
      curai os que estão caídos pelo caminho (10xs)
      Reconhecemos que nós somos os primeiros que necessitamos da experiência deste Amor que cura, e a ela nos abrimos diariamente, pois somente curados poderemos nos tornar canal de cura para os irmãos.
    •  Segunda dezena:
      – Ó Sacratíssimo Coração unido de Jesus e Maria,
      curai os que estão caídos pelo caminho (10xs)
      A primeira Palavra que o Senhor nos dirigiu quando discerníamos Sua Vontade para nossa Comunidade, foi a do “Bom Samaritano” (cf Lc 10, 25-37). Revelou ao nosso coração Seu desejo de que agíssemos como o hospedeiro, que cuidou daquele que havia encontrado “caído pelo caminho” em conseqüência da violência de um assalto. O Senhor também nos esclareceu que este é o Seu desejo para nós, fazermos o que fez aquele hospedeiro, pois hoje já há muitos que estão “buscando os caídos, os doentes à beira do caminho”, mas que há poucos ministeriados cuidando de suas “feridas” particularmente as psico-afetivas.
    • Terceira dezena:
      – Ó Sacratíssimo Coração unido de Jesus e Maria,
      ensinai-nos a amar como Vós amais para que todos sejam curados por este Amor (10xs)
      Invocamos a intervenção dos Sagrados Corações para que atuem diretamente em nosso carisma, pois somente plenificados do Amor que neles há, os que se aproximarem de nós necessitando ajuda, poderão ser curados por este Amor Ágape. 
    • Quarta dezena:
      – Ó Sacratíssimo Coração unido de Jesus e Maria,
      intercedei por uma perene efusão do Espírito Santo em nossas vidas (10xs).
      A exemplo de nossa padroeira Beata Elena Guerra invocamos a unção diária do Espírito que é Amor para podermos viver nosso carisma.
    • Quinta dezena:
       Ó Sacratíssimo Coração unido de Jesus e Maria,
      ajudai-nos a amar o que o Pai ama, querer o que Ele quer e rejeitar todo o mal (10xs).
      A exemplo de nosso padroeiro, São Pedro Julião Eymard, pedimos a graça de nos rendermos à Vontade e ao Amor de Deus para amarmos como Ele ama, querer o que Ele quer, a fim de buscarmos a santidade e extirpar o mal de nossas vidas. 
    • A oração que encerra esse Terço é um ato expresso de oferecimento e desagravo.
      Ofereço-Vos, ó meu Deus, neste dia, em união com o Santíssimo Coração de Jesus, por meio do Imaculado Coração de Maria, as orações e o trabalho, as alegrias e o descanso as dificuldades e os sofrimentos desta vida, em reparação das nossas ofensas, e por todas as intenções, pelas quais o mesmo Divino Coração está continuamente a interceder e a sacrificar-se por nós em nossos altares. Eu Vos ofereço, em particular, pelas intenções da Vossa Santa Igreja e por nossa Comunidade. Amém!
  • 4. A CURA ATRAVÉS DA HUMILDADE

    Humildade

    “Reconhecei a vossa miséria, afligi-vos e chorai. Converta-se o vosso riso em pranto e a vossa alegria em tristeza. Humilhai-vos na presença do Senhor, e ele vos exaltará” (Tg 4,9-10)

    Senhor humilde e manso de coração, ajuda-me a aprender a amar a humildade. Refreia minha língua para que eu não fale de mim mesmo. Acalma-me em ocasiões em que esteja para tornar-me impaciente, descontente com minha sorte. Ajuda-me a pensar menos em mim mesmo e mais na Santíssima Trindade e em meus semelhantes. Ó Jesus, manso e humilde de coração, tem piedade de mim. Do desejo de ser estimado, livra-me ó Jesus. Do temor de ser desprezado, livra-me, ó Jesus. Do temor de ser recusado, livra-me, ó Jesus. Do temor de ser difamado, livra-me, ó Jesus. Do temor de ser esquecido, livra-me, ó Jesus. Do temor de ser ridicularizado, livra-me, ó Jesus. Do temor de ser tratado injustamente, livra-me, ó Jesus. Do temor de ser julgado suspeito, livra-me, ó Jesus. Que os outros sejam mais amados do que eu, ó Jesus, conceda-me a graça deste santo desejo. Que os outros cresçam na estima do mundo e que eu diminua, ó Jesus, conceda-me a graça deste santo desejo. Que aos outros se dê mais confiança no trabalho e que eu seja deixado de lado, ó Jesus, conceda-me a graça deste santo desejo. Que os outros sejam louvados e eu negligenciado, ó Jesus, conceda-me a graça deste santo desejo. Que os outros sejam preferidos a mim em tudo, ó Jesus, conceda-me a graça deste santo desejo. Que os outros se tornem mais santos do que eu, contanto que eu também me torne tão santo quanto puder, ó Jesus, conceda-me a graça deste santo desejo.

    Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória ao Pai.
    Coração de Maria, abismo de humildade, rogai por nós. 

  • 5. ORAÇÃO DO SANTO PAPA JOÃO XXIII

    SÓ POR HOJE

    Senhor, tenho experimentado Tua Graça em minha vida, a me sustentar e animar.
    Mas, reconheço também que esperas que eu, de minha parte, realize aquilo que de mim depende, para que Teu supremo Amor transborde a partir de mim, para os meus irmãos.
    Por isso hoje, Senhor, contando contigo, eu me decido a orar e a realizar aquilo a que me proponho e segundo Tua Palavra me ensina:

    Senhor…

    “- Hoje e só hoje, tratarei de viver exclusivamente este dia, sem querer resolver os problemas da minha vida de uma só vez.
    – Hoje e só hoje, terei o máximo cuidado com os meus atos; serei cortês nas minhas maneiras. Não criticarei ninguém e não terei a pretensão de melhorar ou disciplinar ninguém, senão a mim mesmo.
    – Hoje e só hoje, serei feliz na certeza de que fui criado para a felicidade não só no outro mundo, mas neste também.
    – Hoje e só hoje, adaptar-me-ei às circunstâncias, sem pretender que elas se adaptem a todos os meus desejos.
    Hoje e só hoje, dedicarei dez minutos do meu tempo a uma boa leitura, recordando que, assim como o alimento é necessário para a vida do corpo, a boa leitura é necessária para a vida da alma.
    Hoje e só hoje, farei uma boa ação e não direi a ninguém.
    Hoje e só hoje, farei pelo menos uma coisa que não desejo fazer e se me sentir ofendido nos meus sentimentos, procurarei que ninguém o saiba.
    – Hoje e só hoje, hei de traçar um programa detalhado para este dia; talvez não o cumpra integralmente, mas ao menos tê-lo-ei definido. Hei de guardar-me de duas calamidades: a pressa e a indecisão.
    – Hoje e só hoje, acreditarei firmemente que, embora as circunstâncias demonstrem o contrário, a boa providência de Deus se ocupa de mim como se não existisse mais ninguém no mundo.
    Hoje e só hoje, não terei temores.  De modo particular, não terei medo de gozar do que é belo, e de crer na bondade.”

    Pai Nosso – Ave Maria e Glória
    Imaculado Coração de Maria, eu confio em vós!  

  • 6. ORAÇÃO DA MANSIDÃO

    LionLamb

    Senhor, dai-me paciência, bondade, mansidão!
    Dai-me paciência em tudo, com todos e comigo mesmo.
    Dai-me bom senso, retidão, sabedoria!
    Senhor, fazei que eu compreenda cada vez melhor, o poder da mansidão.
    Que me lembre sempre que a mansidão é a chave
    que abre as portas de todos os corações!
    Embora tão numerosos sejam os meus pecados,
    dá-me de beber vosso remédio, porque sabeis que sinto a dor de pecar!
    Quero ser puro e manso, meu Senhor,
    e que eu possa ter a vossa pureza e mansidão!
    Senhor, que eu não me entristeça pelas palavras que magoam,
    palavras que alguns irmãos dizem contra mim!
    Ensinai-me a ser paciente e a amá-los como vós os amais!
    Por isso, Jesus neste momento, lembrando-me de vossas palavras:
    “Aprendei de Mim que Sou Manso e Humilde de coração!”
     humildemente eu  peço:
    “Jesus, manso e humilde de coração,
    fazei o meu coração semelhante ao Vosso!”
    Sede, vós, inteiro em mim! Usa-me como vaso de barro em vossas mãos!
    Dou-vos as migalhas que eu tenho colhido de vossa mesa.
    Amo vossa Misericórdia e vosso Coração Sagrado manso e humilde
    Senhor, dai-me o Vosso amor e a Vossa Graça, principalmente a perseverança!
    E não permitais que eu me separe de vós!
    Pai do Céu, dai-me por Jesus Cristo, o Espírito Santo!
    Virgem Maria, Mãe de Jesus, fazei-me santo(a). Amém!

  • 7. ORAÇÃO VOCACIONAL

    Oração Vocacional

    Senhor da Messe e Pastor do rebanho,
    faze ressoar em nossos ouvidos teu forte e suave convite: “Vem e Segue-me”!
    Derrama sobre nós o teu Espírito,
    que Ele nos dê sabedoria para ver o caminho e generosidade para seguir tua voz.
    Senhor, que a Messe não se perca por falta de operários.
    Desperta nossas comunidades para a Missão. Ensina nossa vida a ser serviço.
    Fortalece os que desejam dedicar-se ao Reino na diversidade
    dos ministérios e carismas.
    Senhor, que o Rebanho não pereça por falta de Pastores.
    Sustenta a fidelidade de nossos bispos, padres, diáconos,
    religiosos, religiosas e ministros leigos e leigas.
    Dá perseverança a todos os vocacionados.
    Desperta o coração de muitos jovens para o ministério em nossa Comunidade.
    Senhor da Messe e Pastor do Rebanho, chama-nos para o serviço de teu povo.
    Maria, Mãe da Igreja, modelo dos servidores do Evangelho,
    ajuda-nos a responder SIM.  Amém.

  • 8. ORAÇÃO PEDINDO O DOM DA PUREZA

    Franz Ittenbach O DOM DA PUREZA

    Meu Deus e Pai, eu não quero a nudez dos homens, mas apenas a de Cristo.
    A nudez da sua infância que me ensina a pobreza.
    A nudez do seu batismo que me ensina a inocência.
    A nudez do seu sacrifício na Cruz que me ensina o amor.
    Eu não quero ver a beleza dos homens, que passa.
    Mas quero diante dos meus olhos a beleza de Cristo.
    A beleza da sua humanidade, a beleza da sua divindade.
    A beleza da sua virilidade, a beleza da sua filial obediência.
    A beleza das suas virtudes, a beleza da sua infinita graça.
    A beleza das suas chagas, a beleza do seu Sagrado Coração,
    jorrando sangue e água de uma vida interminável.
    Eu não quero a masculinidade do mundo, mas apenas a de Cristo.
    A masculinidade que é sábia e que se deixa governar pela Lei de Deus.
    A masculinidade que é corajosa e que prontamente combate contra o mal.
    A masculinidade que é forte, que carrega a cruz sem queixas,
    enquanto é dócil, como a firme rocha
    que abriga das tempestades os indefesos.
    Não quero os homens imperfeitos,
    mas apenas o verdadeiro homem que é Cristo.
    Não quero outros pais, senão o único Pai Celeste.
    Não quero outro consolo, nem outro amor, senão o Espírito Santo.
    Não quero ter comigo outro corpo, senão o da Eucaristia
    Não quero outro prazer, senão o da adoração.
    Não quero nenhum ídolo, nem homem que me subjugue,
    Senão a Vós, meu único e verdadeiro Deus que me liberta. Amém

    Padre John Harvey, o.s.f.s. do  Apostolado Courag 

  • 9. TERÇO PEDINDO LIBERTAÇÃO A NOSSA SENHORA DO CALVÁRIO

    nossa-senhora-das-dores

    Este Terço por Libertação se compõe em rezar cinco mistérios suplicando por libertação. Contemplando nas dezenas os mistérios do Terço da Cruzada contra o demônio e seu reino, como uma arma contra os poderes infernais.

    Início: Oração ao Espírito Santo: “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações dos Vossos fiéis e acendei neles o fogo do Vosso amor. Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado e renovareis a face da terra. Oremos: Ó Deus que instruístes os corações dos Vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre de Sua consolação. Por Cristo, Senhor nosso. Amém!”

    Creio. Pai Nosso. 3 Ave-Marias. Glória

    – 1º Mistério: Contemplamos como Jesus nos deu exemplo brilhante na luta contra satanás e seu reino.

    Reza-se ao invés do Pai Nosso, o Magnificat- LC 1, 46-55
    “Minha alma glorifica o Senhor,
    Meu espírito exulta de alegria em Deus meu Salvador,
    Porque olhou para sua pobre serva.
    Por isto, desde agora, me proclamarão bem aventurada todas as gerações, porque realizou em mim maravilhas aquele que é poderoso e cujo nome é Santo.
    Sua misericórdia se estende, de geração em geração, sobre os que o temem.
    Manifestou o poder do Seu braço: desconcertou os corações dos soberbos.
    Derrubou do trono os poderosos e exaltou os humildes. Saciou de bens os indigentes e despediu de mãos vazias os ricos.
    Acolheu a Israel, seu servo, lembrado da Sua misericórdia, conforme prometera a nossos pais, em favor de Abraão e de sua posteridade, para sempre.”

    Reza-se ao invés das Ave-Marias (10 vezes):
    Ave-Maria, Virgem Poderosa,
    Imaculada Conceição, Rainha das Vitórias,
    que as Vossas lágrimas de sangue destruam as forças do inferno.
    Assim seja!

    Reza-se ao invés do Glória:
    “A Cruz Sagrada seja minha luz!
    Não seja o dragão o meu guia!
    Retira-te satanás,
    Nunca me aconselhes coisas vãs,
    É mau o que tu me ofereces.
    Bebe tu mesmo o teu veneno!”

    – 2º Mistério: Contemplamos como Jesus venceu a morte e o inferno pela Sua Paixão e Morte na cruz.

    – 3º Mistério: Contemplamos a Cruz de Cristo que se tornou um sinal de terror para satanás.

    – 4º Mistério: Contemplamos como Jesus deu à Virgem Maria a força de esmagar a serpente infernal.

    – 5º Mistério: Contemplamos como Jesus deu à Virgem Maria o poder sobre satanás por todos os tempos.

    O terço termina com a recitação da Salve Rainha e acrescenta-se:

    “Levanta-se Deus, intercedendo a Bem-aventurada Virgem Maria, seu castíssimo esposo São José, São Miguel Arcanjo e todas as milícias celestes e sejam dispersos os seus inimigos e fujam de sua face todos que vos odeiam. Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!”  

  • 10. ORAÇÃO PEDINDO A ARMADURA DE DEUS

    armadura-de-deus-1

    Pai celeste, eu agora, pela fé, clamo a proteção da vossa armadura, para que eu possa permanecer firme contra satanás e todas as suas hostes e, no Nome + do Senhor Jesus, vencê-las.
    Eu tomo a Vossa Verdade contra as mentiras e os erros do inimigo astucioso. Eu tomo a Vossa Justiça para vencer os maus pensamentos e as acusações de satanás. Eu tomo o Equipamento do Evangelho da Paz e deixo a segurança e os confortos da vida para combater o inimigo.
    E, acima de tudo, eu tomo a Vossa Fé para barrar o caminho da minha alma às dúvidas e incredulidades. Eu tomo a Vossa Salvação e confio em vós para proteger meu corpo e minha alma contra os ataques de satanás. Eu tomo a Vossa Palavra e oro  para  que  o   Espírito Santo me capacite a usá-la eficazmente contra o inimigo, a cortar toda escravidão e a libertar todo cativo de satanás, no poderoso e conquistador Nome + de Jesus Cristo, meu Senhor.
    Eu me visto desta Armadura, vivendo e orando em completa dependência de Ti, bendito Espírito Santo. Amém!  

  • 11. LADAINHA DO PRECIOSÍSSIMO SANGUE

    Preciosissimo Sangue

    Senhor, tende piedade de nós.
    Jesus Cristo, tende piedade de nós.
    Senhor, tende piedade de nós.
    Jesus Cristo, ouvi-nos.
    Jesus Cristo, atendei-nos.
    Pai do Céu, que sois Deus, tende piedade de nós.
    Filho Redentor do mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.
    Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.
    Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós.
    Sangue de Cristo, Sangue do Filho Unigênito do Eterno Pai, salvai-nos.
    Sangue de Cristo, Sangue do Verbo de Deus encarnado,
    Sangue de Cristo, Sangue do Novo e Eterno Testamento,
    Sangue de Cristo, correndo pela terra na agonia,
    Sangue de Cristo, manando abundante na flagelação,
    Sangue de Cristo, gotejando na coroação de espinhos,
    Sangue de Cristo, derramado na cruz,
    Sangue de Cristo, preço da nossa salvação,
    Sangue de Cristo, sem o qual não pode haver redenção,
    Sangue de Cristo, que apagais a sede das almas e as purificais na Eucaristia,
    Sangue de Cristo, torrente de misericórdia,
    Sangue de Cristo, vencedor dos demônios,
    Sangue de Cristo, fortaleza dos mártires,
    Sangue de Cristo, virtude dos confessores,
    Sangue de Cristo, que suscitais almas virgens,
    Sangue de Cristo, força dos tentados,
    Sangue de Cristo, alívio dos que trabalham,
    Sangue de Cristo, consolação dos que choram,
    Sangue de Cristo, esperança dos penitentes,
    Sangue de Cristo, conforto dos moribundos,
    Sangue de Cristo, paz e doçura dos Corações,
    Sangue de Cristo, penhor da eterna vida,
    Sangue de Cristo, que libertais as almas do purgatório,
    Sangue de Cristo, digno de toda a honra e gloria,
    Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos, Senhor.
    Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos, Senhor.
    Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo,
    tende piedade de nós, Senhor.
    Remiste-nos, Senhor, com o Vosso Sangue, e fizestes de nós um reino para o nosso Deus.

    Oremos : Todo  Poderoso e eterno Deus, que constituístes o vosso unigênito Filho, Redentor do mundo, e quisestes ser aplacado com o seu Sangue, concedei-nos a graça de venerar o preço da nossa salvação e de encontrar, na virtude que Ele contém, defesa contra Os males da vida presente, de tal modo que eternamente gozemos dos seus frutos no Céu. Pelo mesmo Cristo, Senhor Nosso. Assim seja

  • 12. ORAÇÃO EM TEMPO DE COMBATE ESPIRITUAL

    armadura-de-deus

    Pai celestial, eu …  me ajoelho em adoração e louvor diante de Ti. Eu … me cubro com o Sangue do Senhor Jesus Cristo para me proteger durante este tempo de oração. Eu… me submeto a Ti, completamente e sem reservas, em todos os setores da minha vida. Eu… tomo posição contra toda operação de satanás que possa me impedir este período de oração, e me dirijo exclusivamente ao Deus vivo e verdadeiro, recusando – me a qualquer envolvimento com satanás em minha oração. Satanás, eu… te ordeno, em Nome do Senhor Jesus Cristo +, que saias da minha presença com todos os teus demônios e eu … coloco o Sangue do Senhor Jesus Cristo entre nós.

    Pai celestial, eu… Te adoro e Te louvo. Reconheço que és digno de receber toda a glória, honra e louvor. Renovo minha fidelidade a Ti e oro para que o bendito Espírito Santo me capacite neste momento. Sinto-me grato (a), Pai celestial, por teres me amado desde a Eternidade e por teres enviado o Senhor Jesus Cristo a este mundo para morrer como meu substituto, a fim de que eu … fosse redimido(a). Sinto-me grato(a), porque o Senhor Jesus Cristo veio como meu representante e porque, através d’Ele, Tu me perdoaste completamente; deste-me a vida eterna;  deste-me a justiça perfeita do Senhor Jesus Cristo, de modo que estou agora justificado(a). Sinto-me grato(a) porque n’Ele me fizeste completo(a) e porque O ofereceste a mim para ser minha ajuda e força diárias.

    Pai celestial, vem e abre meus olhos para que possa ver como Tu és grande e como Tua provisão é completa para este novo dia. Em Nome do Senhor Jesus Cristo + assumirei minha posição com Cristo nos lugares celestiais,  com todos os principados e potestades (poderes das trevas e espíritos malignos) sob os meus pés. Sinto-me grato(a) porque a vitória que o Senhor Jesus Cristo obteve para mim na Cruz e na Sua Ressurreição foi-me dada e porque estou assentado(a) com o Senhor Jesus Cristo nos lugares celestiais. Portanto, eu…declaro que todos os principados e potestades e todos os espíritos malignos são – me sujeitos no Nome do Senhor + Jesus Cristo.

    Sinto-me grato (a) pela armadura que me providenciaste. Eu me cinjo com a Verdade, revisto-me com a couraça da Justiça, calço as sandálias da Paz e coloco o capacete da Salvação. Levanto o escudo da Fé contra todos os ardentes dardos do Inimigo e tomo em minha mão a espada do Espírito, que é a Palavra de Deus e uso Tua Palavra contra todas as forças do Mal em minha vida. Eu…me revisto desta armadura, vivendo e orando em completa dependência de Ti, bendito Espírito Santo.

    Sinto-me grato(a), Pai celestial, porque o Senhor Jesus Cristo desfez todos os principados e potestades e os desmascarou e triunfou sobre eles n’Ele mesmo. Reivindico toda esta vitória para a minha vida hoje. Rejeito em minha vida todas as insinuações e tentações de satanás. Afirmo que a Palavra de Deus é verdadeira e faço a escolha de viver hoje na luz da Tua Palavra.

    Eu … faço a escolha, Pai celestial, de viver em obediência a Ti e em comunhão Contigo. Abre os meus olhos e mostra-me as áreas de minha vida que não Te agradam.

    Opera em minha vida para que não haja nela nenhuma base para satanás tomar posição segura contra mim.  Mostra-me qualquer área de minha vida, na qual devo modificar algo para te ser agradável. De todas as maneiras, no dia de hoje, colocar-me-ei a Teu lado e sob o ministério do Espírito Santo em minha vida.

    Pela Fé e na dependência de Ti, eu … me dispo do velho homem e permaneço dentro de toda vitória da Crucificação onde o Senhor Jesus Cristo forneceu a purificação da velha natureza. Eu … me revisto do novo homem e permaneço dentro de toda vitória e de toda provisão que Ele fez por mim na Ressurreição para que eu viva acima do pecado.

    Portanto, neste dia, eu … me desvencilho da velha natureza com seu egoísmo e me revisto da nova natureza com seu amor. Eu … me desvencilho da velha natureza com seu medo e me revisto da nova natureza com sua força. Hoje me desvencilho da velha natureza com todas as suas enganosas concupiscências e me revisto da nova natureza com toda a sua justiça e pureza.

    Sob todos os aspectos  eu … me coloco na vitória da Ascensão e Glorificação do Filho de Deus onde todos os principados e potestades Lhe foram sujeitos, eu … reivindico o meu lugar em Cristo, vitorioso(a) com Ele, sobre todos os inimigos da minha alma. Bendito Espírito Santo,  eu … Te peço que me enchas. Entra em minha vida, derruba todos os ídolos e expulsa todos os inimigos. Sinto-me grato(a), Pai celestial, pela expressão da Tua Vontade para minha vida diária conforme me mostraste na Tua Palavra. Por isso, reivindico toda a Vontade de Deus para hoje. Sinto-me grato(a) por me teres abençoado com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo Jesus. Sinto-me grato(a) porque Tu me criaste para uma esperança viva através da Ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos. Sinto-me grato(a) porque Tu fizeste uma provisão tal que hoje eu …  posso viver cheio do Espírito de Deus, com amor, alegria e autocontrole em minha vida.

    E eu … reconheço que esta é a Tua Vontade para mim e, por isso, rejeito e resisto todas as tentativas de satanás e seus demônios de me roubarem a vontade de Deus. Recuso-me, no dia de hoje, a crer em meus próprios sentimentos e levanto o escudo da Fé contra todas as acusações e todas as insinuações que satanás venha colocar em minha frente. Eu … reclamo a plenitude da Vontade de Deus para o dia de hoje.

    Em Nome do Senhor Jesus Cristo +, eu … me submeto completamente a Ti, Pai celestial, como um sacrifício vivo. Eu … faço a escolha de ser transformado(a) pela renovação da minha mente e peço que Tu me mostres Tua Vontade e me capacites a andar em toda plenitude da Vontade de Deus para o dia de hoje.

    Sinto-me grato(a), Pai celestial, porque as armas de nosso conflito não são carnais, mas poderosas para, por meio de Deus, derrubar as fortalezas, para desfazer as imaginações e todas as coisas altivas que se exaltaram contra o conhecimento de Deus, trazendo cativo cada pensamento em obediência ao Senhor Jesus Cristo. Portanto, em minha própria vida, no dia de hoje, eu … derrubo as fortalezas de satanás e esmago os planos que ele armou contra mim. Eu …  derrubo as fortalezas de satanás contra minha mente e submeto minha mente a Ti, bendito Espírito Santo.     

    Eu … afirmo Pai celestial, que Tu não nos concedeste o espírito de temor, mas de poder e amor e de uma mente sã. Eu … derrubo e esmago as fortalezas que satanás levantou contra minhas emoções no dia de hoje, e entrego minhas emoções a Ti.     Eu … esmago as fortalezas que satanás levantou contra minha vontade no dia de hoje e a entrego a Ti, fazendo a escolha de tomar as decisões da Fé que são convenientes. Eu … esmago as fortalezas que satanás armou contra meu corpo hoje e entrego meu corpo a ti, reconhecendo que sou Teu templo; e me regozijo em Tua misericórdia e Tua Bondade.

    Pai celestial, peço agora que através deste dia Tu me vivifiques. Mostra-me como satanás está impedindo, tentando, mentindo, dissimulando e distorcendo a verdade em minha vida. Capacita-me a ser a espécie de pessoa que Te seja agradável. Capacita-me a ser ousado(a) na oração. Capacita-me a ser mentalmente audacioso(a), a pensar os Teus pensamentos de acordo Contigo e a dar-Te o Teu lugar de direito em minha vida.

    Novamente, eu … me cubro com o Sangue do Senhor Jesus Cristo e oro para que Tu, bendito Espírito Santo, coloques toda obra da Crucificação, toda a obra da Ressurreição, toda a obra da Glorificação e toda obra do Pentecostes em minha vida no dia de hoje. Eu .. .me submeto a Ti.  Eu … me recuso a ser desencorajado (a).Tu és o Deus de toda esperança. Tu tens provado o Teu Poder ressuscitando Jesus Cristo dos mortos e eu … reivindico de todas as maneiras a Tua vitória sobre todas as forças satânicas em minha vida. Rejeito essas forças. Eu oro em Nome do Senhor Jesus Cristo + e com ação de graças. Amém! 

     Credo

     Pequeno Exorcismo: 

    batismo-espirito

     

    Pelos Santíssimos Nomes de Jesus e Maria, ordeno-vos, espíritos diabólicos, afastai-vos de mim e deste lugar e não ouseis mais tentar-me e prejudicar-me!
    Jesus! Maria! (3x)
    São Miguel Arcanjo, defendei-nos e protegei-nos.
    Santos Anjos da Guarda, preservai-nos das ciladas do inimigo.
    Pai-Nosso. Ave-Maria. Glória.

    Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. 

  • 13. ORAÇÃO POR CURA INTERIOR

    Cura Interior odovo

    Senhor Jesus, que viestes para curar os corações feridos e atribulados, pedimos-Vos que cureis os traumas que provocam a perturbação no coração; pedimos-Vos de modo particular que cureis os que são causa de algum pecado.
    Pedimos-Vos que entreis em nossa vida, que nos cureis os traumas psíquicos que nos foram causados na infância e cujas feridas têm sido repercussões ao longo de toda a nossa vida.
    Senhor Jesus, Vós conheceis os nossos problemas, e nós os pomos todos no Vosso Coração de Bom Pastor. Pedimos-Vos por esta grande chaga aberta em Vosso Coração Sagrado, que cureis as pequenas feridas que estão nos nossos.
    Curai as feridas da nossa memória para que nada do que nos aconteceu no passado nos deixe permanecer na dor, na angústia, na preocupação.
    Curai Senhor, todas aquelas feridas que, na nossa vida, aconteceram originadas por causas de raízes de pecado.
    Queremos perdoar a todas as pessoas que nos ofenderam. Libertai-nos desta ferida interior que nos tornou incapazes de perdoar. Vós que viestes para curar os corações atribulados, curai o nosso coração.
    Curai Senhor, aquelas feridas íntimas que são causa de doenças físicas. Nós Vos oferecemos os nossos corações. Aceitai-os Senhor, purificai-os, e dai-nos os sentimentos do Vosso Divino Coração. Amém.
    Pai Nosso. Ave Maria. Glória. 

  • 14. ORAÇÃO AOS SANTOS ANJOS

    Santos Anjos

    Nós vos louvamos e vos bendizemos, ó Cristo Jesus, porque sois o centro do mundo angélico. Nós vos adoramos, ó Cristo Jesus, porque voltareis em vossa glória, com todos os vossos Anjos.
    Em vós, ó Cristo Senhor, foram criadas todas as coisas dos céus e da terra, as visíveis e as invisíveis; Tronos, Dominações, Potestades. Tudo foi criado por Cristo e para Cristo.
    Nós vos bendizemos, Espíritos Celestiais, servidores enviados ao serviço dos que herdam a Salvação. Nós vos bendizemos porque desde a criação estais a serviço de Deus, como Mensageiros obedientes, anunciando a salvação dos seres humanos e ajudando-nos nos caminhos de Deus.
    Nós vos bendizemos, amigos de Deus, porque ajudais misteriosa e poderosamente a Santa Igreja. Convosco nós adoramos o Deus Três Vezes Santo, na liturgia. Nós vos bendizemos porque ajudais a vencer o maligno que luta contra o Plano de Deus.
    Anjos santos e benditos, obedientes á voz do Senhor, protegei a todos nós e a tudo que temos. Cercai as nossas casas, o nosso trabalho e as nossas vidas com a vossa bondosa proteção, e que um dia, com a vossa ajuda, possamos chegar ao reino Eterno, onde adoraremos convosco a Santíssima Trindade.
    Com Maria, nossa Mãe, Rainha dos Anjos e dos Santos. Amém!  

  • 15. TERÇO DE RENÚNCIA E LIBERTAÇÃO

    20120524-120134

     Credo. Pai-Nosso. Três Ave-Marias. Glória.

    Nas contas grandes do Pai-Nosso, reza-se:
    Renuncio a toda malícia, fingimento, maledicência, indiferentismo religioso e superstições, pois quero receber com mansidão a Palavra de Deus em mim semeada, para a minha salvação“.

    Nas contas das Ave-Marias, repetindo-se 10 vezes:

    – 1º MISTÉRIO – “Renuncio à impureza, falsidade, mentira, inveja, ciúmes, ambições, mágoas, ressentimentos, tristeza, insegurança, instabilidade, rejeição, egoísmo, avareza, competição, medo, desgosto, revolta, ira, auto-condenação, auto-piedade, auto-punição, complexo de inferioridade, complexo de culpa, luxúria, aberrações sexuais, brigas, inimizades, ódio, carência afetiva, timidez, impaciência, falta de perdão, falsa enfermidade, fofoca, calúnia, alcoolismo, drogas, benzedeira, curanderismo, sortismo, macumba, quimbanda, umbanda, candomblé, saravá, círculo esotérico, rosa-cruz, seicho-no-iê, yoga, uso de pirâmide, controle mental, toda forma de espiritismo, ocultismo, ideologias errôneas – pois quero adorar e louvar a Deus e amá-lo nos irmãos.”

    – 2º MISTÉRIO – “VIRGEM IMACULADA, AFASTAI DE MIM”…repetir os itens anteriores

    – 3º MISTÉRIO – “EM NOME DE JESUS† E COM O PODER DE SEU SANGUE PRECIOSÍSSIMO DERRAMADO NA CRUZ, EU ORDENO QUE SE AFASTE DE MIM TODO ESPÍRITO DE” … repetir os itens anteriores

    – 4º e 5º MISTÉRIOS – Reza-se normalmente os Pai-Nossos e as Ave-Marias correspondentes, oferecendo em intenção das pessoas conhecidas que precisam de libertação.

    * Os primeiros mistérios deste Terço devem ser rezados primeiramente por si mesmo, depois podem ser rezados pela libertação dos entes queridos distantes de Deus e da Igreja, alcançando a sua libertação e retorno a Deus.

     “É, em grande parte, no seio das famílias
       Que se prepara o destino das nações”.
                                          Santo Papa Leão XIII 

  • 16. PEQUENO EXORCISMO DO SANTO PAPA LEÃO XIII

    pequenoexorcismo

    – Em nome de Jesus Cristo, +nosso Deus e Senhor, com a intercessão da Imaculada Virgem Maria, Mãe de Deus, de S. Miguel Arcanjo, dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo, e de todos os santos, apoiados na autoridade sagrada da Santa Igreja Católica  nós empreendemos, com confiança, a batalha para afastar os ataques e as emboscadas do Demônio.

    Levanta-se Deus; eis que se dispersam seus inimigos, e fogem diante d’Ele aqueles que O odeiam! Eles se dissipam como a fumaça, como a cera que se derrete ao calor do fogo, assim perecem os maus diante de Deus. SALMO 68(67)

    “Julga, Senhor, os que me atacam, combate os que me combatem.
    Sejam confundidos e envergonhados os que buscam a minha vida;
    retrocedam e sejam cobertos de vergonha os que maquinam males contra mim.
    Sejam como a palheira levada pelo vento, quando o Anjo do Senhor os acossar.
    Seja o seu caminho tenebroso e escorregadio quando o Anjo do Senhor os perseguir.
    Porquanto sem razão me estenderam a sua rede. Sem razão cobriram-me de ultrajes.
    Venha sobre eles de improviso a ruína. Apanhe-os a rede por eles mesmos preparada.
    Eles próprios caiam na armadilha que me prepararam.
    Então,  minha alma exultará no Senhor e se alegrará pelo Seu auxílio.” SALMO 35(34)

    Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, como era no princípio, agora e sempre. Amém!

    Gloriosíssimo príncipe da milícia celeste, São Miguel Arcanjo,
    defendei-nos no combate e na luta contra os principados e as potestades,
    contra os dirigentes deste mundo de trevas, contra os espíritos malignos espalhados pelos ares.
    (Ef 6,12)

    Vinde em socorro dos homens que Deus criou imortais e fez a imagem de Sua própria natureza e resgatou por grande preço da tirania do demônio. (Sb 2,23; 1 Cor 6)

    Combatei hoje, com os exércitos dos anjos bons, o combate do Senhor,
    assim como outrora lutastes contra lúcifer, chefe do orgulho, e contra os anjos apóstatas.

    Eles não prevaleceram nem foi mais encontrado o lugar deles no céu, mas foi expulso aquele grande dragão, a antiga serpente que se chama diabo e satanás, que seduziu todo o orbe; e foi lançado na Terra, e seus anjos juntamente com ele. (Ap 12, 7-9)

    Eis que o inimigo antigo e homicida se ergueu com veemência. Transfigurado em anjos da luz, com toda a caterva de espíritos maus, circundou e invadiu toda a Terra, para que nela destruísse o Nome de Deus e de Seu Cristo e roubasse as almas destinadas à coroa da glória eterna, e as prostrasse e as perdesse na morte eterna.
    O dragão maldito transvasou como rio imundíssimo, o veneno de sua iniqüidade, em homens depravados de mente e corruptos de coração; incutiu-lhes o espírito de mentira, impiedade, blasfêmia, e seu hálito mortífero de luxúria, de todos os vícios e iniqüidades.
    As hostes astuciosíssimas encheram de amargura a Igreja, esposa imaculada do Cordeiro, e inebriaram-na com absinto; puseram-se em obras para realizar todos os seus ímpios desígnios. Ali onde está constituída a sede do beatíssimo Pedro e cátedra da verdade para iluminar os povos, ali colocaram o trono de abominações, para que ferido o pastor, dispersassem as ovelhas.
    Vinde, pois, general invictíssimo, e dai a vitória ao povo de Deus contra as perversidades espirituais que irrompem. A santa Igreja vos venera como seu guarda e protetor, vos glorifica como defensor contra as potestades abomináveis da terra e dos infernos.
    Confiou-vos o Senhor a missão de introduzir na felicidade celeste as almas resgatadas. Rogai, pois, ao Deus da paz que esmague satanás sob nossos pés, a fim de que ele não mais possa manter cativos os homens e fazer mal à Igreja. Apresentai ao Altíssimo as nossas preces, a fim de que sem tardar o Senhor nos faça misericórdia, e vós contenhais o dragão, a antiga serpente que se chama diabo e satanás, e o lanceis encadeado no abismo para que não mais seduza as nações. (Apc 20)

    Desde já, confiados em vossa assistência e proteção (com a sagrada autoridade de nosso ministério sacerdotal), empreendemos com fé e segurança a repelir os assaltos da astúcia diabólica em nome de Jesus Cristo, Deus e Senhor nosso.

    V – Eis a Cruz do Senhor +, fugi potências inimigas.
    R – Venceu o Leão da tribo de Judá, a estirpe de Davi.

    V – Vinde a nós, Senhor, a Vossa misericórdia.
    R – Como esperamos em Vós.

    V – Senhor escutai minha oração.
    R – E chegue até Vós o meu clamor.

    Padre – O Senhor esteja convosco.
    R – Ele está no meio de nós.

    Oremos:
    Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, invocamos o Vosso santo nome e, suplicantes, pedimos com instância a Vossa clemência, para que, pela intercessão da Imaculada e sempre Virgem Maria, Mãe de Deus, do bem-aventurado Miguel Arcanjo, de São José, esposo da mesma Bem Aventurada Virgem, dos bem-aventurados apóstolos Pedro e Paulo e de todos os Santos, Vos digneis auxiliar-nos contra satanás e todos os outros espíritos imundos que vagueiam pelo mundo, para fazer mal ao gênero humano e perder as almas. Pelo mesmo Cristo nosso Senhor. Amém!

    A-Armadura-de-Deus-1

    EXORCISMO

    Nós te exorcizamos, quem quer que sejas, espírito imundo, poder satânico, invasão do inimigo infernal, legião, reunião, assembléia ou seita diabólica. Em nome e pelo poder de Nosso Senhor Jesus Cristo +, sê extirpado e expulso da Igreja de Deus, das almas criadas à imagem de Deus e resgatadas pelo precioso Sangue do Divino Cordeiro + .Não ouses mais pérfida serpente, a enganar o gênero humano, perseguir + a Igreja de Deus e atormentar e joeirar como o trigo os eleitos de Deus +.     Ordena-te o Deus Altíssimo +, a quem em tua grande soberba, pretendes ainda te igualar, o qual quer que todos os homens se salvem e cheguem ao conhecimento da Verdade. (I Tm 2, 4).

    Ordena-te Deus Pai + ordena-te Deus Filho + ordena-te Deus Espírito Santo + ordena-te a majestade de  Cristo, Verbo Eterno de Deus feito carne +. Ele que para salvar nossa humanidade perdida por teu ódio, se humilhou a Si mesmo, fazendo-se “obediente até a morte” (Fil. 2, 8),

    Ele que edificou a Sua Igreja sobre rocha firme e decretou que as portas do inferno nunca prevaleceriam contra Ela, permanecendo com Ela “todos os dias até a consumação dos séculos” (Mt 28, 20). Ordena-te a virtude oculta da Cruz +, e o poder de todos os mistérios da nossa Fé Cristã +. Ordena-te a gloriosa Virgem Maria Mãe de Deus, +, que desde o primeiro instante de sua Conceição Imaculada, que em sua humildade esmagou desde o primeiro instante tua cabeça cheia de soberba. Ordena-te a fé dos santos Apóstolos Pedro e Paulo, e dos outros Apóstolos +. Ordena-te o sangue dos mártires e a piedosa intercessão de todos os Santos e Santas + de Deus.

    Assim, pois, dragão maldito e toda a legião diabólica, nós te esconjuramos: Pelo Deus + Verdadeiro, pelo Deus + Vivo, pelo Deus + Santo, pelo Deus que tanto amou o mundo que lhe deu Seu Filho Único, a fim de que quantos creiam n’Ele não pereçam mas tenham a Vida Eterna (Jo, 3, 14 e 15).

    CESSA de enganar as criaturas humanas e de lhes oferecer o veneno da perdição eterna: CESSA de fazer mal a Igreja e de armar laços à sua liberdade. VAI-TE embora Satanás, inventor e mestre da mentira, inimigo da salvação dos homens. CEDE o lugar a Cristo, em Quem nada encontraste nada das tuas obras; DÁ lugar à Igreja, Una, Santa, Católica e Apostólica, que o próprio Cristo adquiriu com o Seu Sangue.

    ABAIXA-TE sob a Mão poderosa de Deus; treme e foge à invocação que fazemos do Santo e terrível Nome de Jesus a quem os infernos temem; a Quem estão sujeitas as Virtudes dos Céus, as Potestades e as Dominações; a quem os Querubins e os Serafins louvam num concerto sem fim dizendo: “Santo, Santo, é o Senhor o Deus dos Exércitos”.

    Senhor, escutai  minha oração.
    E chegue até Vós o meu clamor.

    O Senhor Jesus Cristo +  esteja junto de nós para nos defender; dentro de nós, para nos conservar; à frente de nós, para nos guiar; atrás de nós, para nos guardar; sobre nós para nos abençoar, Ele que, como o Pai e o Espírito Santo vive e reina pelos séculos dos séculos. Amém.

     ORAÇÃO: Deus do Céu, Deus da Terra, Deus dos Anjos, Deus dos Arcanjos. Deus dos Patriarcas, Deus dos Profetas, Deus dos Apóstolos. Deus dos Mártires, Deus dos confessores, Deus das virgens. Deus que tendes o poder de dar a vida após da morte, o repouso após o trabalho;  porque não há outro Deus além de Vós; e não pode haver outro senão Vós, o Criador de todas as coisas visíveis e invisíveis, cujo Reino não terá fim. Suplicamos humildemente à Vossa Gloriosa Majestade se Vos digneis livrar-nos poderosamente, e guardar-nos incólumes de todo o domínio, laço, ardil e perversidade dos espíritos infernais. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém.

    Dos embustes do demônio, livrai-nos Senhor. Que vossa Igreja vos sirva em tranqüila liberdade, nós Vos rogamos, ouvi-nos Senhor. Que vos digneis confundir os inimigos da Santa Igreja, nós Vos rogamos ouvi-nos Senhor. (Aspergir com água benta as pessoas e o lugar).

     

  • 17. ORAÇÃO DE QUEIMA

    RESERVADA AOS SACERDOTES

    headre
    Deus Pai Todo Poderoso entre os muitos privilégios que reservastes aos Vossos Sacerdotes, incluístes este, que tudo quanto fizermos dignamente em Vosso Nome e exatamente segundo os Vossos preceitos, terão o mesmo valor que sendo Vós mesmo a fazê-lo.

    Deus Santo e Eterno pedimos à Vossa Infinita Misericórdia, que ao pronunciarmos a Vossa Bênção, sejam abençoados por Vós todos os lugares, nomes e intenções colocadas nestas folhas de papel, que Vos apresentamos.
    Tu que és Onisciente, tendo em conta os méritos de Vossa Santíssima Mãe a Virgem Maria, e dos Vossos Santos, nossos intercessores, libertai e renovai nossas vidas, apesar de toda fraqueza; e que as forças do mal e seus causadores fujam, e que o Anjo da Paz, com suas graças nos proteja, nos fortaleça e nos defenda.
    Deus Todo Bondoso e Eterno, só Vós sois Onipresente e operais poderosamente em todos os lugares, pois Vossa soberania é universal, ouvi nossas súplicas. Sede Vós mesmo o protetor destas pessoas – lugares e de suas gerações passadas, para que nelas não opere nenhum poder maligno, mas que pela força de Vossa Santa Cruz, Vos seja oferecido um louvor e cheguem diante de Vossos olhos nossas ações de graças, para que assim reine a Vossa paz, que só Vós concedeis àqueles que Vos adoram e que Vos invocam.

  • 18. ORAÇÃO CONTRA TODOS OS MALES

    Para ser usada também na Oração de Queima

    espirito-santo-e-fogo-ddd
    Deus Pai, + Deus Filho, +   Deus Espírito Santo, +  ó Santíssima Trindade, descei sobre nós.
    Ó Virgem Imaculada, Anjos, Arcanjos e Santos do paraíso, intercedei por nós.
    Fortalecei-nos, Espírito Santo. Formai-nos, enchei-nos de vós, e servi-vos de nós. Expulsai de nós todas as forças do mal, aniquilai-as, destruí-as, para que fiquemos bem e possamos praticar o bem.
    Afastai de nós os malefícios, a bruxaria, a magia negra, as missas negras, os feitiços, as amarrações, as maldições, os maus olhados, a infestação diabólica, a possessão diabólica, a obsessão diabólica; tudo o que é mal, pecado, ódio, inveja e perfídia; a doença física, psíquica, moral espiritual e diabólica.
    Queimai todos estes males no inferno para que nunca mais nos possam prejudicar, nem a nenhuma outra criatura do mundo.
    Com a força de Deus Todo-Poderoso, em nome de Jesus Cristo +, o Redentor, e pela intercessão da Virgem Imaculada, ó Deus Espírito Santo: ordenai a todo mau presente, a todos os espíritos impuros, que nos deixem imediatamente para nunca mais voltar, que vão para o fogo eterno, acorrentados pelo Arcanjo Miguel, por São Gabriel, São Rafael e por nossos Santos, Anjos da Guarda, e esmagados pelos pés da Santíssima Virgem Imaculada.

    Credo. Pai Nosso. Ave Maria. Glória

  • 19. ORAÇÃO DE CONFISSÃO E RENÚNCIA

    Confissão-8
    Senhor Jesus Cristo, creio que tu morreste na cruz por meus pecados e ressuscitastes da morte. Tu me redimiste por Teu Sangue e pertenço a Ti.
    Confesso-Te todos os meus pecados, os conhecidos e os desconhecidos… Lamento-me por eles. Arrependo-me deles. Renuncio a todos eles.
    Eu perdôo a todas as pessoas que me ofenderam… como quero que Tu me perdoes. Perdoa-me agora e lava-me com Teu Sangue, Jesus, que me purifica de todo pecado.
    E chego a Ti, neste momento, como meu Libertador. Tu sabes das minhas necessidades especiais… Aquilo que me perverte…, aquele espírito maldito que me atormenta.
    Clamo a promessa de Tua Palavra: “Todo aquele que invocar o nome do Senhor, será alvo”. Clamo a Ti, agora, em Teu Nome, liberta-me, ó Senhor!
    Satanás, eu renuncio a você e a toda a sua obra, inclusive a toda e qualquer feitiçaria, macumba, espiritismo, cartomancia, a tudo que direta ou disfarçadamente tenha ligação com você.
    Renuncio agora, também, a qualquer ligação que eu ou membros de minha família, amigos e conhecidos, tenhamos tido com as obras ligadas a você.
    Renuncio a você, satanás, em Nome de Jesus Cristo+, o Filho de Deus Vivo+, meu Salvador. Amém!
    Credo 

  • 20. ORAÇÃO PARA PEDIR A FÉ

    fe_
    “Senhor, eu creio; eu quero crer em Ti. Eu Te louvo pelo dom da fé e reconheço que estou ainda longe de ter a mesma fé de Abraão e Sara, de Tobit, de tantos profetas e reis; e o quanto sonho em experimentar também a mesma fé da Virgem Maria.
    Renova em mim o dom da fé recebido no Batismo, confirmado na Crisma e reanimado em cada Eucaristia. Que eu viva alicerçado na Tua Palavra e que por ela me sinta exortado à fidelidade. Diante de tua presença, professo que creio, mas aumenta a minha fé.
    Senhor, faze que minha fé seja total, sem reservas; que ela penetre no meu pensamento e na minha maneira de julgar as coisas divinas e as coisas humanas Senhor, faze que minha fé seja livre, quero aceitar livremente Tua vontade com todas as renúncias e deveres que ela comporta.
    Senhor, Tu dissestes que felizes são os que crêem sem ter visto. Dá-me a graça de crer, mesmo nos momentos em que não vejo caminho ou solução, reconhecendo que Tu és o caminho e solução, sempre! Senhor, faze que minha fé seja forte.
    Que eu possa caminhar sobre águas revoltas e em Teu Nome eu possa remover montanhas; dá-me a fé que não vacila, que é garantia de vida eterna e que proclama Teu poder, agindo, curando e libertando.
    Que eu não tema a oposição daqueles que contestam a fé, a atacam, a recusam e a negam; mas que minha fé se fortifique na experiência íntima da verdade, que ela resista ao desgaste da crítica, que ela ultrapasse as dificuldades cotidianas.
    Dá-me a cada dia a graça de pronunciar Teu Nome com a fé que não só alimenta a minha esperança, mas que já vê acontecer; que é poder.
    Que eu permaneça com os olhos fixos no Teu coração traspassado, para que, Te vendo, eu receba a salvação e a anuncie a todos.
    Senhor,  faze que minha fé seja alegre, que ela dê paz e alegria à minha alma, que ela me torne disponível para rezar a Deus e para conversar com os irmãos.
    Senhor, faze que minha fé seja atuante e que seja também contínua busca de Ti, um contínuo testemunho, um contínuo alimento de esperança.
    Senhor, faze que minha fé seja humilde, que não se fundamente em meu pensamento, e nem em meu sentimento; mas que me submeta sempre ao Espírito Santo, à tradição e à autoridade do magistério da Igreja.
    Obrigado Senhor, creio que estás me renovando e já me sinto fortalecido no corpo, no espírito e na alma, porque, como a Virgem Maria, professo “que tudo é possível para aquele que crê.” Amém.

    (Adaptação livre da Oração do Papa Paulo VI)

    tumblr_mk4tibVfEr1qirryqo1_500 

  • 21. TERÇO DA CONFIANÇA

    images (2)
    Inicia-se com o SINAL-DA-CRUZ + e reza-se:
    Oração do Espírito Santo
    – Vinde Espírito Santo, enchei os corações dos Vossos fiéis e acendei neles o fogo do Vosso amor. Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado, e renovareis a face da terra. 

    Oremos:
    Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo Espírito, e gozemos sempre da Sua consolação. Por Cristo, Senhor Nosso. Amém!
    Vinde, Espírito Santo, enviai do céu um raio da Vossa luz!
    Vinde, Pai dos pobres! Vinde, ó distribuidor dos bens! Vinde, ó luz dos corações.
    Vinde, Consolador supremo, doce hóspede e suave alegria das almas.
    Ó luz beatíssima, inflamai no íntimo o coração dos Vossos fiéis.
    Sem a Vossa graça, nada há no homem, nada que se possa dizer inocente.
    Lavai, pois, o que em nós é sórdido, regai o que é seco, sarai o que está enfermo.
    Abrandai o que é duro, abrasai o que é frio, reconduzi o desviado.
    Concedei a Vossos servos que em vós confiam, o setenário de Vossos dons.
    Dai-lhes o mérito da virtude, o Dom da graça final e o glorioso prêmio dos prazeres eternos. Amém!

    Credo. Pai-Nosso. Três Ave-Marias. Glória

    Nas demais contas, no lugar do Pai Nosso, reza-se a Oração de Tobit e de Sara:

    “Vós sois justo, Senhor! Vossos juízos são cheios de equidade e vossa conduta é toda misericórdia, verdade e justiça. Lembrai-vos, pois de mim, Senhor! Não olheis os meus pecados e não guardeis a memória de minhas ofensas, nem das de meus antepassados e descendentes. Não está nas mãos do homem penetrar vossos desígnios. Mas todos aqueles que vos honram têm a certeza de que sua vida, se for provada, será coroada; que depois da tribulação haverá a libertação, e que, se houver sofrimento, haverá também acesso à vossa misericórdia. Porque o Senhor não se alegra com a nossa perda; após a tempestade mandais a bonança; depois das lágrimas e dos gemidos, derramais a alegria. Ó Deus de Israel, que o Senhor seja eternamente bendito!”  (Tb 3, 2-3; 20-23)

    Nas contas das Ave-Marias, reza-se o Salmo 23,4
    “Ainda que eu caminhe por um vale tenebroso, nenhum mal temerei, pois estás junto de mim”.

    Em vez do Glória, reza-se o Salmo 90,4:
    “Sois meu refúgio e minha fortaleza, Senhor em quem eu confio”.

    O Terço termina com a Oração da Salve-Rainha.

  • 22. ORAÇÃO DE SANTA TEREZINHA

    formacao_santateresinha940x500
    Ó Jesus, Sumo e Eterno Sacerdote, conservai todos os vossos sacerdotes sob a proteção do vosso Coração amabilíssimo, onde nada de mal lhes possa suceder. Conservai imaculadas as suas mãos ungidas, que tocam todos os dias em vosso Corpo Santíssimo. Conservai puros os seus lábios, tintos pelo vosso Sangue preciosíssimo. Conservai desapegados dos bens da terra os seus corações, que foram selados com o caráter firme do vosso glorioso sacerdócio. Fazei-os crescer no amor e fidelidade para convosco, e preservai-os do contágio do mundo.
    Dai-lhes, também, juntamente com o poder que têm de transubstanciar o pão e o vinho, em Corpo e Sangue, o poder de transformar os corações dos homens. Abençoai os seus trabalhos com copiosos frutos, e concedei-lhes um dia a coroa da vida eterna. Assim seja!
    Santa Terezinha do Menino Jesus,
    Rogai por mim e por todos os meus irmãos Sacerdotes. Amém! 

  • 23. LADAINHA DE JESUS CRISTO, SACERDOTE E VÍTIMA

    sacerdote
    Senhor, tende piedade de nós
    Cristo, tende piedade de nós
    Senhor, tende piedade de nós
    Cristo, ouvi-nos
    Cristo, atendei-nos
    Deus, Pai celestial, tende piedade de nós
    Deus Filho, Redentor do mundo,
    Espírito Santo que sois Deus,
    Santíssima Trindade que sois um só Deus,
    Jesus, Sacerdote e Vítima, tende piedade de nós
    Jesus, Sacerdote eterno, segundo a ordem de Melquisedec,
    Jesus, Sacerdote a quem o Pai enviou a evangelizar os pobres,
    Jesus, Sacerdote que na última Ceia instituístes o memorial do Vosso sacrifício,
    Jesus, Sacerdote sempre vivo para interceder por nós,
    Jesus, Pontífice a quem o Pai ungiu com a força do Espírito Santo,
    Jesus, Pontífice tomado de entre os homens,
    Jesus, Pontífice constituído em favor dos homens,
    Jesus, Pontífice do nosso testemunho,
    Jesus, Pontífice de maior glória que Moisés,
    Jesus, Pontífice do autêntico Templo,
    Jesus, Pontífice dos bens futuros,
    Jesus, Pontífice inocente, imaculado e santo,
    Jesus, Pontífice misericordioso e fiel,
    Jesus, Pontífice consumido pelo zelo do Pai e das almas,
    Jesus, Pontífice perfeito para sempre,
    Jesus, Pontífice que entrastes nos céus derramando o Vosso próprio sangue,
    Jesus, Pontífice que iniciastes um novo caminho em nosso favor,
    Jesus, Pontífice que nos amastes e nos purificastes do pecado pelo Vosso Sangue,
    Jesus, Pontífice que Vos entregastes a Deus omo oblação e vítima,
    Jesus, Vítima dos Homens,
    Jesus, Vítima santa e imaculada,
    Jesus, Vítima indulgente,
    Jesus, Vítima pacífica,
    Jesus, Vítima de propiciação e digna de louvor,
    Jesus, Vitima da reconciliação e da paz,
    Jesus, Vítima na qual temos a fé e o acesso para Deus,
    Jesus, Vítima que vive pelos séculos dos séculos,
    Sede-nos propício, atendei-nos, Senhor
    Sede-nos propício, livrai-nos, Senhor

    Da busca imprudente do ministério, livrai-nos, Senhor
    Do pecado do sacrilégio,
    Do espírito de incontinência,
    De desejos desonestos,
    De toda compra ou venda ilícita dos bens espirituais
    Do abuso dos bens da Igreja,
    Do amor do mundo e das suas vaidades,
    Da indigna celebração dos Vossos Mistérios,
    Pelo Vosso sacerdócio eterno,
    Pela Vossa santa unção, pela qual o Pai Vos constituiu como Sumo Sacerdote,
    Pelo Vosso espírito sacerdotal,
    Por aquele ministério pelo qual glorificastes na terra a Deus Pai,
    Pela cruenta imolação do Vosso corpo na Cruz, realizada de uma vez para sempre,
    Por aquele mesmo Sacrifício que se renova cada dia no altar,
    Por aquele poder divino, que exerceis de maneira invisível por meio dos sacerdotes,

    Para que Vos digneis conservar na santidade toda a Ordem Sacerdotal,
    Nós Vos rogamos Senhor, ouvi-nos.
    Para que concedas ao Vosso povo pastores segundo o Vosso coração,
    Para que os enchas de espírito sacerdotal,
    Para que os lábios dos sacerdotes guardem a Vossa sabedoria,
    Para que envieis operários para a Vossa messe,
    Para que aumenteis o número de fiéis dispensadores dos Vossos mistérios,
    Para que lhes façais perseverantes no ministério que lhes haveis confiado,
    Para que lhes concedais paciência no ministério, eficácia na ação e perseverança na oração,
    Para que, por seu intermédio, se promova em toda a parte o culto do Santíssimo Sacramento,
    Para que recebais no gozo eterno os que desempenharam o ministério,

    Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos, Senhor.
    Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, ouvi-nos, Senhor.
    Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós, Senhor.
    Cristo Sacerdote eterno, ouvi-nos.
    Cristo Sumo e eterno Sacerdote, atendei-nos.

    Oremos:
    Ó Deus, Vós que cuidais e santificais a Vossa Igreja, por meio do Vosso Espírito, suscitai nela dispensadores fiéis e idôneos para os Santos Mistérios, para que por seu ministério e exemplo, o povo cristão, protegido por Vós, progrida no caminho da Salvação. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.
    Ó Deus, que ordenastes aos Vossos discípulos, enquanto celebravam o culto e depois de terem jejuado, de separar Saulo e Barnabé para a obra a que os tinha destinado, assisti a vossa Igreja em oração, Vós que conheceis os nossos corações, e mostrai-nos aqueles que escolhestes para o ministério. Por Cristo Nosso Senhor. Amém!

    Papa_dia_paz 

  • 24. ORAÇÃO PELOS SACERDOTES

    Consagra
    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que se transviam no caminho, onde um dia entraram com amor e alegria, e hoje se põem em dúvida perante as dificuldades que encontram.
    T: Nós Vos imploramos, acudi-lhes! Dissipai-lhes as dúvidas e mostrai-lhes a alegria de serem Vossos.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que não rezam, não imploram graça e Luz para as suas dúvidas e tentações, que não pedem perdão pelos seus pecados e que não rezam por aqueles de quem têm responsabilidade.
    T: Senhor, para eles imploramos a graça da oração.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que se entregam exclusivamente às obras, que vivem no desejo do êxito, que se deixam embalar pelos louvores e descuidam da sua vida espiritual.
    T: Para eles, rogamos-vos perdão, graça e Luz.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que se envaidecem do seu saber, que estudam para mostrar cada vez mais sabedoria ao mundo, mas cujo saber está eivado de doutrinas falsas, que põem em dúvida a Vossa própria Palavra nas Sagradas Escrituras, e assim geram a descrença nos filhos que lhes confiastes.
    T: Mostrai-lhes, Senhor, a Vossa Verdade, iluminai-lhes o caminho.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes mundanizados, que apreciam as festas, as comodidades, os luxos e o dinheiro e, por isso, se aproximam apenas das pessoas mais ricas, desprezando os pobres.
    T: Perdoai-lhes, Jesus, e mostrai-lhes o Vosso Caminho de pobreza e humildade.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que desprezam o trabalho humilde do confessionário e o atendimento daqueles que os procuram na necessidade de um conselho, que afastam as almas aflitas com palavras de aborrecimento e pressa, que afastam as pessoas da confissão, da qual eles próprios se afastam também.
    T: Iluminai-os, nós Vos pedimos, ajudai-os a dominar-se, tocai-os com o Vosso Amor. 

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que se deixam dominar pelos sentidos e pelas paixões, pelos que se deixam seduzir e pelos que são eles próprios a atrair e a seduzir, com palavras de mel, com o Vosso Nome e o de Vossa Santa Mãe nos lábios, enganando incautos, tristes, desanimados e ingênuos, levando-os para o seu próprio pecado oculto.
    T: Perdão para eles, Jesus. Perdoai e convertei-os!

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que recusam a Vossa Cruz, e atiram com ela para os ombros dos irmãos, com manifestações de mau gênio ou de preguiça.
    T: Mostrai-lhes, Senhor, a Sabedoria da Cruz e enchei-os da Vossa própria paciência.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que têm cargos de chefia, de destaque.
    T: Para que exerçam as suas funções com humildade e delas não se envaideçam, mas as usem para Vos servir.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que são orientadores de grupos.
    T: Para que lhes sejam dadas as graças necessárias ao bom desempenho do seu cargo e à sua santificação pessoal.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças para os sacerdotes que estão no ensino…
    T: Vos imploramos para eles a Sabedoria e a Ciência de que necessitam nas Suas funções aliadas a um grande amor por Vós para comunicarem aos seus alunos.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que têm de responder perante os meios de comunicação.
    T: Para que transmitam Sabedoria verdadeira.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que são superiores de casas religiosas.
    T: Para que transmitam o Vosso amor a todos os irmãos e cresçam em santidade.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças para os sacerdotes que estão ligados a grandes obrigações pastorais, para que as exerçam com amor, na total entrega à Vossa Vontade.
    T: Enchei-os, Senhor, de sabedoria e de Santidade, de Luz e Fortaleza.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de ação de graças, para os sacerdotes encarregados de pregar.
    T: Para que lhes seja dada a Luz e a pureza necessária aos bons frutos da sua missão.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que se vêem rodeados de papéis para analisar, de assuntos para resolver.
    T: Acompanhai-os, Senhor, e enchei-os de Sabedoria e Paz.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que chegaram ao fim do dia e não tiveram uma hora para estar convosco. Nós Vos imploramos, ide Vós ter com eles e tocai-lhes o coração com a Vossa graça e o Vosso Amor.
    T: Para que vejam que a Vossa companhia é melhor que tudo o mais.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que trabalham nos hospitais.
    T: Para que lhes seja dada a graça de transmitirem a paz e a esperança aos doentes e comunicarem o Vosso Amor a todos, principalmente aos que vão morrer.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que andam de paróquia em paróquia assoberbados de trabalho.
    T: Santificai, Senhor, as suas lidas apostólicas com as graças dos Vossos trabalhos e dos vossos cansaços.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos como tesouro de graças, para os sacerdotes que estão doentes e para os que são idosos.
    T: Concedei-lhes a graça de aproveitarem as suas dores e dificuldades para crescerem em amor e santidade.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que são vítimas de intrigas e calúnias.
    T: Dai-lhes forças para suportar a cruz. 

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que estão continuamente rodeados de pessoas que se convencem de que eles são santos e os rodeiam de muitos perigos, além de os fazerem perder tempo.
    T: Senhor fazei que eles não Vos percam de vista.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que estão tentados, em trevas, que não vêem o caminho, que não sabem mais o que fazer da sua vida.
    T: Para que a Luz de que necessitam lhes seja dada. Tende piedade deles, Senhor!

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que já não têm a verdadeira fé, que se deixaram dominar por idéias falsas e já não acreditam nos sacramentos, não crêem na Vossa Presença Eucarística e admitem as faltas de respeito e os abusos.
    T: Jesus, perdão para estes sacerdotes. Mostrai-lhes os seus erros.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que não obedecem ao Santo Papa e se afastam da Vossa Igreja.
    T: Suplicamos-vos por eles; fazei-os voltar à obediência à Igreja.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que estão arrependidos de ter seguido o caminho do Sacerdócio, e para os que estão tentados a deixá-lo.
    T: Nós Vos pedimos que lhes deis Luz para verem o caminho e Amor para não o deixarem.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que cederam à tentação, Vos abandonaram, e agora erram pelo caminho do mundo.
    T: Nós Vos pedimos para eles a graça do arrependimento. Nós imploramos que eles voltem.

    – SENHOR, nós Vos imploramos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que estão arrependidos de Vos terem abandonado, mas não vêem possibilidades de mudar de vida, pelos comprometimentos que assumiram.
    T: Nós Vos pedimos que os envolvais com a Vossa Misericórdia.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos como tesouro de graças, para os sacerdotes que não se arrependeram de Vos terem abandonado e fazem gala da sua traição.
    T: Nós Vos pedimos para eles a graça do arrependimento e do perdão.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que resistem, que rezam e trabalham, pelos que cumprem o seu dever, pelos que procuram agradar-Vos e não ao mundo.
    T: Para que perseverem nessa atitude e avancem, cada vez mais, no caminho da santidade. Sede Vós próprio, Senhor, sempre a sua consolação e a sua alegria.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes que se afadigam e sofrem muitas necessidades e perigos nas Missões.
    T: Para que sejam fortalecidos cada vez mais.

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, para os sacerdotes agonizantes e falecidos.
    T: Para que, pelo Vosso Sangue, sejam purificados e conduzidos ao Vosso Reino.

    – SENHOR, nós Vos suplicamos Graça, Luz e Amor para todos os sacerdotes.

    T: Para que eles conduzam até Vós os filhos que lhes confiastes e recebam, finalmente, a coroa de glória no Vosso Reino

    – SENHOR, nós Vos pedimos uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue derramada na Coroação de Espinhos, como tesouro de graças, concedei à Mãe igreja vocações masculinas e femininas, de jovens e casais sadios no corpo, na alma e no espírito.
    T: Para que sempre estejam desejosos de corresponder à vontade do Pai e edificar o reino de Jesus Cristo na Terra.

    Pai Nosso. Ave Maria. Glória.
    Nossa Senhora das Graças, rogai por nós! Amém.

      Adoração perpétua
    A mim…….
    “Faça-me a penitência de sentir
    os espinhos de Vossa coroa!
    Possa a graça espargir vossos dons sobre mim,
    no caminho do exílio!
    Possa a gloria inebriar-me de vossas alegrias
    na Pátria eterna! Assim seja”.
    Santo Tomás de Aquino

  • 25. ORAÇÃO PELOS SACERDOTES JUNTO AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

    O Sangue de Jesus
    Ó Jesus, Pontífice Eterno, Divino Sacrificador, Vós que, no Vosso incomparável amor, deixastes sair do Vosso Sagrado Coração o sacerdócio cristão, dignai-Vos derramar, nos Vossos sacerdotes, as ondas vivificantes do Amor infinito.
    Vivei neles, transformai-os em Vós, tornai-os, pela Vossa graça, instrumentos de Vossas Misericórdias.
    Atuai neles e por eles, e fazei que, revestidos inteiramente de Vós pela fiel imitação de Vossas adoráveis virtudes, operem, em Vosso nome e pela força de Vosso espírito, as obras que Vós mesmos realizastes para a salvação do mundo.
    Divino Redentor das almas, vede como é grande a multidão dos que dormem ainda nas trevas do erro; contai o número dessas ovelhas infiéis que ladeiam os precipícios; considerai a multidão dos pobres, dos famintos, dos ignorantes e dos fracos que gemem ao abandono.
    Voltai para nós por intermédio dos Vossos sacerdotes. Revivei neles; atuai por eles, e passai de novo através do mundo, ensinando, perdoando, consolando, sacrificando, e reatando os laços sagrados do amor entre o Coração de Deus e o coração humano. Amém.

    Oração indulgenciada por S. Pio X em 03/03/1905

    S16

  • 26. A POMBA DA TERNURA

    joaopauloII
    Santo Espírito, Pomba mansa,
    Vens do Alto e és esperança.
    Traça em mim o Teu caminho,
    Prende os atos num cadinho.

    Ó sublime Companhia
    De conforto e de alegria,
    Liga em teus laços de amor
    A minh’alma ao Salvador.

    Com dureza e sem sorriso,
    Não estou pronto ao Paraíso.
    Acende-me em Tua chama
    E aponta o Nome que inflama.

    Fraco, embora, o ser humano,
    Vem de Ti o meu poder.
    Provisão de eterna graça
    Dá-me o Teu amo sem jaça.

    Merecimentos não tenho,
    Mas agradecer eu venho.
    Toma-me em Tua mão
    Ó Infinito Coração!

  • 27. ORAÇÃO DO SANTO PAPA JOÃO PAULO II

    10387320_918117794882601_1745874608775159216_n
    “Ó Cristo!
    Fazei com que eu possa me tornar, e ser sempre, servidor do Teu único poder!
    Servidor do Teu suave poder!
    Servidor do Teu poder que não conhece ocaso!
    Fazei com que eu possa ser um servo!
    Mais ainda: servo de todos os Teus servos.”

    Irmãos e Irmãs!
    Não tenhais medo de acolher Cristo e de aceitar o Seu poder!
    Ajudai o Papa e todos aqueles que querem servir Cristo e,
    com o poder de Cristo, servir o homem e a humanidade inteira!

    Não tenhais medo!
    Abri antes, ou melhor,
    escancarai as portas a Cristo!

    Ao Seu poder salvador abri os confins dos Estados,
    os sistemas econômicos assim como os políticos,
    os vastos campos de cultura, de civilização e de progresso!
    Não tenhais medo!
    Cristo sabe bem “o que está dentro do homem”.
    Somente Ele o sabe!
    Hoje em dia é freqüente o homem não saber o que traz no interior de si mesmo,
    no mais íntimo da sua alma e do seu coração,
    Freqüentemente não encontra o sentido da sua vida sobre a terra.
    Deixa-se invadir pela dúvida que se transforma em desespero.
    Permiti, pois – peço-vos e vo-lo imploro com humildade e com confiança –
    permiti a Cristo falar ao homem.
    Somente Ele tem palavras de vida; sim, de vida eterna.

    Da homilia de São João Paulo II, papa, no início do seu pontificado
    (22 de Outubro de 1978: A.A.S. 70 [1978], pp. 945-947)

  • 28. HINO

    Fundo-240x3001
    Cristo Pastor, modelo dos pastores,
    comemorando a festa deste Santo,
    a multidão fiel e jubilosa,
    vosso louvor celebra neste canto.

    Vossas ovelhas, que a São Pedro destes
    para guardar, formando um só rebanho,
    ele as regeu, por vossa escolha ungido,
    e as protegeu contra qualquer rebanho.

    Do seu rebanho foi pastor e exemplo,
    ao pobre alívio e para os cegos luz,
    pai carinhoso, tudo para todos,
    seguindo em tudo o Bom Pastor Jesus.

    Cristo, que aos santos dais nos céus o prêmio,
    com vossa glória os coroando assim,
    dai-nos seguir os passos deste mestre
    e ter um dia um semelhante fim.

    Justo louvor ao Sumo Pai cantemos,
    e a vós, Jesus, Eterno Rei, também.
    Honra e poder ao vosso Santo Espírito
    no mundo inteiro, agora e sempre. Amém.

    Responsório
    – Não tenhais medo: o Redentor do homem manifestou o poder da cruz dando a sua vida por nós!
    – Abri, escancarai as portas a Cristo!
    – Somos chamados na Igreja a participar no seu poder.
    – Abri, escancarai as portas a Cristo!

    Oração
    Ó Deus, rico em misericórdia, que escolhestes São João Paulo II para governar a Vossa Igreja como papa, concedei-nos que, instruídos pelos seus ensinamentos, possamos abrir confiadamente os nossos corações à graça salvífica de Cristo, único Redentor do homem. Ele que convosco vive e reina, na unidade do Espírito Santo, por todos os séculos dos séculos. Amém.

    São João Paulo II, rogai por nós que recorremos a vós!
    Bendigamos ao Senhor! Demos graças a Deus!

     Do Ofício de Leituras
    Para meditação pessoal e particular todo dia 22 do mês.
    Do comum dos pastores da Igreja: para um Papa Santo – celebração votiva

  •  

  • ORAÇÕES AGAPETERAPIA

    agape (2)

    “Quando quiserdes encontrar-me, vinde perto do Sacrário”.
    Pe. Pio de Pietrelcina

    maxresdefault

    Segue abaixo orações utilizadas nos Retiros por Cura Interior – Agapeterapia

  • 29. A CRISTO EUCARÍSTICO

    56570b3e039711f9e96bffa8af3775d4521580e6089c7
    Carne viva de CRISTO, fortifica-me!
    Sangue generoso do Salvador, inebria-me!
    Olhar silencioso de CRISTO, preenche-me!
    Palavra sacratíssima do meu Mestre, instrui-me!
    Braços abertos de CRISTO, protege-me!
    Lado aberto do Crucificado, recebe-me!
    Coração transpassado de CRISTO, aprisiona-me!
    Mão afetuosa de Cristo, abençoa-me!
    Dedo onipotente de CRISTO, cura-me!
    Doce ombro do bom pastor, reconduze-me!
    Face amorosa de CRISTO, atrai-me!
    Sorriso escondido de meu amigo, pacifica-me!
    Hálito Vigoroso de CRISTO, dá-me vida!
    Força triunfante do SENHOR, conduze-me!
    Fogo ardente de CRISTO, inflama-me!
    Bondade do Filho de Maria, seduze-me!
    Luz puríssima de CRISTO, ilumina-me!
    Vida que jorra do Redentor, transforma-me!
    Alma sublime de CRISTO, eleva-me!
    Divindade do Verbo feito carne, consagra-me!
    ESPÍRITO SANTO, dom de CRISTO, santifica-me! Amém.

  • 30. A HUMILDADE DA EUCARISTIA

    GRAÇAS E LOUVORES
    “Quando começares a compreender a Eucaristia, começarás a perceber a grandeza de meu amor para contigo e a dimensão de minha humildade. Olha para a hóstia, este pedacinho de pão fino e arredondado. Jamais as aparências disseram tão pouco!
    Aparece como hóstia e é um homem, eu mesmo Jesus Cristo, nascido do Espírito Santo e de Maria. Aquele mesmo que curou os leprosos, que ressuscitou Lázaro, que deu vista aos cegos, que, sedento, pediu água à samaritana, que expulsou os vendilhões do templo, que perdoou a adúltera. É Jesus, o médico, o mestre, o salvador. Esta hóstia é homem – eu mesmo.
    Mais admirável ainda, esta hóstia é Deus, Todo-Poderoso, onisciente, todo santo, todo bondade, todo amor. Esta aparência de pão é aquela vontade que tirou todas as coisas do nada, aquele poder que conserva a existência de todas as coisas, aquela inteligência da qual todo conhecimento e toda ordem têm origem.
    Esta hóstia é o Deus que te criou, é quem te conserva existindo, e se não conservasse, não apenas desaparecerias, mas serias aniquilado de tal forma que não restaria em ti sequer tua alma…
    Esta hóstia cuida de teu alimento e de teu abrigo, envia-te os bons pensamentos, os bons desejos. Esta hóstia, um dia, te julgará.
    Esta hóstia é Deus e Homem – eu mesmo. Tu o repetes, mas não o podes compreender. E esta hóstia ama-te tão ternamente que te convida para seres um com ela. Ela preparou teus caminhos, fez-se alimento de tua alma, para que participasses, numa admirável intimidade, de sua própria natureza.
    Olha para a hóstia, certo de que fixas numa pessoa real que tem duas naturezas: a natureza divina e humana. Porque sou homem, poder amar-me como amas aos outros seres humanos. Deves ter para comigo este amor, aquele amor que os Apóstolos tiveram para comigo antes de me conhecerem como Deus e o que tiveram para com minha humanidade depois de conhecerem minha divindade. Aceito este amor de humano para humano.
    Mas deves ter para comigo também o amor de uma criatura para com seu Deus. O amor de adoração, de completa entrega e de absoluta união com minha vontade. Na Eucaristia entrego-me a ti e nela deves te entregar também a mim. Já te esforçaste para entender como é que o pão, a carne, a bebida se transformam em tua carne e em teu sangue? Comes e eu faço o resto. Se eu transformo o pão em tua carne, porque seria mais difícil transformar o pão em meu corpo? Seria mais difícil pelo fato de ser uma transformação instantânea e não gradual? Para Deus não há tempo. Um momento é a eternidade e a eternidade não é somente um momento…
    Podes pensar numa forma melhor de eu providenciar teu sustento espiritual? Haverá um meio mais eficaz de ajudar a tua transformação em mim? Vês como teu Deus é movido pelo amor? Como procuro trazer-te para mais perto de mim?
    Porque eu estava tão distante que não podias atingir-me, tornei-me um dos teus, um homem igual a ti e ao qual pudesses abraçar. Foi então que os homens me atingiram, e de tal forma que me crucificaram!
    Mas, ainda era pouco. E porque eu queria estar mais próximo de ti, em minha sabedoria e amor divinos, decidi dar a ti o meu próprio ser. Como?
    Uma vez que me tinha feito homem, igual a ti, podias sentir o amor de Deus. Agora, para me entregar a ti, completamente, como era minha vontade, eu tinha de tornar-me diferente de ti. E por isso ocultei-me na aparência de um alimento e de uma bebida comuns, para que não temesses de te aproximar de mim.
    Teu Deus não descansará enquanto não estiveres bem perto dele. Ele se revela e se oculta. Aproxima-se e afasta-se. É tão simples e tão misterioso ao mesmo tempo! Torna-se homem e torna-se pão. Faz tudo que é mais simples para ti, mais adaptado á tua fraqueza. Transformo-me naquilo de que necessitas, como se fosses o senhor e eu, simplesmente, o teu servo.”
    (texto extraído do livro ”Cristo minha vida” – C.Enzler)

    ORAÇÃO FINAL DE ENTREGA
    Senhor Jesus, assim como Vos entregastes nas mãos do Pai, eu também venho agora a Vós me entregar.
    Entrego-Vos todo meu ser, corpo e alma, consagrando-os a Ti, abandonando-me totalmente em Vossas mãos, e nada quero em mim reter. Tudo é Vosso: o meu passado, presente e futuro; o que me deste, meus queridos, minha família. Confio a Vós o nosso sustento espiritual e material, pois creio na Vossa providência divina. As minhas preocupações, o meu fardo, também os deposito diante de Vós.
    Agradeço-Vos por tudo que assim me permitirdes passar, pois creio fortemente que Vós me amais e confio incondicionalmente no Vosso amor por mim! Amém!

    “Ninguém come esta carne, sem antes a adorar.
    Pecaríamos se não a adorássemos”
                                                    Santo Agostinho 

  • 31. VIA SACRA EUCARÍSTICA DE SÃO PEDRO JULIÃO EYMARD

    via sacra
    Oração inicial
    Meu Deus e Senhor, prostrado aos Vossos pés, contrito e arrependido, peço-Vos humildemente acompanhar o Vosso Divino Filho no caminho doloroso de Sua Paixão, chorando os meus pecados, causa de tantos sofrimentos.
    Concedei-me, pela Sua Sagrada Paixão e Morte, e pelo Sacramento Augusto de Seu Corpo e Sangue, a graça de lucrar de todas as indulgências anexas a esta devoção, aplicando-as às benditas almas do Purgatório. 

    Rezar em cada estação:
    Nós Vos adoramos Senhor Jesus Cristo, e Vos bendizemos,
    porque pela Vossa Santa Cruz remistes o Mundo.

     Ao final de cada estação: Pai-Nosso. Ave-Maria. Glória. (Opcional)
    – Senhor Deus, misericórdia! Pelas Dores de Maria Santíssima, misericórdia!
     E as almas dos fiéis defuntos, pela misericórdia de Deus, descansem em Paz. Amém.

    01
    – Primeira estação:
    Jesus é condenado à morte.
    Canto: A morrer crucificado, teu Jesus é condenado, por teus crimes, pecador.

    Jesus é condenado à morte por aqueles que Ele cumulou de benefícios. Com amor aceitou esta sentença. Para sofrer e morrer Ele veio ao mundo, ensinando-nos a fazer o mesmo. Jesus ainda é condenado à morte na Eucaristia.
    Pela Comunhão indigna, o sacrílego vende Jesus ao demônio, crucificando-O em seu corpo de pecado.
    Oh! Jesus, mil vezes perdão por todos os sacrilégios!
    Que eu nunca chegue a cometê-los e passe minha vida a repará-los.

    02
    – Segunda estação:
    Jesus levando a Cruz às costas.
    Canto: Com a Cruz é carregado, e do peso acabrunhado, vai morrer por teu amor.

    Jesus é carregado com uma pesada Cruz. No Santíssimo Sacramento, os maus cristãos impõem a Jesus uma Cruz bem mais pesada, ignominiosa e dolorosa para o Seu Coração: a irreverência e a tibieza na Sua presença.
    Perdão, meu Senhor, por mim e por aqueles que Vos tratam sem respeito na Santa Eucaristia, pelas indiferenças e esquecimentos à Vossa presença.

    03
    – Terceira estação:
    Jesus cai pela primeira vez.
    Canto: Pela Cruz tão oprimido, cai Jesus desfalecido, pela tua salvação.

    Jesus cai pela primeira vez. Quantas vezes cai em terra sem que se saiba. Mas, o que faz cair de dor é o primeiro pecado mortal que mancha a alma.
    Como é dolorosa a queda de Jesus na alma que O recebe indignamente na Primeira Comunhão! Tratar assim, a Jesus na primeira vez que vem à alma, cheio de amor: tão jovem e tão culpado!
    Oh! Jesus. Obrigado pelo Amor que me testemunhastes na minha primeira Comunhão. Jamais o esquecerei.

    04
    – Quarta estação:

    Encontro de Jesus com Sua Mãe Santíssima.
    Canto: De Maria lacrimosa, no encontro lastimosa, vê a viva compaixão.

    Maria acompanha a Jesus no caminho doloroso do Calvário. Quem ama quer compartilhar. Quantas vezes, Jesus na Eucaristia encontra no caminho de Suas dores, em meio dos inimigos, os filhos do Seu Amor, religiosos e ministros de Suas Graças, que se unem aos carrascos para humilhá-Lo. Quantos renegados e apóstatas abandonam o serviço e o amor de Deus, diante de um sacrifício!
    Oh! Jesus, eu Vos quero seguir humilhado e maltratado com Maria, minha Mãe.

    crucis05
    – Quinta estação:
    Jesus ajudado por Simão Cirineu a levar a Cruz.
    Canto: Em extremo desmaiado, deve auxílio aqui cansado, receber de Simeão.

    Jesus é ajudado por Simão de Cirene a levar a Cruz. No Santíssimo Sacramento, Jesus chama os homens para si, e poucos correspondem aos Seus convites. Convida-os ao banquete Eucarístico e tem mil pretextos para recusar. Jesus fica só, abandonado, com as mãos cheias de graça, que os homens não querem: tem medo do Seu Amor!
    Oh! Senhor compreendo que vale mais deixar tudo, do que falhar a uma Comunhão, a maior de Vossas Graças. Perdoai o meu passado, e guardai minhas resoluções para o futuro.

    06
    – Sexta estação:
    A piedosa Verônica enxuga o rosto de Jesus.
    Canto: O seu rosto ensangüentado, por Verônica enxugado, contemplemos com amor.

    Verônica enxuga o rosto de Jesus, ensangüentado e cheio de escarros. Ele a recompensa imprimindo sobre o linho Sua face adorável. Jesus é muito ultrajado e profanado no Adorável Sacramento: e, onde estão as Verônicas compassivas para reparar estas abominações? Fica-se espantado de se ver tantos sacrilégios cometidos contra o Augusto Sacramento; dir-se-ia que Jesus Cristo é entre nós um estranho, indiferente e desprezível.
    Oh! Senhor Vos adoro sob o Véu Eucarístico, Vossa Sagrada Face cheia de glória e majestade; e Vos peço, dignai-Vos imprimir Vossos traços em meu coração.

    07
    – Sétima estação:
    Jesus cai pela segunda vez.
    Canto: Outra vez desfalecido, pelas dores batido, cai em terra o Salvador.

    Jesus cai pela segunda vez: sobrevêm novos sofrimentos, redobram os maus tratos dos carrascos. Quantas vezes, tíbios que O recebem sem preparação e sem piedade, e O deixam partir sem Amor, nem agradecimento. Assim a Eucaristia se torna estéril, embora seja fonte de todas as graças.
    Oh! Divino Salvador, eu Vos peço perdão pelas comunhões tíbias e feitas sem devoção!

    08
    – Oitava estação:
    Jesus consolando as filhas de Jerusalém.
    Canto: Das matronas piedosas, filhas de Sião, chorosas, é Jesus consolador.

    Jesus, esquecendo Seus sofrimentos, enxuga as lágrimas das piedosas mulheres. É missão do salvador consolar os aflitos e perseguidos. Na Eucaristia é nosso consolador. Espera que as almas O acompanhem no abandono e na ingratidão em que é deixado: e quão poucos se lembram de Jesus! Ele está ali dia e noite! Que ingratidão! Se Seus olhos pudessem chorar, quantas lágrimas deveriam derramar por nós!
    Oh! Jesus aceitai meu amor reparador, e sede minha única consolação e conforto nas horas do sofrimento.

    09
    – Nona estação:
    Jesus cai pela terceira vez debaixo da Cruz.
    Canto: Cai terceira vez prostrado, pelo peso redobrado, dos pecados e da Cruz.

    Jesus, esmagado pelo peso da Cruz e pelos maus tratos dos carrascos, cai pela terceira vez. Quanto sofre nesta nova queda! Jesus virá pela última vez a mim, no Viático; será esta graça o complemento de todas as outras na minha vida. Que pensar de uma alma que recebe esta preciosa graça em estado de pecado? Ah! é o inferno começado na terra.
    Senhor, nós Vos pedimos por todos os moribundos, concedei-lhes a graça de morrerem em Vossos braços.

    10
    – Décima Estação:
    Jesus no ato de O despirem e de Lhe darem o fel a beber.
    Canto: Dos vestidos despojado, por verdugos maltratados, eu Vos vejo meu Jesus.

    Jesus é despido de Suas Vestes. Quanto sofreu na sua modéstia e humildade. Quantas vezes é Jesus despojado ainda no estado sacramental! Não contentes de O verem despojado de Sua glória divina e da beleza de sua humanidade, os inimigos O despojam da honra do culto: roubam os Sacrários, destroem as Igrejas, profanam os vasos sagrados e os Tabernáculos, e O jogam por terra. Ele, Rei e Salvador dos homens, é entregue à mercê dos sacrílegos como no dia da crucifixão.
    Fazei, ó Jesus, que eu Vos imite, assim despojado na Eucaristia, e sede meu único bem.

    11
    – Décima Primeira Estação:
    Jesus pregado na Cruz.
    Canto: Sois por mim à Cruz pregado, insultado, blasfemado com cegueira e com furor

    Jesus é pregado na Cruz, em um madeiro infamante. Na comunhão indigna, o pecador crucifica-O em seu corpo de morte como um cadáver em decomposição. Lá uma vez, aqui todos os dias e por milhares de cristãos.
    Oh! Meu Jesus, eu Vos peço perdão das imortificações dos meus sentidos. Vós as expiastes bem cruelmente. Prometo humilhar em mim o homem velho, e me unir à Vossa vida crucificada.

    12
    – Décima Segunda Estação:
    Jesus morre na Cruz.
    Canto: Por meus crimes padecestes. Meu Jesus, por mim morrestes. Oh! Quão grande é minha dor.

    Jesus morre na Cruz para nos resgatar, perdoando aos carrascos, abandonando Sua alma nas mãos do Pai. Na Eucaristia, Jesus perpetua o amor que nos testemunhou na morte. Cada manhã ele se imola na Santa Missa, e perde Sua existência sacramental nos que comungam. No coração justo para fazê-lo viver, no do pecador, para condená-lo; àquele oferece as graças da redenção; a este, sua morte eterna.
    Oh! meu Jesus, dai-me a graça de morrer ao pecado e a mim mesmo, e de viver só para vós. Concedei-me a graça, coroa de minha vida, de Vos receber em Viático.

    13
    – Décima Terceira Estação:
    Jesus é descido da Cruz.
    Canto: Do madeiro Vos tiraram e à Mãe Vos entregaram, com que dor e compaixão

    Jesus descido da Cruz é entregue à sua Mãe, que O recebe nos braços e O oferece a Deus Pai como vítima de sacrifício. Cabe a nós, agora, oferecê-LO no altar e nos corações, por nós e pelos nossos. Ele é nosso, para que O façamos valer. Não permitamos que este preço infinito se torne estéril em nossas mãos, por causa nossa indiferença.
    Ó Pai Eterno, aceitai o Vosso Divino filho, Jesus, pelas mãos de Maria Santíssima, como vítima pela nossa Salvação.

    14
    – Décima Quarta Estação:
    Jesus é colocado no sepulcro.
    Canto: No sepulcro Vos deixaram, sepultado Vos choraram, magoado o coração

    Jesus é colocado no sepulcro, sob a guarda dos inimigos. Na Eucaristia, Jesus está verdadeiramente sepultado: para sempre será o nosso prisioneiro de Amor. O Corporal O envolve como um sudário; a lâmpada arde como diante de um túmulo num silêncio de morte.
    Oh! meu Jesus, venho adorar-Vos, consolar-Vos e honrar-Vos por aqueles que não o fazem, e peço-Vos a graça do recolhimento e da morte ao mundo.

     Oração final
    Oh! Dulcíssimo Jesus, fonte de amor e de salvação, estou arrependido de todos os meus pecados, por causa das Vossas dores. Prometo viver conforme Vossa Santíssima Vontade, aproveitar o Alimento Eucarístico, o Sangue derramado, e a Morte que por mim, sofrestes.
    E vós, Virgem Dolorosíssima, interponde a Vossa poderosa intercessão para que eu nunca mais ofenda a Jesus. Oh! meu Salvador, salvai-me, por Vossas Dores, pelo Vosso Sangue, pela Vossa infinita misericórdia.Amém.

    Pai-Nosso -Ave-Maria – Glória
    Pela intenção do Sumo Pontífice e para ganhar as indulgências.

    15

  • 32. MINHA ORAÇÃO PESSOAL DE PERDÃO

    Oracao-confissao-960x500
    Grande inimigo do Amor é a falta de perdão, o guardar mágoas e ressentimentos. É o rancor que nos corrói espiritualmente, trazendo como conseqüências, a raiva e a vingança.
    A oração que vem de um coração perdoador, cheio de fé, torna tudo possível! Portanto, orar perdoando, é fazer um exercício contínuo de Amor a Deus e aos irmãos.
    Perdoar é o caminho a ser percorrido, passo a passo, para chegarmos à santidade e experimentarmos a cura e a libertação que vem em decorrência do exercício do perdão. Se assim não fosse, Jesus, Homem-Deus, não o teria ensinado e praticado, e sabemos bem que Ele o fez, até as últimas conseqüências.
    Neste Retiro você, mais uma vez, está sendo convidado (a) a fazer este exercício espiritual: PERDOAR, ou renovar o perdão que você diz já ter concedido a alguém.
    Durante os Ensinos, com Seu amor misericordioso, o Espírito Santo o (a) ajudará a se lembrar de fatos de seu passado, ou até de situações muito presentes que o (a) têm feito sofrer. E eles envolvem pessoas. Procure se lembrar do nome delas, ou senão mencione-as de modo indeterminado, mas escreva o nome destas pessoas e/ou as situações das quais você se lembra e que o (a) fizeram sofrer, ou que ainda agora, ao serem lembradas, ferem seu coração, sua memória.
    Vá gradativamente entregando tudo e todos ao Senhor, envolvendo-os no amor perdoador, restaurador; liberando a graça do Espírito sobre sua vida e sobre a vida destas pessoas, vivas ou falecidas (onde quer que se encontrem).
    Muita paz já estará envolvendo seu ser, conseqüência de seu ato de fé, coragem e amor.
    Esta Ladainha, você poderá rezá-la diariamente, como um instrumento que o (a) auxiliará a se lembrar e a perdoar mais e mais…

  • 33. LADAINHA DO PERDÃO

    orando
    Senhor Jesus,
    Por não responderes a minhas orações como eu desejo… eu te perdôo.
    Por todas as dificuldades da minha vida…
    Por todas as enfermidades da minha família…
    Pelo falecimento de cada um daqueles que amo…

    Senhor Jesus, por todas as vezes que eu:
    Não te coloquei no centro de minha vida… – eu me perdôo.
    Usei Teu santo Nome em vão…
    Não amei outras pessoas como Tu as amas…
    Julguei, condenei, prejudiquei…
    Fofoquei, menti, enganei ou dei continuidade a rumores…
    Não aceitei ou não respeitei a mim mesmo(a) ou a outras pessoas…
    Usei linguagem suja, contei piadas impuras…
    Abusei do álcool ou das drogas, ou de remédios…
    Usei ou promovi o uso de contraceptivos…
    Envolvi-me em atos homossexuais…
    Forniquei, masturbei-me ou cometi adultério…
    Violei qualquer pessoa, física ou sexualmente…
    Pratiquei o aborto ou induzi alguém a praticá-lo…
    Vi, usei ou dei materiais pornográficos…

    Senhor Jesus ajuda-me a perdoar à minha mãe, através de um ato da minha vontade:
    Por ter me dito que fui um acidente, um peso, um erro… – eu perdôo à minha mãe.
    Por não me desejar ou me negligenciar…
    Por entregar-me por adoção…
    Por favorecer um outro filho…
    Por manipular, controlar ou reclamar…
    Por julgar, condenar e criticar…
    Por ser super protetora ou interferir…
    Por não aceitar meus amigos, esposo(a) ou filhos…
    Por abusar do álcool ou das drogas…
    Por ter casos extraconjugais…
    Por separar-se ou divorciar-se de meu pai…
    Por casar-se de novo…
    Por ficar doente ou morrer…

    Senhor Jesus, conceda-me a graça de perdoar a meu pai:
    Por criticar, envergonhar ou humilhar as pessoas… – eu perdôo a meu pai.
    Por ser violento ou castigar severamente…
    Por abuso sexual, verbal ou emocional…
    Por abusar do álcool ou das drogas…
    Por jogar ou ser irresponsável financeiramente…
    Por não dizer: “Eu amo você”…
    Por favorecer a um outro filho…
    Por não me proteger…
    Por ter casos extraconjugais… eu perdôo a meu pai.
    Por abandonar a família…
    Por separar-se ou divorciar-se de minha mãe…
    Por casar-se de novo…
    Por ficar doente ou morrer…

    Senhor Jesus, eu quero perdoar aos meus irmãos e irmãs:
    Por se vingarem de mim ou me rejeitarem… – eu perdôo aos meus irmãos.
    Por gozarem de mim ou me criticarem…
    Por competir no amor e na atenção de nossos pais…
    Por discutirem, brigarem ou causarem escândalos…
    Por abuso físico ou sexual…
    Por serem irresponsáveis, beberem ou se drogarem…
    Por não participarem das funções da família…
    Por ficarem doentes ou morrerem…

    Senhor Jesus, ajuda-me a perdoar ao meu cônjuge, através de um ato de vontade:
    Por lidar de maneira incorreta com o dinheiro ou negligenciar o pagamento das contas… – eu perdôo ao meu cônjuge.
    Por não trabalhar ou trabalhar em excesso…
    Por abusar do álcool ou das drogas…
    Por mentir, jogar ou roubar…
    Por abuso físico, sexual ou verbal…
    Por não exercer suas responsabilidades paternais…
    Por ter casos extraconjugais…
    Por separar-se, desamparar-me ou divorciar-me de mim… eu perdôo ao meu cônjuge.
    Por ficar doente ou morrer…

     Senhor Jesus, ajuda-me a perdoar aos meus filhos e netos:
    Por me envergonharem, humilharem ou desobedecerem… – eu perdôo aos meus filhos e netos.
    Por mentirem ou roubarem…
    Por abusarem do álcool ou das drogas…
    Por agirem irresponsavelmente…
    Por me magoarem física ou emocionalmente…
    Por serem desrespeitosos…
    Por não me telefonarem ou visitarem…
    Por violentarem alguém sexualmente…
    Por serem homossexuais ativos…
    Por fornicarem ou cometerem adultério…
    Por terem filhos fora do casamento…
    Por praticarem o aborto ou induzirem alguém a praticá-lo…
    Por se casarem, divorciarem ou casarem de novo…
    Por serem católicos não praticantes…
    Por abraçarem outra religião…
    Por ficarem doentes ou morrerem…

    Senhor Jesus, eu quero perdoar a meus familiares:
    Por interferirem, julgarem, mentirem ou condenarem… – eu perdôo a meus familiares.
    Por não me amarem, aceitarem e respeitarem…
    Por maus-tratos verbais ou físicos…
    Por abuso emocional ou sexual…
    Por magoarem a mim ou àqueles que eu amo…

    Senhor Jesus, conceda-me a habilidade de perdoar aos meus amigos:
    Por não me apoiarem ou ajudarem em momentos de dificuldade…
    eu perdôo aos meus amigos.
    Por fofocarem ou criticarem…
    Por me forçarem a fazer coisas que eu não queria…
    Por cometerem adultério…
    Por encorajarem comportamentos pecaminosos…
    Por desaparecerem da minha vida…

    Senhor Jesus, através de um ato de vontade, eu perdôo:
    Aos médicos ou enfermeiras… – eu os perdôo
    Aos advogados ou contadores…
    Aos políticos, policiais ou bombeiros…
    Aos militares…
    Aos padres, bispos, cardeais e ao Papa…
    Às freiras, aos irmãos, aos diáconos…
    Aos patrões e aos colegas de trabalho…

    Senhor Jesus, eu desejo a graça de perdoar à pessoa que mais me magoou:
    Àquela a quem eu disse que jamais perdoaria… – eu perdôo a essa pessoa.
    À pessoa que me é mais difícil de perdoar…
    A quem eu afirmei que não poderia perdoar…
    Através de um ato de vontade eu a perdôo: por não me dizer “Sinto muito”…
    Por ser indiferente ou desinteressada…
    Por magoar a mim ou àqueles que eu amo…

    487419_518938694815376_1608902534_n

  • 34. ORAÇÃO PARA PEDIR O BATISMO NO ESPÍRITO SANTO

    batismo-do-espc3adrito
    Senhor Jesus, vivo, ressuscitado, Vós recebestes o Espírito Santo em plenitude para comunicá-Lo a todos os que crêem em Vós de todo coração. Eu creio em Vós, Jesus! De todo o coração! Com toda a alegria e ação de graças!
    Jesus, desejo vivamente viver minha vida cristã em plenitude e santidade. Mas, para assim vive-la, eu preciso da ação vigorosa do Vosso Espírito Santo.
    Jesus, já me destes o Espírito Santo no dia do meu Batismo e o confirmastes em mim pelo Sacramento do Crisma. Mas peço que hoje o libereis em todo o meu ser, para que eu fique cheio(a), encharcado(a) d´Ele, plenificado(a).
    Jesus, um dia dissestes: “Sereis batizados no Espírito Santo”. Batizai-me, agora, Jesus, conforme a Vossa promessa. Mergulhai-me no oceano do amor e da santidade do Espírito Santo, para que eu fique plenificado(a) por Sua presença e por Sua ação vigorosa e santificadora!
    Jesus, liberai em mim o Vosso Santo Espírito, de tal modo que Ele se aproprie de mim, de todo o meu ser: do meu espírito, do meu psiquismo, das minhas faculdades mentais e emocionais e do meu físico, convertendo-me, libertando-me, transformando-me, curando-me e santificando-me de tal forma, de tal modo que eu possa ser uma nova criatura, para viver uma vida nova, em comunhão com o meu Deus e com meus irmãos.
    Jesus, batizai-me no Espírito Santo! Que eu possa experimentar vivamente Sua presença e Sua santidade em minha vida, todos os dias! Jesus, que Vosso Espírito Santo desabroche em mim os sete dons infusos! Jesus, que o Espírito de amor gere em mim os Seus nove frutos de santidade! Jesus, que Ele se manifeste em mim com Seus carismas, para que eu possa servir muito mais e melhor aos meus irmãos! Batizai-me, Senhor Jesus, no Vosso Santo Espírito!
    Jesus, creio vivamente que Vós fareis acontecer em mim essa graça bendita. Porque creio, agradeço. Sim, Jesus, agradeço de todo coração por tão grande graça. Desejo corresponder ao amor e à ação do Vosso Espírito Santo, com toda a atenção e dedicação.
    Obrigado(a), Jesus.

    Pe Alírio Pedrini

  •  

  • NOVENAS DIVERSAS

    novenas1
    Abaixo, segue algumas novenas que são feitas durante o ano em preparação das Festas Devocionais comemoradas em nossa Comunidade!

  • 35. NOVENA A NOSSA SENHORA RAINHA DA PAZ

    – Início dia 1.º Janeiro

    download (1)
     * Invocação ao Espírito Santo.
    * Terço – Durante os dias da NOVENA, se possível, rezar o Terço mariano
    * Ler e meditar um pequeno trecho do EVANGELHO DE MATEUS, capítulos 5, 6 ou 7.
    * LER a MENSAGEM DO DIA lentamente, absorvendo cada frase e impregnando-se dela. Acolher a MENSAGEM no mais profundo de seu ser, perguntando-se: o que significam essas palavras em minha vida? Como posso integrá-las em minha existência? Tome uma resolução em determinado ponto que o toca mais, exigindo de si mesmo somente aquilo de que é realmente capaz. Nossa Senhora conhece bem nossos limites. O que mais a sensibiliza é a nossa decisão de VIVER seus pedidos e ensinamentos dados através de suas mensagens nas diversas aparições confirmadas pela Igreja, nosso progresso espiritual, por menor que seja. Ela é Mãe.

     ORAÇÃO PARA TODOS OS DIAS
    “Nós vos agradecemos, ó Pai, por terdes nos dado Vosso Filho e Vossa Mãe, a fim de que nenhum daqueles que crêem Neles e Os escutam venham a se perder. Agradecemos por vos preocupardes com cada um de nós e, na Vossa infinita misericórdia, não nos condenardes.
    Agradecemos pela presença de NOSSA SENHORA a nos ensinar o caminho da conversão, da oração, do amor e da paz. Senhor, sois a única fonte da vida, o único que pode saciar nossa sede de amor. Pelas mãos maternas de MARIA, RAINHA DA PAZ, colocamos em Vosso coração a INTENÇÃO DESTE DIA DA NOVENA e NOSSOS PEDIDOS PESSOAIS. (Pausa)
    Cheios de gratidão, Senhor, nós Vos louvamos, bendizemos e damos graças por Vossa infinita bondade, misericórdia e amor. Amém”.

    * Se possível, participar da Santa Missa durante a NOVENA.
    * Purificar-se com uma sincera e humilde Confissão.
    * Fazer a CONSAGRAÇÃO AO SAGRADO CORAÇÃO UNIDO DE JESUS E MARIA, no último dia da novena.

    1º DIA – PELAS INTENÇÕES DE NOSSA SENHORA.

    “Queridos filhos: Neste tempo eu convido todos vocês a rezarem por minhas intenções. Particularmente, rezem por aqueles que ainda não conhecem o amor de Deus, e não procuram o Deus Salvador. Sejam vocês minhas mãos estendidas, e com seu exemplo aproximem-se de meu Coração e do Coração do meu Filho. Deus os recompensará com graças e toda sorte de bênçãos.”

    2º DIA – PELA IGREJA, PELO SANTO PADRE O PAPA, POR TODOS OS BISPOS, SACERDOTES, RELIGIOSOS, SEMINARISTAS E CONSAGRADOS.
    “Queridos filhos: Neste tempo especial de seu esforço para estarem todos mais perto de meu Filho, dos seus sofrimentos, mas também do amor com o qual Ele os suportou, desejo dizer que os acompanho com minha intercessão. Eu os ajudarei a triunfarem sobre os erros e tentações com a minha Graça. Eu ensinarei vocês a amar, amor que apaga todos os pecados e os faz perfeitos, amor que lhes dá a Paz de meu Filho agora e para sempre.  A Paz esteja com vocês e em vocês, porque Eu sou a Rainha da Paz.”

    3º DIA – PELOS SACERDOTES NOSSOS PÁROCOS OU VIGÁRIOS, POR TODOS QUE PERTENCEM À NOSSA PARÓQUIA, ESPECIALMENTE OS QUE DELA PARTICIPAM ATIVAMENTE
    “Queridos filhos: Hoje Eu os abençôo com minha benção materna e convido todos à conversão. Desejo que cada um de vocês se decida a mudar a própria vida e cada um trabalhe mais na Igreja, não com palavras ou idéias, mas com exemplo. Que a vida de vocês seja alegre testemunho de Jesus. Vocês não podem dizer que já estão convertidos, porque suas vidas devem tornar-se uma conversão diária. Para compreender o que é preciso fazer concretamente, e em quê vocês têm necessidade de modificar-se. Eu os acompanho com minha intercessão e os coloco todos sob meu manto.”

    4º DIA – PELOS GOVERNANTES E AUTORIDADES DO NOSSO PAÍS E DO MUNDO INTEIRO, PARA QUE GOVERNEM COM JUSTIÇA, DANDO AO POVO CONDIÇÃO DIGNA DE SOBREVIVÊNCIA.

    “Queridos filhos: Hoje os convido a renovar a ORAÇÃO e o JEJUM, ainda com maior entusiasmo, até que a oração se torne uma alegria para vocês. Pois, quem reza não tem medo do futuro, e quem jejua não tem medo do mal. Repito mais uma vez: SOMENTE COM A ORAÇÃO E O JEJUM PODEM DETER AS GUERRAS; AS GUERRAS DA SUA INCREDULIDADE E DO MEDO DO FUTURO. Eu os acompanho com minha intercessão e lhes ensino, EM DEUS ESTÁ SUA PAZ E A SUA ESPERANÇA. PARA ISSO APROXIMEM-SE DE DEUS E COLOQUEM-NO EM PRIMEIRO LUGAR EM SUAS VIDAS.”

    5º DIA – PELAS FAMÍLIAS E PARA QUE A HUMANIDADE SE VOLTE PARA DEUS.

    “Queridos filhos: Hoje lhes peço que renovem a oração em suas famílias, a fim de que cada família se converta em alegria para meu Filho Jesus. Por isso, rezem e dediquem mais tempo a Jesus e assim serão capazes de aceitar tudo: as doenças e as cruzes, até mesmo as mais pesadas. Eu os acompanho com minha intercessão e desejo acolhê-los em meu Coração e protegê-los. Vocês, porém, ainda não se decidiram. Por isso, peço-lhes que rezem para que, através da oração, permitam-me ajudá-los. Rezem… rezem… e assim a oração se tornará seu alimento diário.”

    6º DIA – PELOS QUE SE AFASTARAM DA VERDADEIRA RELIGIÃO, PELOS QUE ESTÃO CAÍDOS EM CONSEQUÊNCIA DE SEUS PECADOS E SEM FORÇAS PARA RETORNAREM

    “Hoje Eu os convido a se abandonarem totalmente a Deus. Tudo que fizerem e tudo que possuírem, dêem a Deus, a fim de que Ele possa reinar em suas vidas como Rei de tudo. Não tenham medo. Eu os acompanho com minha intercessão, inclusive quando pensam que não existe solução para os problemas e que satanás é que reina. Eu lhes trago a PAZ. Eu os abençôo com a bênção da alegria, a fim de que Deus seja tudo para vocês. Somente assim o Senhor poderá guiá-los, através de mim, na profundidade da vida espiritual.”

    7º DIA – PELAS ALMAS DO PURGATÓRIO.

    “Queridos filhos: hoje desejo convidá-los a rezar todos os dias pelas almas do purgatório. Cada alma tem necessidade de oração e de graças para chegar a Deus e a seu amor. Com isso, também vocês, ganham novos intercessores, que os ajudarão a compreender que as coisas da Terra não são importantes para vocês, que o Céu é a meta para qual devem encaminhar-se. Por isso, rezem sem cessar, a fim de que possam ajudar a si mesmos e também aos outros, para os quais as orações alcançarão a alegria e a verdadeira paz.”

    8º DIA – PELOS PROJETOS DE EVANGELIZAÇÃO DAS DIOCESES DO BRASIL. PELAS CONGREGAÇÕES E NOVAS COMUNIDADES RELIGIOSAS. POR TODOS OS GRUPOS DE ORAÇÃO, MOVIMENTOS, ASSOCIAÇÕES E PASTORAIS.

    “O convite que faço para vocês viverem as mensagens que lhes dou é cotidiano; de modo especial, desejaria aproximá-los mais do Coração de Jesus. Por esse motivo, hoje eu os convido à oração dirigida a meu querido Filho Jesus, a fim de que seus corações sejam Dele. Convido-os ainda a se consagrarem a meu Coração Imaculado. Desejo que se consagrem não só pessoalmente, mas também como família e paróquia, de tal modo que todos venham a pertencer a Deus por meu intermédio. Portanto, rezem muito para consigam compreender o valor dos pedidos que lhes faço. Não peço nada para mim mesma, mas peço tudo para a salvação das almas de vocês. Satanás é forte e por isso aproximem-se de meu coração materno com contínua oração.”

    9º DIA – POR TODOS OS QUE SOFREM, PELOS DOENTES, PELOS QUE PASSAM FOME, PELOS DROGADOS, DESEMPREGADOS, INJUSTIÇADOS, PRISIONEIROS E DESESPERANÇADOS.
    “Queridos filhos: Também hoje estou com vocês de maneira especial, contemplando e vivendo a Paixão de Jesus em meu Coração. Abram seus corações, dêem-me tudo o que têm dentro deles: as alegrias, as tristezas e cada sofrimento, mesmo os mais pequeninos, para que eu possa oferecê-los a Jesus, a fim de que Ele, com Seu Amor incomensurável, queime e transforme suas tristezas na alegria da ressurreição. Eis porque agora eu os convido, de maneira particular, a abrirem seus corações à oração, a fim de que, por meio dela, vocês se tornem amigos de Jesus.”

     

    CONSAGRAÇÃO AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

    “Ó Jesus, sabemos que fostes manso e oferecestes por nós o Vosso Coração. Coração coroado de espinhos e de nossos pecados. Sabemos que também hoje rezais por nossa salvação. Jesus, lembrai-Vos de nós quando cairmos em pecado. Fazei que, por meio de Vosso Santíssimo Coração, todos nós, seres humanos, nos amemos. Que desapareça o ódio do seio da humanidade. Mostrai-nos o Vosso amor. Todos nós Vos amamos e desejamos que Vosso Coração de Pastor nos proteja de todo pecado. Batei. Batei à porta de nosso coração. Entrai em nossos corações, ó Jesus! Sede paciente e perseverante. Continuamos ainda fechados porque não compreendemos a Vossa vontade. Batei continuamente. Fazei, ó bom Jesus, que saibamos abrir para Vós nossos corações, pelo menos quando lembrarmos de Vossa paixão, que sofrestes por nós. Amém.”

     CONSAGRAÇÃO AO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA
    “Ó Imaculado Coração de Maria, transbordante de bondade, mostra-nos o vosso amor por nós. Que a chama do vosso Coração, ó Maria, desça sobre todos os povos: nós vos amamos imensamente. Imprimi em nossos corações um verdadeiro amor. Que nosso coração suspire por vós. Ó Maria, doce e humilde de coração, lembrai-vos de nós quando pecamos. Bem sabeis que nós, os homens, somos pecadores. Pelo vosso Coração santíssimo e maternal, curai-nos com vossa intercessão de toda a doença espiritual. Tornai-nos capazes de contemplar a bondade de vosso Coração maternal e que nos convertamos à chama de vosso Coração. Amem.

    (Nossa Senhora ensinou estas consagrações à Jelena Vasilj, vidente de Medjugorje em 1983)

  • 36. NOVENA A NOSSA SENHORA DE LOURDES – 02 a 10 de Fevereiro

    Lourdes
     Oração Inicial
    Senhor meu Jesus Cristo, Deus e homem verdadeiro, Criador e redentor meu, por serdes Vós quem sois, e porque vos amo sobre todas as coisas, a mim me pesa de todo coração ter-vos ofendido, e proponho firmemente nunca mais pecar, confessar-me, cumprir a penitência que me for imposta e apartar-me de todas as ocasiões de ofender-Vos. Eu vos ofereço minha vida, obras e trabalhos em reparação de todos os meus pecados; e confio em vossa bondade e misericórdia infinita para que me perdoeis pelos méritos de Vosso preciosíssimo Sangue, Paixão e Morte, e me deis Graça para emendar-me e para perseverar em Vosso santo serviço até o fim de minha vida. Amém.

    Primeiro Dia: Rainha Imaculada que, aparecendo pessoalmente tal qual nascestes, – a Senhora na gruta de Lourdes -, honrastes com vosso benigno olhar e com a comunicação de vossos segredos a pobre e enferma Bernadete, tanto menos estimada dos homens pela falta de toda cultura, quanto mais aceita por vós pela pureza de sua inocência e o fervor de sua devoção.
    Obtende para nós a graça de que, pondo sempre nossa glória em fazer-nos gratos ao Senhor com uma vida inteiramente conforme a nossos deveres, nós sejamos ao mesmo tempo merecedores sempre de vossas especiais bênçãos. Amém.

    Segundo Dia: Oh! Virgem de Lourdes, escolhida por Deus para ser Mãe de Jesus, Tesoureira das divinas graças, Refúgio e Advogada dos pecadores!
    Prostrados humildemente a vossos pés vos suplicamos sejais nossa esperança e saúde neste vale de lágrimas, porque nada podemos nem devemos fazer sem vós. Alcançai-nos de vosso divino Filho o perdão de nossos pecados, a perseverança no bem e a salvação de nossas almas, para sermos eternamente felizes e um dia em vossa doce companhia nas mansões da glória celestial. Amém.

    – Terceiro Dia
    Oh! Virgem de Lourdes e Mãe minha, vida e esperança dos pobres, âncora dos náufragos, saúde dos enfermos e esperança dos que agonizam e morrem!
    Oh! Mãe nossa! Depois de Deus, vós sois e sereis sempre nossa única esperança nas tentações e perigos, na vida e na hora da morte. Não nos deixeis, Ó Maria! Amém.

    Quarto Dia: Oh! Virgem puríssima de Lourdes, vida de nossas almas, alívio de nossas penas, suavidade e doçura de nossas aflições!  Ó Mãe, minha intercessora e medianeira! Chamai estes pecadores e não nos deixeis, olhai-nos com olhos de compaixão. Sarai-nos, como Jesus sarou aos leprosos. Curai-nos para que adoremos a Deus eternamente. Amém. 

    Quinto Dia: Oh! Virgem de Lourdes e rainha dos anjos, em cujos olhos brilha a fé que abrasa vosso Espírito!
    Ensinai-me a crer; mas a crer trabalhando, porque a fé sem obras é morta; porque os que estão cheios de pecados, que não fazem conforme a crença católica, estão nos calabouços do inferno. Ajudai-me a crer na palavra divina e a trabalhar como Deus e a Igreja me mandam crer e trabalhar; Pois a fé é luz e tem que iluminar minha alma e a conduzir pela senda da eterna bem-aventurança. Amém.

    Sexto Dia: Oh! Virgem de Lourdes e Virgem das virgens, açucena candíssima, Virgem Imaculada, pomba sem mancha! Vós que fostes concebida sem pecado; vós que tanto amais a castidade e tanto quereis a vossos filhos, tende compaixão de nós e livrai-nos desta penosa concupiscência que nos afunda em um mar de pecados. Alcançai-nos de vosso Filho a graça da castidade para vivermos na Terra como os Anjos do Céu. Amém.

    Sétimo Dia: Oh! Virgem de Lourdes e soberana Imperatriz dos céus, que, por amor à pobreza, vos sujeitastes a todas as privações e escassez dos pobres!
    Ensinai-nos a depreciar os luxos e presentes, e inspirai-nos amor e compaixão aos pobres para conseguirmos com isso o Reino dos céus. Amém.

    Oitavo Dia: Oh! Virgem de Lourdes, exemplar sublime de obediência, que vos fazendo escrava do Senhor e humilhando-vos até viver sem vontade própria, merecestes que vos chamassem de bendita todas as gerações!
    Ensinai-nos e ajudai-nos, como à menina Bernadete, a sermos obedientes até a morte, porque a obediência é melhor que os sacrifícios, e quem segue obedecendo a Deus conseguirá chegar até o Céu. Amém.

    Nono Dia: Oh! Virgem de Lourdes, rainha dos mártires e esperança dos aflitos! Pela heróica paciência que resplandeceu em todos os atos de vossa vida mortal, desde Belém ao Calvário, desde a profecia de Simeão até que vos arrancaram dos braços o cadáver ensangüentado de vosso divino Filho, Tende misericórdia de nós e ajudai-nos a levar com resignação cristã o peso das cruzes que o Senhor tenha a enviar-nos, para ganharmos nossa eterna felicidade na glória e vivermos em vossa doce companhia por todos os séculos. Amém.

     Oração Final
    Três Ave-Marias. Glória.
    – Pedir a graça que se deseja obter com esta Novena. 

    Debaixo de vosso amparo nos acolhemos, santa Mãe de Deus;
    Não desprezeis nossas súplicas nas necessidades, mas sim livrai-nos de todos os perigos,
    Oh! Sempre Virgem gloriosa e bendita!

    Rogai por nós, ó Virgem de Lourdes, para que sejamos dignos das promessas de Jesus Cristo.

    OREMOS: Oh! Deus eterno e compassivo! Concedei-nos a graça de viver santa e cristãmente, venerando a Virgem Santíssima de Lourdes, para que sejamos dignos de sua intercessão nesta vida e na hora da morte. Por Cristo nosso Senhor. Amém!

  • 37. NOVENA AO CORAÇÃO UNIDO DE JESUS E MARIA

    – Início no Dia de Corpus Christi e de 5 a 13 de Setembro

    Sagrados Corações de Jesus e Maria
    ORAÇÃO INICIAL PARA TODOS OS NOVE DIAS:
    Sacratíssimo Coração Unido de Jesus e Maria, a Vós nos consagramos, assim como toda a nossa família e nossa Comunidade, nossas palavras e desejos, tudo o que somos, que temos e amamos, o nosso próprio ser e toda a nossa vida. A Vós entregamos o nosso coração, nossa vontade e nossa alma, decididos a exercitar cristãmente as virtudes que recebemos do Pai criador e obedecer aos Mandamentos e às determinações da Santa Igreja, com serenidade e convicção, sem nos envergonharmos de testemunhar a nossa fé.
    Deixai-nos penetrar no mais íntimo do Vosso SAGRADO CORAÇÃO UNIDO, porque queremos servir-Vos com um zelo mais fervoroso do que nunca. Não permitam que Vos percamos de vista, nem que o nosso coração se volte para outro lado, envolvido pelas tentações e ciladas de Satanás. Que só procuremos os Vossos SAGRADOS CORAÇÕES e só desejemos a Vós. Ó Sacratíssimo CORAÇÃO UNIDO DE JESUS E MARIA, aceitem esta humilde oferta de nossa entrega, através deste singelo ato de Consagração. Nossa esperança é colocada em Vós, com a certeza de que jamais seremos confundidos.

    Tudo por Vós, SACRATÍSSIMO CORAÇÃO DE JESUS.
    Nada sem Vós, IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA.

    – REZAR O TERÇO DOS DOIS CORAÇÕES (Oração n.º 3)

    –  MEDITAÇÃO PARA CADA DIA

    – Primeiro Dia Ó CORAÇÕES amáveis e sagrados, repletos de carinho, ternura e infinito Amor, onde reinam todas as perfeições e virtudes, destruí no interior do meu coração todas as imperfeições e desvios que me impedem de experimentar da riqueza deste Amor e de ser somente Vosso.

    – Segundo Dia Ó CORAÇÕES amáveis e sagrados, inflamados de amor pela humanidade, porque é que tantas pessoas correspondem tão mal e só Vos tratam com críticas e desprezos? Eu também fui no passado um dos ingratos que não sabia Vos amar… Perdoai-me e tende compaixão de minhas culpas, por Vossa infinita misericórdia, fortalecei minha vontade para jamais me esquecer de Vosso incomensurável Amor e poder amadurecer na experiência do Carisma que me foi confiado.

    – Terceiro Dia Ó CORAÇÕES amáveis e sagrados, sempre disponíveis para serem amados, eu mereceria, pelas minhas faltas, viver privado da Vossa graça e atenção, mas vejo que apesar de minhas misérias e fraquezas, misericordiosamente continuais a olhar para mim, esperando minha conversão e o retorno de meu amor. Fazei que muito Vos ame, aprenda a amar como Vós amais, para que todos sejam curados por este amor.

    – Quarto Dia Ó CORAÇÕES amáveis e sagrados, dai-me tal horror ao pecado, que tenha medo de Vos ofender, até com as faltas consideradas mais leves, unicamente porque desgostam e causam espinhos de aflições em Vossos SAGRADOS CORAÇÕES. Concedei-me a graça de uma perene efusão do Espírito Santo, para sempre ter a coragem e a disposição de fugir de todas as ocasiões e oportunidades de pecar, não ensejando chance às investidas do maligno.

    – Quinto Dia Ó CORAÇÕES amáveis e sagrados, Vós que sempre sois fiéis no Amor e na Palavra, educai meu coração a ser fiel, cumpridor dos deveres e obrigações; responsável no trato com as coisas pessoais, com aquelas da família, da Comunidade e primordialmente com o que é Sagrado. Dai-me, a exemplo do hospedeiro que cuidou do judeu socorrido pelo bom samaritano, o amor para acolher a todos, tratar suas feridas e devolver a eles a dignidade de filhos amados de Deus.

    – Sexto Dia Ó CORAÇÕES amáveis e sagrados, ensinai justiça ao meu espírito, para que eu jamais julgue a ninguém, consciente de que o Criador fez tudo o que existe, e administra sabiamente as Suas obras. Dessa forma, cabe somente a ELE escolher o momento certo e adequado, para decidir como será a justiça ou o perdão; que meu coração se torne sempre misericordioso e humilde, semelhante aos Vossos.

    – Sétimo Dia Ó CORAÇÕES amáveis e sagrados, fazei-me compreender a grandeza da vida fraterna, e procurar cultivá-la com o maior empenho, sem nunca perder de vista que somos todos irmãos em CRISTO JESUS, protegidos por uma MÃE imaculada e repleta de bondade, filhos do mesmo adorável PAI ETERNO, que permitiu nosso nascimento para a vida e dentro de Seu plano de amor chamados para a vivência neste carisma de – “Amar para curar através dos Sagrados Corações” – e nele alcançar a santidade.

     – Oitavo Dia Ó CORAÇÕES amáveis e sagrados, não olhem para minha falta de caridade ou meu egoísmo em não me dispor a servir em benefício daqueles que são confiados ao cuidado de nossa Comunidade. Perdoai-me SAGRADOS CORAÇÕES e dai-me a compreensão certa, a fim de proceder como gostariam que eu fizesse; em cada momento de minha existência eu possa ser sinal de unidade que gera a esperança e a paz.

    – Nono Dia Ó CORAÇÕES amáveis e sagrados, dai-me um coração adorador, enchei-o de fidelidade, justiça, zelo, fraternidade, caridade e abrasai-o com o fogo incandescente do Amor Divino, para que saiba amar o que o Pai ama e querer o que Deus quer, mantendo-me compenetrado no cumprimento exato dos meus deveres, colocando-Vos em primeiro lugar em minha vida, preferindo as coisas do Céu a tudo que é mundano e transitório aqui na Terra.

    – ORAÇÃO E LADAINHA AO CORAÇÃO UNIDO DE JESUS E MARIA (Orações pag 4 e 5)

     – ORAÇÃO FINAL PARA TODOS OS DIAS: Ó Deus, que no Coração de Vosso Filho, ferido por nossos pecados, Vos dignais distribuir generosamente os infinitos tesouros do Vosso Amor, rogamos que Lhe rendendo a homenagem de nossa devoção e piedade, consigamos cumprir dignamente para com ELE o dever de reparação e consolo filial. Imaculado Coração de Maria, esperança e refúgio daqueles que Vos amam, assisti-nos com Vossa maternal intercessão e alcançai-nos de Deus as graças que necessitamos, especialmente o amor e a perseverança para cumprirmos fielmente a nossa missão existencial. Amém.

    Cruz Jesus e Maria

  • 38. NOVENA A SÃO JOSÉ – 10 a 18 de Março

    opa
    Príncipe da Casa Real de Davi e ao mesmo tempo humilde carpinteiro, é difícil se poder avaliar a grandeza da missão de São José.
    É considerado o Patrono da Boa Morte porque morreu assistido pela Santíssima Virgem, sua Esposa, e pelo próprio Homem-Deus, de quem era pai adotivo. Foi também declarado Patrono da Santa Igreja.

    – Primeiro Dia: Oh! Glorioso São José, com sentimentos de ilimitada confiança, vos imploramos que abençoeis  esta Novena que começamos em vossa honra. “Vós jamais sois invocado em vão” dizia Santa Teresinha (mencionar pedido…). Fazei por nós o mesmo que fizestes por ela e graciosamente escutai-nos assim como a ela escutou. Amém.

    – Segundo Dia: Oh! Abençoado São José, pai carinhoso, fiel guardião de Jesus, casto esposo da Mãe de Deus, nós oramos e vos imploramos que ofereçais a Deus, o Pai, Seu divino Filho, banhado em Sangue na Cruz por nós, pecadores, e pelo Nome sagrado de Jesus obtenhais do Pai eterno o favor pelo qual imploramos vossa intercessão (mencionar pedido). Pelos esplendores da eternidade, não vos esqueçais das dores daqueles que rezam, daqueles que choram; permiti que, através de vossas orações e as de vossa sacratíssima esposa, o Coração de Jesus seja comovido à piedade e ao perdão. Amém.

     – Terceiro Dia: Abençoado São José, acendei em nossos gélidos corações uma faísca da vossa caridade. Que Deus seja sempre o primeiro e único objeto de nossas afeições. Mantende nossas almas sempre na graça santificante e, se tivermos a infelicidade de perdê-la, dai-nos a força para repô-la imediatamente através de sincero arrependimento. Ajudai-nos para que o amor de nosso Deus nos mantenha sempre unidos a Ele. Amém. Oh! glorioso São José, pelo amor que tendes por Jesus Cristo e pela glória de Seu nome, escutai as nossas preces e concedei-nos o que vos pedimos (mencionar pedido). Amém

     – Quarto Dia: São José, orgulho do Céu, esperança infalível para nossas vidas, e apoio à todos na Terra, graciosamente aceitai nossa oração de louvor. Fostes nomeado esposo da casta Virgem pelo Criador do mundo. Que o Deus trino que outorgou a vós honras celestiais, seja louvado para sempre. E que Ele nos conceda pelos vossos méritos o gozo da vida abençoada e uma favorável resposta aos nossos pedidos (mencionar pedido).Amém.

     – Quinto Dia: Oh! Sagrado São José, que lição vossa vida é para nós! Somos sempre tão ávidos por aparecer, tão ansiosos para ostentar aos olhos dos homens as graças que devemos inteiramente à liberalidade de Deus. Além do favor especial pelo qual declaramos nesta Novena (mencionar pedido), concedei que possamos atribuir a Deus a glória de todas as coisas, que amemos a vida humilde e silenciosa, que não desejemos nenhuma outra posição senão a que nos foi concedida pela Providência e que sempre sejamos dóceis instrumentos nas mãos de Deus. Amém.

    – Sexto Dia: Oh! Glorioso São José, nomeado pelo Pai Eterno como o guardião e protetor da vida de Jesus Cristo, o conforto e o apoio de Sua Santíssima Mãe, e o instrumento em Seu grande propósito para a redenção da humanidade; vós que tivestes a felicidade de viver com Jesus e Maria, e de morrer em Seus braços, sê comovido pela confiança que depositamos em vós, e obtenha para nós, do Todo Poderoso, o favor particular que humildemente pedimos pela vossa intercessão (mencionar pedido). Amém.

    – Sétimo Dia: Oh! Fiel e prudente São José, vigiai nossa fraqueza e nossa inexperiência; concedei-nos a prudência que nos faz lembrarmos de nosso fim, dirigi nossos passos e nos protegei de todo perigo. Rogai por nós, então, ó grande Santo, e através de vosso amor por Jesus e Maria, e do amor deles por vós, concedei o favor que vos pedimos nesta Novena (mencionar pedido). Amém.

     – Oitavo Dia: Oh! Abençoado José, a quem foi concedido não apenas ver e ouvir o Deus que muitos reis ansiaram em ver e não viram; ouvir e não ouviram; mas também carregá-Lo em vossos braços, abraçá-Lo, vesti-Lo e defendê-Lo, vinde em nosso auxílio e intercedei junto a Ele para atender favoravelmente nosso pedido (mencionar pedido). Amém.

    – Nono Dia: Oh! Bondoso São José, ajudai-nos a ser como vós, sempre amável.  Ajudai-nos a dar àqueles que buscam vosso auxílio, a força para que eles permaneçam inabaláveis. Dai-nos vossa fé e que possamos ver a vitória do Bem. Dai-nos vossa esperança para que permaneçamos seguros, intocáveis pela dúvida, firmes para tudo suportar.  Concedei-nos vosso amor que, enquanto os anos aumentarem, um coração compreensivo nos traga a paz. Permiti-nos vossa pureza para que a hora da morte nos encontre intocados pelo sopro do mal. Oferecei-nos vosso amor de operário, que não recusemos a vida que nos chama ao trabalho honesto. Dai-nos vosso amor de pobreza, para que vivamos satisfeitos, independente dos bens materiais. Dai-nos vossa coragem para que sejamos fortes; dai-nos vossa mansidão para que confessemos nossos pecados com arrependimento. Dai-nos vossa paciência para que sem angústia em nossas almas, possamos possuir o Reino.  Ajudai-nos a viver segundo os Mandamentos, para que, quando morrermos, possamos passar convosco para junto de Jesus e Seus amigos.

    Oh! Glorioso São José, escutai as nossas preces e intercedei pelos nossos pedidos. Amém.

    ORAÇÃO FINAL PARA TODOS OS DIAS
    Glorioso São José, que fostes exaltado pelo eterno Pai, obedecido pelo Verbo Encarnado, favorecido pelo Espírito Santo e amado pela Virgem Maria: louvamos e bendizemos a Santíssima Trindade pelos privilégios e méritos com que vos enriqueceu. Sois poderosíssimo, e jamais se ouviu dizer que alguém tenha recorrido a vós e fosse por vós desamparado.
    Sois o consolador dos aflitos, o amparo do míseros e o advogado dos pecadores. Acolhei-nos, pois, com bondade paternal a nós, que vos invocamos neste momento, com filial confiança e alcançai-nos as graças que vos pedimos… (fazer os pedidos)
    Nós vos escolhemos como nosso especial protetor. Sede, depois de Jesus e Maria, nossa consolação nesta terra, nosso refúgio nas desgraças, nosso guia nas incertezas, nosso conforto nas tribulações, nosso pai solícito em todas as necessidades. Obtende-nos, finalmente, como coroa dos vossos favores, uma boa e santa morte, na graça de Nosso Senhor. Assim seja.
    Pai Nosso. Ave Maria. Glória. São José, rogai por nós! 

  • 39. NOVENA A NOSSA SENHORA DE FÁTIMA – 5 a 12 de Maio

    Baixar-Imagens-de-nossa-senhora-de-fatima
    Oração: Ó Deus meu! Eu creio, adoro, espero e O amo. Peço-lhe perdão pelos que não crêem, não adoram, não esperam e não Vos amam. Ó Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo! Eu Os adoro profundamente e Os ofereço no Mistério Eucarístico de Nosso Senhor Jesus Cristo, presente em todos os Sacrários do mundo, e pelos méritos de seu Santíssimo Coração e intercessão do Imaculado Coração de Maria, peço a conversão de todos os pecadores.

    Oração preparatória para todos os dias:
    Oh!Santíssima Virgem Maria, Rainha do Céu Rosário e Mãe de misericórdia, que vos dignaste manifestar em Fátima a ternura de vosso Imaculado Coração trazendo-nos mensagens de salvação e de paz.
    Confiados em vossa misericórdia maternal e agradecidos a as bondades de vosso amantíssimo coração, viemos a vossos pés para rendermos o tributo de nossa veneração e amor.  Concedei-nos as graças que necessitamos para cumprir fielmente vossa mensagem de amor, e a que vos pedimos nesta novena… (Fazer o pedido…), se tem de ser para maior glória de Deus, honra vossa e proveito de nossas almas. Assim seja.

    Primeiro Dia – Penitência e reparação
    Oh!Santíssima Virgem Maria, Mãe dos pobres pecadores!, Que aparecendo em Fátima, deixaste transparecer em vosso rosto celestial uma leve sombra de tristeza para indicar a dor que vos causam os pecados dos homens e que com maternal compaixão exortaste a não afligir mais a vosso Filho com a culpa e a reparar os pecados com a mortificação e a penitência.
    Dá-nos a graça de uma sincera dor dos pecados cometidos e a resolução generosa de reparar com obras de penitência e mortificação todas as ofensas que se inferem a vosso Divino Filho e a vosso Coração imaculado.

    Segundo Dia – Santidade de vida
    Oh!Santíssima Virgem Maria, Mãe da divina graça, que vestida de nívea brancura vos apareceste a uns pastorzinhos singelos e inocentes, ensinando-os assim quanto devemos amar e procurar a inocência da alma, e que pediste por meio deles a emenda dos costumes e a santidade de uma vida cristã perfeita.
    Concedei-nos misericordiosamente a graça de saber apreciar a dignidade de nossa condição de cristãos e de levar uma vida em tudo de acordo as promessas batismais.

    Terceiro Dia – Amor à oração
    Oh!Santíssima Virgem Maria, vaso insigne de devoção!, Que vos apareceste em Fátima tendo pendente de vossas mãos o santo rosário, e que insistentemente repetias: “Orai, orai muito”, para afastar por meio da Oração os males que nos cercam.
    Concedei-nos o dom e o espírito de oração, a graça de ser fiéis no comprimento do grande preceito de orar, fazendo-o todos os dias, para assim poder observar bem os santos mandamentos, vencer as tentações e chegar ao conhecimento e amor de Jesus Cristo nesta vida e a união feliz com Ele na outra.

    Quarto Dia – Amor a Igreja
    Oh!Santíssima Virgem Maria, Rainha da Igreja!, Que exortaste aos pastorzinhos de Fátima a rogar pelo Papa, e infundiste em sus almas singelas uma grande veneração e amor a ele, como Vigário de vosso Filho e seu representante na terra.
    Infunde também a nós o espírito de veneração e docilidade ante a autoridade do Romano Pontífice, de adesão inquebrantável a seus ensinamentos, e nele e com ele um grande amor e respeito a todos os ministros da santa Igreja, por meio dos quais participamos a vida da graça nos sacramentos.

    Quinto Dia – Maria, Saúde dos enfermos
    Oh!Santíssima Virgem Maria, Saúde dos enfermos e consoladora dos aflitos!, Que movida pelo rogo dos pastorzinhos, fizestes curas em vossas aparições em Fátima, e haveis convertido este lugar, santificado por vossa presença, em oficina de vossas misericórdias maternais em favor de todos os aflitos.
    A vosso Coração maternal acudimos cheios de filial confiança, mostrando as enfermidades de nossas almas e as aflições e dolências todas de nossa vida.
    Deixai sobre elas uma olhada de compaixão e que possas remedia-las com a ternura de vossas mãos, para que assim possamos servir-vos e amar-vos com todo nosso Coração e com todo nosso ser.

    Sexto Dia – Maria, refúgio dos pecadores
    Oh!Santíssima Virgem Maria, refúgio dos pecadores!, Que ensinaste aos pastorzinhos de Fátima a rogar incessantemente ao Senhor para que esses desgraçados não caíam nas penas eternas do inferno, e que manifestaste a um dos três que os pecados da carne são os que mais almas arrastam a aquelas terríveis chamas.
    Infunde em nossas almas um grande horror ao pecado e o temor santo da justiça divina, e ao mesmo tempo despertai nelas a compaixão pela sorte dos pobres pecadores e um santo zelo para trabalhar com nossas orações, exemplos e palavras por sua conversão.

    Sétimo Dia – Maria, alívio das almas do purgatório
    Oh!Santíssima Virgem Maria, Rainha do Céu e do purgatório!, Que ensinaste aos pastorzinhos de Fátima a rogar a Deus por as almas do purgatório, especialmente pelas mais abandonadas.  Encomendamos a inesgotável ternura de vosso maternal coração todas as almas que padecem naquele lugar de purificação, em particular as de todos nossos amigos e familiares e as mais abandonadas e necessitadas;
    Aliviais suas penas e levai-as a região da luz e da paz, para cantar ali perpetuamente vossas misericórdias.

    Oitavo Dia – Maria, Rainha do Rosário
    Oh!Santíssima Virgem Maria, que em vossa última aparição vos deste a conhecer como a Rainha do Céu Santíssimo Rosário, e em todas elas recomendaste a reza desta devoção como o remédio mais seguro e eficaz para todos os males e calamidades que nos afligem, tanto da alma como do corpo. Infundi em nossas almas uma profunda estima dos mistérios de nossa Redenção que se comemoram na reza do rosário, para assim viver sempre de seus frutos.
    Concedei-nos a graça de sermos sempre fiéis a prática de rezá-lo diariamente para honrarmos a Vós, acompanhando vossas alegrias, dores e glórias, e assim merecer vossa maternal proteção e assistência em todos os momentos da vida, mas especialmente na hora da morte.

    Nono Dia – O Imaculado Coração de Maria
    Oh!Santíssima Virgem Maria, Mãe nossa dulcíssima!, Que escolheste aos pastorzinhos de Fátima para mostrar ao mundo as ternuras de vosso Coração misericordioso, e lhes colocaste a devoção ao mesmo como o meio com o qual Deus quer dar a paz ao mundo, como o caminho para levar as almas a Deus, e como uma prenda suprema de salvação.
    Fazei, oh! Coração da mais terna das mães!
    Que possamos compreender vossa mensagem de amor e de misericórdia, que a abracemos com filial adesão e que a pratiquemos sempre com fervor;  E assim seja vosso Coração nosso refúgio, nossa alegria e o caminho que nos conduza ao amor e a união com vosso Filho Jesus.

    * Oração final para todos os dias:
    Oh! Deus, cujo Unigênito, com sua vida, morte e ressurreição, nos mereceu o prêmio da salvação eterna! Suplicamos-vos nos concedais que, meditando os mistérios do santíssimo Rosário da bem-aventurada Virgem Maria, imitemos os exemplos que nos ensinam e alcancemos o premio que prometem.
    Pelo mesmo Jesus Cristo nosso Senhor. Amém.
    Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo!
    Doce Coração de Maria, sede a nossa salvação!
    Três Pai Nossos. Três Ave Marias. Glória

  • 40. NOVENA DA DIVINA MISERICÓRDIA – início na Sexta-feira Santa

    Divina Misericórdia
    “Em cada dia da novena, conduzirás ao Meu coração um grupo diferente de almas, e as mergulharás no oceano da minha Misericórdia. Eu conduzirei todas as almas à casa do meu Pai… Por minha parte, nada negarei a nenhuma daquelas almas que tu conduzirás à fonte da minha Misericórdia. Cada dia pedirás a meu Pai, pela minha amarga Paixão, graças para essas almas.”
    (Jesus à Sta Faustina)

    A Novena é rezada junto com o Terço da Divina Misericórdia.
    O TERÇO À DIVINA MISERICÓRDIA
    Credo. Pai Nosso. Ave Maria. Glória

    Nas contas de Pai Nosso:
    Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e o Sangue, a Alma e a Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e dos do mundo inteiro.

    Nas contas de Ave Maria:
    Jesus, pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro.

    Glória:
    Ó Sangue e água que jorraste do Coração de Jesus como fonte de misericórdia para nós, eu confio em Vós!

    No fim, reza três vezes:
    Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal,
    tende piedade de nós e do mundo inteiro”

    – Primeiro dia: Hoje trazei-me a humanidade inteira, especialmente todos os pecadores e mergulha-os no oceano da minha Misericórdia. Com isso Me consolarás da amarga tristeza em que Me afunda a perda das almas.
    Misericordiosíssimo Jesus, de quem é próprio ter compaixão de nós e nos perdoar, não olheis os nossos pecados, mas a confiança que depositamos em Vossa infinita bondade. Acolhei-nos na mansão do vosso compassivo Coração e nunca nos deixeis sair dele. Nós vo-lo pedimos pelo amor que Vos une ao Pai e ao Espírito Santo.
    Eterno Pai, olhai com misericórdia para toda humanidade, encerrada no Coração compassivo de Jesus, mas especialmente para os pobres pecadores. Pela Sua dolorosa Paixão, mostrai-nos a Vossa Misericórdia, para que glorifiquemos a onipotência da Vossa Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

    – Segundo dia: Hoje trazei-Me as almas dos sacerdotes, religiosos e consagrados e mergulha-as na minha insondável Misericórdia. Elas Me deram força para suportar a amarga Paixão. Por elas, como por canais, corre para a humanidade a minha Misericórdia.
    Misericordiosíssimo Jesus, de quem provém tudo que é bom, aumentai em nós a graça, para que pratiquemos dignas obras de misericórdia, a fim de que aqueles que olham para nós glorifiquem o Pai da Misericórdia que está no Céu.
    Eterno Pai, dirigi o olhar da vossa Misericórdia para a porção eleita da vossa vinha: para as almas dos sacerdotes, religiosos e consagrados. Concedei-lhes o poder da vossa bênção e, pelos sentimentos do Coração de vosso Filho, no qual estão encerradas, dai-lhes a força da vossa luz, para que possam guiar os outros nos caminhos da salvação e juntamente com eles cantar a glória da vossa insondável Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

    – Terceiro dia: Hoje trazei-Me todas as almas piedosas e fiéis e mergulha-as no oceano da minha Misericórdia. Estas almas consolaram-Me na Via-Sacra; foram aquela gota de consolações em meio ao mar de amarguras.
    Misericordiosíssimo Jesus, que concedeis prodigamente todas as graças do tesouro da vossa Misericórdia, acolhei-nos na mansão do vosso compassivo Coração e não nos deixeis sair dele; Vos suplicamos pelo amor inconcebível de que está inflamado o vosso Coração para com o Pai Celestial.
    Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas fiéis, como a herança do vosso Filho. Pela sua dolorosa Paixão concedei-lhes a vossa bênção e cercai-as da vossa incessante proteção, para que não percam o amor e o tesouro da santa fé, mas com toda a multidão dos Anjos e dos Santos glorifiquem a vossa imensa Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

    – Quarto dia: Hoje trazei-Me os pagãos e aqueles que ainda não Me conhecem e nos quais pensei na minha amarga Paixão. O seu futuro zelo consolou o meu Coração. Mergulha-os no mar da minha Misericórdia.
    Misericordiosíssimo Jesus, que sois a luz de todo o mundo, aceitai na mansão do vosso compassivo Coração as almas dos pagãos que ainda não Vos conhecem. Que os raios da vossa graça os iluminem para que também eles, juntamente conosco, glorifiquem as maravilhas da vossa Misericórdia e não os deixeis sair da mansão do vosso compassivo Coração. Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas dos pagãos e daqueles que ainda não Vos conhecem e que estão encerrados no Coração compassivo de Jesus. Atraí-as à luz do Evangelho. Essas almas não sabem que grande felicidade é Vos amar. Fazei com que também elas glorifiquem a riqueza da vossa Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

    – Quinto dia: Hoje trazei-Me as almas dos Cristãos separados da Unidade da Igreja e mergulha-as no mar da minha Misericórdia. Na minha amarga Paixão dilaceravam o meu Corpo e o meu Coração, isto é, a minha Igreja. Quando voltam à unidade da Igreja, cicatrizam-se as minhas Chagas e dessa maneira eles aliviam a minha Paixão.
    Misericordiosíssimo Jesus que sois a própria Bondade, Vós não negais a luz àqueles que Vos pedem, aceitai na mansão do vosso compassivo Coração as almas dos nossos irmãos separados, e atraí-os pela vossa luz à unidade da Igreja e não os deixeis sair da mansão do vosso compassivo Coração, mas fazei com que também eles glorifiquem a riqueza da vossa Misericórdia. Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas dos nossos irmãos separados que esbanjaram os vossos bens e abusaram das vossas graças, permanecendo teimosamente nos seus erros. Não olheis para os seus erros, mas para o amor do vosso Filho e para a sua amarga Paixão, que suportou por eles, pois também eles estão encerrados no Coração compassivo de Jesus. Fazei com que também eles glorifiquem a vossa Misericórdia por toda a eternidade. Amém.

     – Sexto dia: Hoje trazei-Me as almas mansas, assim como as almas das criancinhas, e mergulha-as na minha Misericórdia. Estas almas são as mais semelhantes ao meu Coração. Elas reconfortaram-Me na minha amarga Paixão da minha agonia. Eu as vi quais anjos terrestres que futuramente iriam velar junto aos meus altares. Sobre elas derramo torrentes de graças. Só a alma humilde é capaz de aceitar a minha graça; às almas humildes favoreço com a minha confiança.
    Misericordiosíssimo Jesus, que dissestes: “Aprendei de Mim que sou manso e humilde de coração”, aceitai na mansão do vosso compassivo Coração as almas mansas e humildes e as almas das criancinhas. Estas almas encantam o Céu todo e são a especial predileção do Pai Celestial, são como um ramalhete diante do trono de Deus, com cujo perfume o próprio Deus se deleita. Estas almas têm a mansão permanente no Coração compassivo de Jesus e cantam sem cessar um hino de amor e misericórdia pelos séculos. Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas mansas e humildes e para as almas das criancinhas, que estão encerradas na mansão compassiva do Coração de Jesus. Estas almas são as mais semelhantes ao Vosso Filho; o perfume destas almas eleva-se da Terra e alcança o vosso trono. Pai de Misericórdia e de toda bondade, suplico-Vos pelo amor e predileção que tendes para com estas almas, abençoai o mundo todo, para que todas as almas cantem juntamente glórias à vossa Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

    – Sétimo dia: Hoje trazei-Me as almas que veneram e glorificam de maneira especial a minha Misericórdia e mergulha-as na minha Misericórdia. Estas almas foram as que mais sofreram por causa da minha Paixão e penetraram mais profundamente no meu espírito. Elas são a imagem viva do meu Coração compassivo. Estas almas brilharão com especial fulgor na vida futura. Nenhuma delas irá ao fogo do Inferno; defenderei cada uma delas de maneira especial na hora da morte.
    Misericordiosíssimo Jesus cujo Coração é o próprio amor, aceitai na mansão do vosso compassivo Coração as almas que honram a glorificam de maneira especial a grandeza da vossa Misericórdia. Estas almas tornadas poderosas pela força do próprio Deus, avançam entre penas e adversidades, confiando na vossa Misericórdia. Elas estão unidas com Jesus e carregam sobre os seus ombros a humanidade toda. Elas não serão julgadas severamente, mas a vossa Misericórdia as envolverá no momento da morte.
    Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas que glorificam e honram o vosso maior atributo, isto é, a vossa imperscrutável Misericórdia; elas estão encerradas no Coração compassivo de Jesus. Estas almas são o Evangelho vivo e as suas mãos estão cheias de obras de misericórdia; suas almas repletas de alegria cantam um hino de misericórdia ao Altíssimo. Suplico-Vos, ó Deus, mostrai-lhes a vossa Misericórdia segundo a esperança e confiança que em Vós colocaram. Que se cumpra nelas a promessa de Jesus, que disse: “As almas que veneram a minha insondável Misericórdia, Eu mesmo as defenderei durante a vida, especialmente na hora da morte, como minha glória.” Amém.

    Oitavo dia: Hoje trazei-Me as almas que se encontram na prisão do Purgatório e mergulha-as no abismo da minha Misericórdia; que as torrentes do meu Sangue refresquem o seu ardor. Todas estas almas são muito amadas por Mim, pagam as dívidas à minha Justiça. Está em teu alcance trazer-lhes alívio. Tira do tesouro da minha Igreja todas as indulgências e oferece-as por elas. Oh, se conhecesses o seu tormento, incessantemente oferecerias por elas a esmolas do espírito e pagarias as suas dívidas à minha Justiça.
    Misericordiosíssimo Jesus, que dissestes que quereis misericórdia, eis que estou trazendo à mansão do vosso compassivo Coração as almas do Purgatório, almas que Vos são muito queridas e que no entanto devem dar reparação à vossa Justiça; que as torrentes de Sangue e Água que brotaram do vosso Coração apaguem as chamas do fogo do Purgatório, para que também ali seja glorificado o poder da vossa Misericórdia.
    Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas que sofrem no Purgatório e que estão encerradas no Coração compassivo de Jesus. Suplico-Vos que, pela dolorosa Paixão de Jesus, vosso Filho, e por toda a amargura de que estava inundada a sua Alma santíssima, mostreis vossa Misericórdia às almas que se encontram sob o olhar da vossa Justiça; não olheis para elas de outra forma senão através das Chagas de Jesus, vosso Filho muito amado, porque nós cremos que a vossa bondade e Misericórdia são incomensuráveis. Amém.

     – Nono dia: Hoje trazei-Me as almas tíbias e mergulha-as no abismo da minha Misericórdia. Estas almas ferem mais dolorosamente o meu Coração. Foi da alma tíbia que a minha Alma sentiu repugnância no Horto. Elas levaram-Me a dizer: Pai afasta de Mim este cálice, se assim for a vossa vontade. Para elas, a última tábua de salvação é recorrer a minha Misericórdia.
    Ó compassivo Jesus, que sois a própria Compaixão, trago à mansão do vosso compassivo Coração as almas tíbias; que se aqueçam no fogo do vosso amor puro estas almas geladas, que, semelhantes a cadáveres, Vos enchem de tanta repugnância. Ó Jesus, muito compassivo, usai a onipotência da vossa Misericórdia e atraí-as até ao fogo do vosso amor e concedei-lhes o amor santo, porque Vós tudo podeis.
    Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas tíbias e que estão encerradas no Coração compassivo de Jesus. Pai de Misericórdia, suplico-Vos pela amargura da Paixão do vosso Filho e por sua agonia de três horas na Cruz, permiti que também elas glorifiquem o abismo da vossa Misericórdia… Amém.

     

    “Desejo que a Festa da Misericórdia seja refúgio e abrigo para todas as almas, especialmente para os pecadores. (…). Derramo todo um mar de graças sobre as almas que se aproximam da fonte da Minha misericórdia. A alma que se confessar e comungar alcançará o perdão das culpas e das penas. Nesse dia, estão abertas todas as comportas divinas, pelas quais fluem as graças. Que nenhuma alma tenha medo de se aproximar de Mim, ainda que seus pecados sejam como o escarlate. A Minha misericórdia é tão grande que, por toda a eternidade, nenhuma mente, nem humana, nem angélica a aprofundará” (Diário, 699).

    “Ainda que a alma esteja em decomposição como um cadáver e ainda que humanamente já não haja possibilidade de restauração, e tudo já esteja perdido, Deus não vê as coisas dessa maneira. O milagre da misericórdia de Deus fará ressurgir aquela alma para uma vida plena” (Diário, 1448).

  • QUARESMA DE SÃO MIGUEL – 15 de Agosto a 28 de Setembro

    wall_saomiguel1024
    ORAÇÃO INICIAL
    “São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede o nosso refúgio contra as maldades e ciladas do demônio. Ordene-lhe Deus, instantemente o pedimos, e vós, príncipe da milícia celeste, pela virtude divina, precipitai no inferno a satanás e a todos os espíritos malignos, que andam pelo mundo para perder as almas. Amém”.

    LADAINHA DE SÃO MIGUEL
    Senhor, tende piedade de nós.
    Jesus Cristo, tende piedade de nós.
    Senhor, tende piedade de nós.
    Jesus Cristo, ouvi-nos.
    Jesus Cristo, atendei-nos.
    Pai Celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.
    Filho, Redentor do Mundo, que sois Deus,
    Espírito Santo, que sois Deus,
    Trindade Santa, que sois um único Deus,
    Santa Maria, Rainha dos Anjos, rogai por nós.

    São Miguel, cheio da graça de Deus,
    São Miguel, perfeito adorador do Verbo Divino,
    São Miguel, coroado de honra e de glória,
    São Miguel, poderosíssimo Príncipe dos exércitos do Senhor,
    São Miguel, porta-estandarte da Santíssima Trindade,
    São Miguel, guardião do Paraíso,
    São Miguel, guia e consolador do povo israelita,
    São Miguel, esplendor e fortaleza da Igreja militante,
    São Miguel, honra e alegria da Igreja triunfante,
    São Miguel, Luz dos Anjos,
    São Miguel, baluarte dos Cristãos,
    São Miguel, força daqueles que combatem pelo estandarte da Cruz,
    São Miguel, luz e confiança das almas no último momento da vida,
    São Miguel, socorro muito certo,
    São Miguel, nosso auxílio em todas as adversidades,
    São Miguel, arauto da sentença eterna,
    São Miguel, consolador das almas que estão no Purgatório,
    São Miguel, a quem o Senhor incumbiu de receber as almas que estão no Purgatório,
    São Miguel, nosso Príncipe,
    São Miguel, nosso Advogado,

    Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos Senhor.
    Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, atendei-nos, Senhor.
    Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

    Rogai por nós, ó glorioso São Miguel, Príncipe da Igreja de Cristo,
    para que sejamos dignos de Suas promessas. Amém.

    Oremos
    Senhor Jesus, santificai-nos, por uma bênção sempre nova, e concedei-nos, pela intercessão de São Miguel, esta sabedoria que nos ensina a ajuntar riquezas do Céu e a trocar os bens do tempo pelos da eternidade. Vós que viveis e reinais em todos os séculos dos séculos. Amém.

    Consagração a São Miguel
    Oh! Príncipe nobilíssimo dos Anjos, valoroso guerreiro do Altíssimo, zeloso defensor da glória do Senhor, terror dos espíritos rebeldes, amor e delícia de todos os Anjos justos, meu diletíssimo Arcanjo São Miguel, desejando eu fazer parte do número dos vossos devotos e servos, a vós hoje me consagro, me dou e me ofereço e ponho-me a mim próprio, a minha família, a nossa Comunidade e tudo o que me pertence, debaixo da vossa poderosíssima proteção.
    É pequena a oferta do meu serviço, sendo como sou um miserável pecador, mas vós engrandecereis o afeto do meu coração.
    Recordai-vos que de hoje em diante estou debaixo do vosso sustento e deveis assistir-me em toda a minha vida e obter-me o perdão dos meus muitos e graves pecados, a graça de amar a Deus de todo coração, ao meu querido Salvador Jesus Cristo e a minha Mãe Maria Santíssima, obtende-me aqueles auxílios que me são necessários para receber a coroa da eterna glória.
    Defendei-me dos inimigos da alma, especialmente na hora da morte.
    Vinde, oh príncipe gloriosíssimo, assistir-me na última luta e com a vossa arma poderosa lançai para longe, precipitando nos abismos do inferno, aquele anjo quebrador de promessas e soberbo que um dia prostrastes no combate no céu.
    São Miguel Arcanjo defendei-nos no combate para que não pereçamos no supremo juízo.
    Rogai por nós, São Miguel Arcanjo, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

    *Usando o pequeno Rosário de São Miguel Arcanjo de 9 contas,  na conta pequena junto à medalha, reza-se:
    – Deus vinde em nosso auxílio.
     Senhor, socorrei-nos e salvai-nos.
    Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
    Assim como era no princípio, agora e sempre. Amém.
    * Depois, deixando para o final as quatro contas que se seguem, toma-se a primeira conta grande do Rosário e reza-se a primeira saudação, Glória ao Pai e um Pai nosso, e nas três contas pequenas, três Ave-Marias, como segue:

    Primeira saudação: Saudamos o primeiro coro dos Anjos, pedindo pela intercessão de São Miguel Arcanjo e do coro celeste dos Serafins, para que o Senhor nos torne dignos de sermos abrasados de uma perfeita caridade. Amém. Pai Nosso. 3 Ave Marias. Glória.

    Segunda saudação: Saudamos o segundo coro dos Anjos, pedindo pela intercessão de São Miguel Arcanjo e do coro celeste dos Querubins para que o Senhor nos conceda a graça de fugirmos do pecado e procurarmos a perfeição cristã. Amém. Pai Nosso. 3 Ave Marias. Glória.

    Terceira saudação: Saudamos o terceiro coro dos Anjos, pedindo pela intercessão de São Miguel Arcanjo e do coro celeste dos Tronos, para que Deus derrame em nosso coração o espírito de verdadeira e sincera humildade. Amém. Pai Nosso. 3 Ave Marias. Glória.

    Quarta saudação: Saudamos o quarto coro dos Anjos, pedindo pela intercessão de São Miguel Arcanjo e do coro celestes das Dominações, para que o Senhor nos conceda a graça de dominar nossos sentidos e de nos corrigir das nossas más paixões. Amém. Pai Nosso. 3 Ave Marias. Glória.

    Quinta saudação: Saudamos o quinto coro dos Anjos pedindo pela intercessão de São Miguel Arcanjo e do coro celeste das Potestades, para que o Senhor se digne proteger nossa alma contra as ciladas e as tentações do demônio. Amém. Pai Nosso. 3 Ave Marias. Glória.

    Sexta saudação: Saudamos o sexto coro dos Anjos pedindo pela intercessão de São Miguel e do coro admirável das Virtudes, para que o Senhor não nos deixe cair em tentação, mas nos livre de todo mal. Amém. Pai Nosso. 3 Ave Marias. Glória.

    Sétima saudação: Saudamos o sétimo coro dos Anjos, pedindo pela intercessão de São Miguel Arcanjo e do coro dos Principados, para que o Senhor encha nossa alma do espírito de uma verdadeira e sincera obediência. Amém. Pai Nosso. 3 Ave Marias. Glória.

    Oitava saudação: Saudamos o oitavo coro dos Anjos, pedindo pela intercessão de São Miguel Arcanjo e do coro celeste dos Arcanjos, para que o Senhor nos conceda o dom da perseverança na fé e nas boas obras, a fim de que possamos chegar a possuir a glória eterna do paraíso. Amém. Pai Nosso. 3 Ave Marias. Glória.

    Nona saudação: Saudamos o nono coro dos Anjos pedindo pela intercessão de São Miguel Arcanjo e do coro celeste de todos os Anjos, para que sejamos guardados por eles nesta vida mortal, para sermos conduzidos por eles à glória eterna do céu. Amém.

    Reza-se no fim:
    Um Pai Nosso em honra de São Miguel. 
    Um Pai Nosso em honra de São Gabriel.
    Um Pai Nosso em honra de São Rafael.
    Um Pai Nosso em honra ao nosso Anjo da Guarda.

    Arcanjos

    Antífona: Gloriosíssimo São Miguel, chefe e príncipe dos exércitos celestes, fiel guardião das almas, vencedor dos espíritos rebeldes, amado da casa de Deus, nosso admirável guia depois de Cristo, vós cuja excelência e virtude são eminentíssimas, dignai-Vos livrar-nos de todos os males, nós todos que recorremos a vós com confiança, e fazei, pela vossa incomparável proteção, que adiantemos cada dia mais na fidelidade e perseverança em servir a Deus.
    – Rogai por nós, ó bem-aventurado São Miguel, príncipe da Igreja de Cristo.
      Para que sejamos dignos de Suas promessas.

     Oremos:
    Deus todo poderoso e eterno, que, por um prodígio de bondade e misericórdia para a salvação dos homens escolhestes para príncipe de Vossa Igreja o gloriosíssimo São Miguel Arcanjo, tornai-nos dignos, nós vo-lo pedimos, de sermos preservados de todos os nossos inimigos, a fim de que na hora de nossa morte nenhum deles nos possa inquietar, mas que nos seja dado sermos introduzidos por ele na presença da Vossa poderosa e augusta Majestade, pelos merecimentos de Jesus Cristo, Nosso Senhor. Amém. 

  • 42. NOVENA A NOSSA SENHORA DAS DORES – 6 a 14 de Dezembro

    sorrows_lightbox
    Ó Mãe das  Dores, Rainha dos mártires, que tanto chorastes vosso Filho morto para me salvar, alcançai-me uma verdadeira contrição dos meus pecados e uma sincera mudança de vida, com uma incessante e terna compaixão pelos sofrimentos de Jesus e pelos vossos.
    Enfim, ó minha Mãe, pela dor que experimentastes quando o vosso divino Filho, no meio de tantos tormentos, inclinando a cabeça, expirou à vossa vista sobre a cruz, eu vos suplico que me alcanceis uma boa morte. Por piedade, ó Advogada dos pecadores, não deixeis de amparar a minha alma na aflição e no combate da terrível passagem desta vida para a eternidade. E como é possível que neste momento a palavra e a voz me faltem para pronunciar o vosso nome e o de Jesus, nomes que são toda a minha esperança, rogo-vos desde já o vosso Divino Filho e a Vós, que me socorrais nesta hora extrema, e assim direi: JESUS e MARIA, entrego-vos a minha alma.

    Pai Nosso. Ave Maria. Glória
    Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Amém. 

  • 43. NOVENA A NOSSA SENHORA APARECIDA – 3 a 11 de Outubro

    12out2012---fiel-segura-uma-imagem-de-nossa-senhora-aparecida-durante-missa-em-homenagem-a-padroeira-do-brasil-realizada-na-praca-da-se-na-regiao-central-da-capital-paulista-1350055156823_956x500
    Ó incomparável mãe Nossa Senhora da Conceição Aparecida, Mãe de Deus, Rainha dos Anjos, Advogada dos pecadores, Refúgio e consolação dos aflitos e atribulados, Nossa Senhora Aparecida, cheia de poder e de bondade, lançai sobre nós um olhar favorável, para que sejamos socorridos por Vós, em todas as necessidades em que nos acharmos.
    E de modo particular hoje, nesta novena, faço meu pedido … (diga agora sua intenção). Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, livrai-nos de tudo o que possa ofender-Vos e ao Vosso Santíssimo Filho Jesus.
    Nossa Senhora Aparecida, preservai-nos de todos os perigos da alma e do corpo, dirigi-nos em todos os assuntos espirituais e temporais, livrai-nos da tentação do demônio, para que, trilhando o caminho da virtude, possamos um dia ver-Vos e amar-Vos na eterna glória.
    Nossa Senhora Aparecida rogai por nós.
    Nossa Senhora Aparecida intercedei por nós.
    Nossa Senhora Aparecida fazei-nos dignos das promessas do Teu Filho. Amém
    Pai Nosso. Três Ave Marias. Glória 

  • 44. NOVENA A NOSSA SENHORA DA SAÚDE – 3 a 11 de Outubro

    salus_infirmorum
    Nossa Senhora da Saúde pedimos neste momento saúde aos enfermos. Sê o refúgio dos entes e a consoladora dos aflitos. Ó mãe, Nossa Senhora da Saúde, clamamos a Tua intercessão pelos doentes. Junto a Teu Filho Jesus intercede por aqueles que se encontram acamados, enfermos e desanimados em suas enfermidades físicas.
    (Diga qual é a enfermidade física e o(s) nome do(s) enfermo(s))
    Nossa senhora, mãe intercessora da saúde, intercede junto a Teu Filho também por aqueles que passam por enfermidades emocionais e espirituais. Jesus que passaste pelo mundo fazendo o bem, liberta aqueles que sofrem com a enfermidade emocional, a angústia, o medo, o desespero, a depressão, a ansiedade e tantos transtornos psíquicos.
    Jesus liberta-os destas enfermidade e cura as feridas que causam este mal. Jesus por intercessão de Nossa Senhora da Saúde, faze com que os doentes acamados e debilitados, não desanimem. Que tenham sempre a confiança em Vós Senhor Jesus. Dá sabedoria aos médicos e a todos aos que servem aos enfermos: enfermeiros, cuidadores. Olha de modo especial pela pessoa enferma no corpo, mas também pela pessoa enferma na sua vida interior. Que tenha confiança e paciência, fé e coragem para vencer os momentos de desesperança e angústia. Amém.
    Pai Nosso. Três Ave Marias. Glória 

  • 45. NOVENA AS NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS – 18 a 26 de Novembro

    50_2
    Ó Imaculada Virgem Mãe de Deus e nossa Mãe!
    Ao contemplar-Vos de braços abertos, derramando graças sobre os que vo-las pedem, cheios de confiança em Vossa poderosa intercessão, inúmeras vezes manifestada pela Medalha Milagrosa, e embora reconhecendo a minha indignidade por causa de inúmeras culpas, chego a vossos pés para vos expor, durante esta Novena, minhas necessidades. (Pedir a graça desejada)… Concedei pois, ó Virgem da Medalha Milagrosa, este favor que confiante Vos solicito, para maior glória de Deus, engrandecimento do vosso nome, e o bem de minha alma. E para melhor servir ao Vosso Divino Filho, inspirai-me profundo ódio ao pecado e dai-me coragem de me afirmar sempre como verdadeiro (a) cristão(ã).

    1º DIA (1º APARIÇÃO): Contemplemos a Virgem Imaculada, em sua primeira aparição a Santa Catarina de Labouré – A piedosa noviça, guiada por seu Anjo da Guarda, é apresentada à Imaculada Senhora. Consideremos sua inefável alegria. Seremos também felizes como Santa Catarina, se trabalharmos com ardor na nossa santificação. Gozaremos as delicias do Paraíso, se nos privarmos dos gozos terrenos.

    2º DIA – LAGRIMAS DE MARIA: Contemplemos Maria, chorando sobre as calamidades que viriam sobre o mundo, pensando que o Coração de seu Filho seria ultrajado, a Cruz escarnecida e seus filhos prediletos perseguidos. Confiemos na Virgem compassiva e também participaremos do fruto de suas lágrimas.

    3º DIA – PROTEÇÃO DE MARIA: Contemplemos nossa Imaculada Mãe, dizendo em suas aparições a Santa Catarina: ”Eu mesma estarei convosco: não vos perco de vista e vos concederei abundantes graças”. Sede para mim, Virgem Imaculada, o escudo e a defesa em todas as necessidades.

    4º DIA (2º APARIÇÃO): Estando Santa Catarina Labouré em oração, a 27 de novembro de 1830, apareceu-lhe a Virgem Maria, formosíssima, esmagando a cabeça da serpente infernal; nessa aparição se vê seu desejo imenso de nos proteger sempre contra o Inimigo de nossa salvação. Invoquemos a Imaculada Mãe com confiança.

    5º DIA – AS MÃOS DE MARIA: Contemplemos, hoje, Maria desprendendo de suas mãos raios luminosos. ”Estes raios, disse Ela, são a figura das graças que derramo sobre todos aqueles que as pedem e aos que trazem com fé minha Medalha”. Não desperdicemos tantas graças!  Peçamos com fervor, humildade e perseverança, e Maria Imaculada no-las alcançará.

    6º DIA (3º APARIÇÃO): Contemplemos Maria, aparecendo a Santa Catarina, radiante de luz, cheia de bondade, rodeada de estrelas, e mandando cunhar uma medalha prometendo a todos que a trouxerem com devoção e amor, muitas graças. Guardemos fervorosamente a santa Medalha e, como escudo, ela nos protegerá nos perigos.

    7º DIA DA NOVENA (1º dia do Tríduo): Ó Virgem Milagrosa, Rainha Excelsa, Imaculada Senhora, sede minha advogada, meu refúgio e asilo nesta terra, minha fortaleza e defesa na vida e na morte, meu consolo e minha glória no céu.

     8º DIA DA NOVENA (2º do Tríduo): Ó Virgem Imaculada da Medalha Milagrosa fazei que esses raios luminosos que irradiam de vossas mãos virginais, iluminem minha inteligência para melhor conhecer o bem, e abrasem meu coração com vivos sentimentos de fé, esperança e caridade.

    9º DIA DA NOVENA (3º do Tríduo): Ó Mãe Imaculada, fazei que a cruz de vossa Medalha brilhe sempre diante de meus olhos, suavize as penas da vida presente e me conduza à vida eterna.

     

    ORAÇÃO FINAL para todos os dias:

    Pai Nosso. Três Ave-Marias,
    acrescentando em cada uma:
    Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós.
    Glória

    OREMOS: Santíssima Virgem, eu creio e confesso vossa santa e Imaculada Conceição, pura e sem mancha. Ó puríssima Virgem Maria, por vossa Conceição Imaculada e gloriosa prerrogativa de Mãe de Deus, alcançai-me de vosso amado Filho a humildade, a caridade, a obediência, a castidade, a santa pureza de coração, de corpo e espírito, a perseverança na prática do bem, uma santa vida e uma boa morte, e a graça… que peço com toda confiança. Amém.
    Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Amém.

    MATER ADMIRABLES

    Quem vê, Senhora, claro e manifesto
    O lindo ser de vossos olhos belos,
    Se não perder a vista só em vê-los,
    Já não paga o que deve a vosso gesto.

    Este me parecia preço honesto;
    Mas eu, por de vantagem merecê-los,
    Dei mais a vida e alma por querê-los,
    Donde já não me fica mais de resto.

    Assim que a vida e alma e esperança,
    E tudo quanto tenho, tudo é vosso,
    E o proveito disso eu só o levo.

    Porque é tamanha bem-aventurança
    O dar-vos quanto tenho e quanto posso,
    Que, quanto mais vos pago, mais vos devo.

                                                   Luís de Camões 

  • 46. NOVENA DA IMACULADA CONCEIÇÃO – 28 de Novembro a 7 de Dezembro

    imaculada_conceicao
    Oração para todos os dias:
    Deus vos salve Maria, cheia de graça e bendita mais que todas as mulheres, Virgem singular, Virgem soberana e perfeita, eleita por Mãe de Deus e preservada por Ele de toda culpa desde o primeiro instante de sua Concepção: Assim como por Eva nos veio a morte, assim nos vem a vida por vós, que pela graça de Deus tendes sido eleita para ser Mãe do novo povo que Jesus Cristo tem formado com seu Sangue. A vós, puríssima Mãe, restauradora da caída linhagem de Adão e Eva, viemos confiantes e suplicantes nesta Novena, para rogar que nos concedais a graça de sermos verdadeiros filhos vossos e de vosso Filho Jesus Cristo, livres de toda mancha de pecado.
    Confiantes, Virgem Santíssima, que haveis sido feita Mãe de Deus, não somente para vossa dignidade e glória, senão também para salvação nossa e proveito de todo o gênero humano. Confiantes que jamais se tenha ouvido dizer que um somente de quantos tem acudido a vossa proteção e implorado vosso socorro, tem já sido desamparado. Não me deixeis, pois, a mim tampouco, porque se me deixais me perderei; e também quero,  cada dia, crescer mais em vossa verdadeira devoção.

    Alcançai-me principalmente estas três graças:
    A primeira, não cometer jamais pecado mortal;
    A segunda, um grande apreço da virtude cristã,
    A terceira, uma boa morte.
    Além disso, dai-me a graça particular que vos peço nesta Novena (Fazer o pedido)

    Primeiro Dia: Oh! Santíssimo Filho de Maria Imaculada e benigníssimo Redentor nosso: Assim como preservaste a Maria do pecado original em sua Imaculada Concepção, e a nós nos fizestes o grande beneficio de nos livrar dele, vos rogamos humildemente nos concedais a graça de nos portarmos sempre como bons cristãos, regenerados em Vós, nosso Salvador e Senhor.

    Segundo Dia: Oh! Santíssimo Filho de Maria Imaculada e benigníssimo Redentor nosso: Assim como preservaste a Maria de todo pecado mortal em toda sua vida e a nós nos dais graça para evitá-lo e o Sacramento da Reconciliação para perdoá-lo, assim vos rogamos humildemente, por intercessão de vossa Mãe Imaculada, nos concedais a graça de não cometermos nunca pecado mortal, e se acontecer tão terrível desgraça, a de sairmos dele o quanto antes por meio de uma boa confissão.

     Terceiro Dia: Oh! Santíssimo Filho de Maria Imaculada e benigníssimo Redentor nosso: Assim como preservastes a Maria de todo pecado venial em toda sua vida, e a nós nos pedis que purifiquemos mais e mais nossas almas para sermos dignos de Vós, assim vos rogamos humildemente, por intercessão de vossa Mãe Imaculada, nos concedais a graça de evitar os pecados veniais e a de procurar e obter cada dia mais pureza e delicadeza de consciência.

    Quarto Dia: Oh! Santíssimo Filho de Maria Imaculada e benigníssimo Redentor nosso: Assim como livrastes a Maria da inclinação ao pecado e lhe destes domínio perfeito sobre todas suas paixões, assim vos rogamos humildemente, por intercessão de Maria Imaculada, nos concedais a graça de irmos domando nossas paixões e destruindo nossas más inclinações, para que vos possamos servir, com verdadeira liberdade de espírito, sem imperfeição nenhuma.

    Quinto Dia: Oh! Santíssimo Filho de Maria Imaculada e benigníssimo Redentor nosso: Assim como, desde o primeiro instante de sua Concepção, destes a Maria mais graça que a todos os Santos e Anjos do Céu, assim vos rogamos humildemente, por intercessão de vossa Mãe Imaculada, nos inspireis um apreço singular da divina graça que Vós nos adquiristes com Vosso Sangue, e nos concedais aumentar mais e mais nossas boas obras e com a recepção de Vossos Santos Sacramentos, especialmente o da Eucaristia.

    Sexto Dia: Oh! Santíssimo Filho de Maria Imaculada e benigníssimo Redentor nosso: Assim como, desde o primeiro momento, destes a Maria, com toda plenitude, as virtudes sobrenaturais e os dons do Espírito Santo, assim vos suplicamos humildemente, por intercessão de vossa Mãe Imaculada, nos concedais a nós a abundancia destes mesmos dons e virtudes, para que possamos vencer todas as tentações e tenhamos muitos atos de virtude dignos de nossa profissão de cristãos.

    Sétimo Dia: Oh! Santíssimo Filho de Maria Imaculada e benigníssimo Redentor nosso: Assim como destes a Maria, entre as demais virtudes, uma pureza e castidade exímias, pela qual é chamada Virgem das virgens, assim vos suplicamos, por intercessão de vossa Mãe Imaculada, nos concedais a dificilíssima virtude da castidade, que tantos tem conservado mediante a devoção da Virgem e por Vossa proteção.

    Oitavo Dia: Oh! Santíssimo Filho de Maria Imaculada e benigníssimo Redentor nosso: Assim como destes a Maria a graça de uma ardentíssima caridade e amor de Deus sobre todas as coisas, assim vos rogamos humildemente, por intercessão de vossa Mãe Imaculada, nos concedais um amor sincero a Vós. Oh! Deus e Senhor nosso! Nosso verdadeiro bem, nosso benfeitor, nosso Pai de Amor, antes queiramos perder todas as coisas que ofender-Vos com um pecado somente.

    Nono Dia: Oh! Santíssimo Filho de Maria Imaculada e benigníssimo Redentor nosso: Assim como tendes concedido a Maria a graça de ir ao Céu e de ser nele colocada em primeiro lugar depois de Vós, vos suplicamos humildemente, por intercessão de Maria Imaculada, nos concedais uma boa morte, que recebamos bem os últimos Sacramentos, que expiremos sem mancha nenhuma de pecado na consciência e possamos ir ao Céu, para sempre aproveitarmos, em Vossa companhia e a de nossa Mãe, e com todos os que se tem salvado por ela.

    Oração: Bendita seja vossa pureza e eternamente o seja, pois todo um Deus se alegra em tão graciosa beleza. A vós, celestial Princesa, Sagrada Virgem Maria, vos oferecemos neste dia nossa alma, vida e coração. Olhai-nos com compaixão, não nos deixeis, Mãe nossa.

    OREMOS: Oh! Deus meu, que pela Imaculada Conceição da Virgem, preparastes digna habitação a Vosso Filho, Vos rogamos que, assim como pela previsão da Sua a livrastes de  toda mancha, assim a nós nos concedais por sua intercessão chegarmos a Vós limpos de pecado. Pelo mesmo Senhor nosso Jesus Cristo. Amém.

    Pai Nosso. Três Ave Marias. Glória

    Vossa Imaculada Conceição, ó Virgem Mãe de Deus, anunciou alegria ao universo inteiro.

    imacula_281112_gg

  • 47. DEVOÇÃO ÀS MIL AVE-MARIAS – Recitação do Rosário Perpétuo

    secret-rosary39
    Ave-Marias em forma de “super-rosário” foram tiradas das revelações de  Montechiari, com o título de Nossa Senhora Rosa Mística, contidas no livro do Pe. Gobbi: Aos sacerdotes, filhos prediletos de Nossa Senhora (Movimento Sacerdotal Mariano).
    Nossa Senhora chorou em Montechiari, pedindo oração, sacrifício e penitência para salvar o mundo, era dia dia 24 de Outubro de 1984.  Ajudemos Nossa Senhora nesta batalha contra o Mal, combatendo com a oração das Mil Ave-Marias, rezando em cada Mistério, cinqüenta Ave Marias.

    Mistérios Gozosos
    1º Mistério : Anunciação do anjo Gabriel a Nossa Senhora (Lc 1, 26 – 38)
    2º Mistério: Visita da Virgem Maria à sua prima Isabel (Lc 1, 39 – 56)
    3º Mistério: Nascimento de Jesus em Belém (Lc 2, 1 – 21)
    4º Mistério: Apresentação de Jesus no templo (Lc 2, 22 – 40)
    5º Mistério: Encontro de Jesus no Templo entre os doutores da lei(Lc 2, 41-52)

    Mistério da Luz ou Luminosos
    1º Mistério: Batismo de Jesus no Rio Jordão (Mt 3, 13 – 17)
    2º Mistério: Primeiro Milagre de Jesus nas Bodas de Cana (João 2, 1 -2)
    3º Anuncio do Reino de Deus (Mc 1, 14 – 15)
    4º Mistério: Transfiguração de Jesus no Monte Tabor (Lc 9, 28 -36)
    5º Mistério: Instituição da Eucaristia (Mt 26, 26 -28)

    Mistérios Dolorosos
    1º Mistério: Agonia de Jesus no Horto das Oliveiras (Mt 26, 33 – 46)
    2º Mistério: Flagelação de Jesus atado a coluna (Mt 27, 11-26)
    3º Mistério: Coroação de espinhos de Jesus (Mt 27, 27-31)
    4º Mistério: Jesus Carrega a pesada cruz (Jo 19, 17-24)
    5º Mistério: Crucificação de Jesus (Jo 19, 25 – 37)

    Mistérios Gloriosos

    1º Mistério: Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo (Jo 20, 1 – 18)
    2º Mistério: Ascensão gloriosa de Jesus ao céu (Lc 24, 50 – 53)
    3º Mistério: Descida do Espírito Santo sobre os apóstolos (At 2, 1 – 13)
    4º Mistério: Assunção Gloriosa de Nossa Senhora ao céu (Sl. 44, 11-18)
    5º Mistério: Coroação de Nossa Senhora no céu (Ap 12, 1-4)

    our_lady_of_the_rosary_of_pompeii2
    São Domingos de Gusmão, homem de oração, penitência e amor à Palavra de Deus e ao Santo Rosário
    Oração “Ó Deus, que os méritos e ensinamentos de São Domingos venham em socorro da vossa Igreja, para que o grande pregador da vossa verdade seja agora nosso fiel intercessor. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.” Amém.

  •  

  • 48. ENTRONIZAÇÃO DOMESTICA DO QUADRO DO CORAÇÃO SAGRADO DE JESUS E MARIA

    logo001
    EXPLICAÇÃO
    A nós, da Comunidade Dois Corações, cuja espiritualidade está centrada na devoção ao Coração Unido de Jesus e Maria, foi confiada a graça de participar da missão de restituir o amor e o culto a Ele. Por meio da Campanha de Entronização do Quadro nas Casas, buscamos estabelecer nas famílias cristãs católicas o Seu Reinado, e um meio de estarmos verdadeiramente comprometidos com a construção de uma nova sociedade, através do resgate da Família, como célula social que é.
    Pela Entronização, a Família e seus membros acolhem como centro de suas vidas a Pessoa de Nosso Senhor, os Seus interesses, e assumem, pela devoção ao seu Imaculado Coração, a  Maria, Senhora do Calvário, como Mãe e modelo. Por essa Consagração, permitem que  o Sagrado Coração Unido de Jesus e Maria  tomem,  a partir de então – sob seus cuidados e proteção -, os projetos e interesses desta família que a Ele se consagra.

    -De que modo a Entronização?
    A Entronização começa com uma cerimônia simples, porém bela e tocante. Em casa, na presença do sacerdote ou de um membro da Comunidade Dois Corações – que preside à cerimônia -, a família reconhece pública e solenemente que Cristo é o Rei e o Amável Senhor do seu Lar, acolhendo  Maria Santíssima, sua Mãe e Mestra, como sua maior intercessora. Para tanto, o chefe de família instala solenemente o quadro do Sagrado Coração Unido de Jesus e Maria em lugar de honra na principal divisão da casa, como num trono – daí o nome “Entronização”. Após este solene reconhecimento dos direitos soberanos do amor do Coração de Jesus unido ao amor da Virgem Maria sobre toda a família, todos os seus membros se consagram a Ele. Comprometem-se, portanto, a viver como se o Sagrado Coração de Jesus e Maria ali habitasse com eles, efetivamente, do mesmo modo que em Nazaré – tratando-OS com amor e respeito.
    Sempre que possível, na manhã desse dia, os membros da família que assim o puderem, não deixem de oferecer o Santo Sacrifício da Missa pelo Reinado do Sagrado Coração Unido de Jesus e Maria no seu Lar, e como ato de amor e Reparação ao Coração Sacratíssimo do nosso Salvador e ao Imaculado Coração de Maria.
    Por baixo do lugar de honra escolhido onde se colocará o quadro, prepara-se o “trono” ou o “altar” reservado ao Coração Unido: uma mesa (ou uma simples prateleira) coberta com um paninho branco, bordado, e enfeitado com a beleza de flores e velas. Antes da cerimônia da Entronização, coloque-se perto do “trono” uma mesinha com água benta e o quadro a ser entronizado.
    Convidem parentes e amigos para a cerimônia – começará assim a ser um “apóstolo do Sagrado Coração Unido”. Sendo possível, faça uma festa de família depois da cerimônia, tendo um mimo especial para as crianças que, evidentemente, devem estar presentes à Entronização, mesmo as mais pequeninas. Façam deste dia um dos acontecimentos mais importantes da vida familiar – algo que mereça ser relembrado. Quanto maior importância se der à solenidade, melhor.

    – É só isto a Entronização?
    Não, não é. A cerimônia é apenas o começo de uma nova vida: uma vida de Amor, de Obediência amorosa a todos os mandamentos de Cristo e da Igreja; uma vida de Oração, em especial de Oração em Família diante do Coração Entronizado, das orações da noite e do Terço em Família; uma vida eucarística, de Missa e Comunhão diárias ou, pelo menos, freqüentes, unindo assim o santuário da Igreja ao santuário do Lar; finalmente, uma vida de penitência cristã, exercida especialmente pela recusa em deixar entrar idéias e costumes pagãos que, lentamente, vão destruindo o lar cristão, e pela reparação que é feita face aos terríveis crimes do divórcio, do controle da natalidade fora das orientações da Igreja, e da sensualidade desregrada.

    Nota: Não há maneira mais apropriada de um jovem casal começar a sua nova vida em comum do que com a Entronização do Sagrado Coração Unido de Jesus e Maria no seu novo lar.

    Preparar a Entronização
    Para a cerimônia da Entronização deve-se escolher um dia de especial significado para a família – o aniversário de casamento, por exemplo –, uma festa litúrgica apropriada, ou um dia em que o sacerdote possa estar presente, quando possível.
    Quanto melhor e mais seriamente for preparada a Entronização, maiores serão as bênçãos que dela advirão sobre a Família.
    A preparação pode prolongar-se por três dias (um Tríduo) ou por nove dias (uma Novena), e poderá consistir na recitação da Ladainha do Sagrado Coração Unido de Jesus e Maria e na Oração de Consagração.

  • 49. ORAÇÃO DE ENTRONIZAÇÃO DO QUADRO

    IMG-20150923-WA0007
    Imaculado Coração de Maria! A Consagração que agora fazemos é um sinal da vossa misericórdia para com a Comunidade Dois Corações e para com nossa Família, que foi escolhida por Vós para dar aos homens o testemunho da nossa devoção e do nosso amor, e para ser um santuário de reparação contra os males do mundo.
    É com muita alegria que aceitamos a honra de vos ter em nosso Lar. Nós vos agradecemos felizes porque quereis tomar parte em nossas alegrias e tristezas, em nossas fadigas e dificuldades. Não somos dignos de que entreis em nossa humilde morada. Vossa Palavra, porém, revelou a bondade do Vosso Coração:
    – “Vinde a mim vós todos que estais cansados e sobrecarregados e eu vos aliviarei” (Mt 11,28).
    – “Quem beber da água que eu darei jamais terá sede” (Jo 4,14).
    Nossas almas têm sede de vós e acham em vós a fonte da vida eterna. Por isso, contritos e confiantes vamos nos entregar a Vós com a esperança de receber de vossas abundantes graças a cada dia.
    Ficai conosco, pois queremos amar-Vos muito e fazer com que todos os homens Vos amem. Vosso Sagrado Coração Unido é uma fornalha ardente que há de abrasar o mundo para regenerá-lo. Que o nosso Lar, seja para Vós uma nova Nazaré, onde vos amamos com profundo amor, ó Jesus e Maria!
    Não permitais que sejamos envolvidos pelos erros e enganos do mundo. Ó Jesus, fazei-nos compreender também as palavras que dissestes a Zaqueu: “É preciso que, desde hoje, me deis hospedagem em vossa casa” (Lc 19,5).
    Estabelecei aqui a Vossa ‘casa de repouso’. Queremos viver no Vosso amor e na Vossa companhia. Nós Vos proclamamos o nosso Rei e Senhor e à Senhora nossa Mãe e Rainha. Vivam sempre amados, benditos e glorificados neste Lar que agora e sempre Vos pertence, ó Sagrado Coração de Jesus e de Maria. Amém! 

  • 50. PAPA FRANCISCO FAZ UM PEDIDO

    b2b4e5948f4460d6e3151577b47a203810731f50
    Não chores pelo que perdeste, luta pelo que tens.
    Não chores pelo que está morto, luta por aquilo que nasceu em ti.
    Não chores por quem te abandonou, luta por quem está contigo.
    Não chores por quem te odeia, luta por quem te quer.
    Não chores pelo teu passado, luta pelo teu presente.
    Não chores pelo teu sofrimento, luta pela tua felicidade.
    Com as coisas que vão nos acontecendo, vamos aprendendo que nada é impossível de solucionar, apenas siga adiante.
    PAPA FRANCISCO

    A verdadeira missão da Igreja não consiste em inventar uma máquina eficaz de ajuda, segundo o modelo de uma ONG. O perfil do apóstolo — que anuncia o Evangelho em simplicidade e pobreza, com o único poder autêntico que vem de Deus — reconhece-se na clara expressão de Jesus aos discípulos que voltam da missão felizes: «Somos servos inúteis!». Assim o Papa confirmou que a verdadeira «missão da Igreja consiste em curar as feridas do coração, abrir as portas, libertar, anunciar que Deus é bom, perdoa tudo, é pai, é terno e está sempre à nossa espera».

    No trecho evangélico proposto pela liturgia (Mc 6, 7-13), «Ouvimos Jesus chamar os seus discípulos», convidando-os a «anunciar o Evangelho: é Ele quem chama». O Evangelho diz «que os chamou e enviou, dando-lhes poderes: para expulsar os espíritos impuros, para libertar e para curar. Este é o poder que Jesus dá. Com efeito, Ele «não dá o poder de manobrar ou de fazer grandes empreendimentos», mas «o poder que Ele mesmo tinha recebido do Pai». E fá-lo com um «conselho claro:  ide em grupos, e para o caminho levai apenas um bordão; nem pão, nem mochila, nem dinheiro: em pobreza!». E «o Evangelho — afirmou — é tão rico e forte que não tem necessidade de grandes feitos para ser anunciado». É preciso «anunciá-lo em pobreza e o verdadeiro pastor sai como Jesus: pobre, para anunciar o Evangelho com este poder». E «quando o Evangelho é conservado com esta simplicidade e pobreza, vê-se claramente que a salvação não é uma teologia da prosperidade» mas «um dom, o mesmo dom que Jesus tinha recebido para oferecer».

    Quinta-feira, 5 de Fevereiro de 2015Publicado no L’Osservatore Romano  

  •  

  • CONCLUSÃO

    tumblr_ltow4feL4z1qhyx50o1_400
    Concluo citando São João Eudes (1601-1680), fundador da Congregação de Jesus e Maria. De tal modo ele considerava uma só as devoções ao Sagrado Coração de Jesus e ao Imaculado Coração de Maria, que dizia: “o Sagrado Coração de Jesus e Maria”. A frase está no singular, como se fosse um só coração, para assim acentuar a íntima união de ambas as devoções. Dois Corações inseparáveis, tão unidos que não se pode querer considerá-los separadamente.

    Não ama verdadeiramente o Sagrado Coração de Jesus, quem não ama o Imaculado Coração de Maria. Ao buscarmos a mística desta relação tão intrínseca e profunda, abramos nossos tão pequenos corações, – porque humanos e frágeis, para amá-Los com gratidão na pessoa de nossos irmãos de Comunidade e sempre nos mantendo unidos à Mãe Igreja que já demonstra confiança em nós, nos abençoando e nos incentivando a prosseguirmos no chamado para este carisma. A todos minhas orações, minha presença fraternal e amiga, sempre com carinho e afeto.

    reinalda 

  •  

  • ORAÇÕES DIVERSAS

    Eu creio no poder dos joelhos que se dobram
    Abaixo, algumas orações, reflexões e ensinos diversos, que são utilizados em diversos momentos em nossa Comunidade e nos Retiros Agapeterapia 

  • 1. JESUS FAZ UM PEDIDO

    Eu confio em Ti

    “Para conheceres melhor ainda minha vontade,

    volta-te para Mim freqüentemente com teu pensamento, tua oração, tua atenção.

    Dize-me:

    – Agora e em todos os instantes eu confio em ti, Senhor, porque és todo poderoso.

    – Agora e em todos os instantes eu confio em ti, Senhor, porque és a mesma bondade.

    – Agora e em todos os instantes eu confio em ti, porque vives em mim e eu vivo em ti.

    – Agora e em todos os instantes eu confio em ti, porque és meu irmão e deste a vida por mim.

    – Agora e em todos os instantes eu confio em ti, porque teu Pai é meu Pai também.

    – Agora e em todos os instantes eu confio em ti, porque tua Mãe é minha Mãe também.

    – Agora e em todos os instantes eu confio em ti, porque te entregaste a mim e eu não devo fazer menos por ti.

    – Agora e em todos os instantes eu confio em ti, porque tu me amas e eu devo amar-te também.

    – Agora e em todos os instantes eu confio em ti, porque queres dar a mim mais do que desejo receber.

    – Agora e em todos os instantes eu confio em ti, e jamais hesitarei, porque a hesitação seria sinal de que estaria duvidando de ti.

    – Agora e em todos os instantes eu confio em ti, não porque eu seja bom, mas porque tu és perfeito.

    – Agora e em todos os instantes eu confio em ti, não porque eu seja forte, mas porque tu és onipotente.

    Meu Deus! Desejo este momento com todas as circunstâncias que vão constituí-lo. É tua vontade e é minha vontade também. Neste momento quero somente aquilo que nele me está reservado. Nem mais nem menos. Em tua infinita sabedoria me viste chegar a este momento de minha existência, com forças e com fraquezas. Agradeço-te, por minhas forças e louvo-te por minhas fraquezas. Tu me deste qualidades na melhor medida para mim. Permitiste também que minhas fraquezas estivessem de acordo com teus planos eternos a meu respeito. Quero tudo porque tudo é tua vontade.

    Neste momento, não quero ser mais forte do que sou realmente. Minhas fraquezas louvam tua glória. Se por causa delas eu vier a cair, no futuro, permite que eu aprenda a humildade. Se eu me tornar miserável, permite que te ofereça minha miséria e glorificarei tua justiça. Se meus erros trouxerem castigos sobre mim, estes também serão para tua glória, porque o mal deve ser castigado.

    Meu Deus, protege-me, eu te peço. Tu és minha força e eu te louvarei. És minha defesa, ó minha misericórdia, ó meu Deus.”

    Clarence J. Enzler 

  • 2. A ILUSÃO DA MISERICÓRDIA
    SEM CONVERSÃO E SEM ARREPENDIMENTO

    images (1)

    IGNORAS QUONIAM BENIGNITAS DEI AD POENITENTIAM TE ADDUCIT?

    NÃO SABES QUE A BENIGNIDADE DE DEUS TE CONVIDA À PENITÊNCIA? (Rm 2,4)

    “Se Deus espera com paciência, não espera sempre. Pois, se o Senhor sempre nos tolerasse, ninguém se condenaria; ora, é larga a porta e espaçoso o caminho que leva à perdição, e muitos são os que entram por ele (Mt 7,13). “Quem ofende a Deus, fiado na esperança de ser perdoado , é um escarnecedor e não um penitente”, diz Santo Agostinho

    Diz ainda Santo Agostinho: “… o demônio seduz os homens por duas maneiras: Com desespero e com esperança . Depois que o pecador cometeu o delito, arrasta-o ao desespero pelo temor da justiça divina; mas, antes de pecar, excita-o a cair em tentação pela esperança na divina misericórdia”.

    É por isso que o Santo nos adverte, dizendo: “Depois do pecado tenha esperança na divina misericórdia; antes do pecado tema a justiça divina. E assim é, com efeito. Porque não merece a misericórdia de Deus aquele que se serve da mesma para ofendê-lo. A misericórdia é para quem teme a Deus e não para o que dela se serve com o propósito de ofende-Lo. Ai daquele que para pecar confia na esperança! A quantos essa vã ilusão tem enganado e levado à perdição”

    Afirma São Paulo que de “De Deus não se pode zombar” (Gl 6,7). E seria zombar de Deus o querer ofendê-lo sempre que quiséssemos e desejar, a seguir, o paraíso. “Quem semeia pecados, não pode esperar outra coisa que o eterno castigo no inferno” (Gl 6,8). O laço com que o demônio arrasta quase todos os cristãos que se condenam é, sem dúvida, esse engano com que os seduz, dizendo-lhes: “Pecai livremente, porque, apesar de todos os pecados, haveis de salvar-vos”. O Senhor, porém, amaldiçoa aquele que peca na esperança de perdão. A esperança depois do pecado, quando o pecador deveras se arrepende, é agradável a Deus, mas a dos obstinados lhe é abominável . Tal esperança provoca o castigo de Deus, assim como seria passível de punição o servo que ofendesse a seu patrão, precisamente porque é bondoso e amável – (FONTE : Livro “Preparação para a morte” , de Santo Afonso Maria de Ligório , Bispo e doutor da Igreja)

    Diz São Basílio: “Não duvideis que DEUS é Misericordioso, mas saibamos que Ele é também JUSTO , e estejamos bem atentos para não considerar apenas uma metade de DEUS. Uma vez que DEUS é JUSTO , é impossível que os ingratos escapem do castigo…..Misericórdia !! Misericórdia sim , mas para aqueles que TEMEM à DEUS , e não para aquele que abusa da paciência DIVINA”

    “Infelizmente entre nós, há uma tolerância quase ilimitada para mudanças espetaculares e aventureiras, enquanto praticamente não há nenhuma para a TRADIÇÃO. Então, nós estamos definitivamente no caminho errado” (Riflessioni del Cardeal Joseph Ratzinger tratte dal libro “Il sale della terra”, Ed. San Paolo, pp. 199-202)

    Assim, a Igreja tem como doutrina que: “não há pecado algum, por mais grave que seja, que a Santa Igreja não possa perdoar. Não existe ninguém, por mau e culpado que seja, que não deve esperar com segurança seu perdão, desde que seu arrependimento seja sincero” (CIC 982)

    Algo me incomoda sobremaneira. O pensamento corrente em um “deus-amor” que se contrapõe ao Deus revelado nas páginas da Bíblia e por toda a amplitude da Revelação Divina. Ora, Deus, Criador do céu e da terra, não é também um Deus-Amor? Sim, Deus é Amor, para sabermos sobre isto, basta lermos a I Carta do Apóstolo João, onde ele não somente explicita o Amor Divino como diz que quem não ama não é de Deus. Portanto, Deus é o amor perfeito, infinito!! Para tratarmos melhor esta questão, vamos então conhecer um pouco deste “deus-amor” recorrente em nosso tempo. Um dos maiores perigos, tanto pelo excesso quanto pelo desleixo é justamente querermos moldar um deus às nossas conveniências, que seja compatível ao modo de pensar nas diversas épocas de nossa sociedade. O que acontece em nossa época?

    Acontece que há um esfriamento da Fé, um esquecimento muito grande do compromisso com a Fé e seus mínimos preceitos, um aniquilamento do modo geral de que Fé não é exatamente necessário para ser uma boa pessoa, o clima atual nos faz pensar que a Fé é apenas um ato bom e natural e que no fundo no fundo não leva ninguém a nada, a não ser confortá-las até o fim da vida. Já que há uma dormência do conhecimento de Deus, então alarga-se o campo das teorias religiosas de nossos tempos e que estas teorias, muitas delas bestiais, encontrem um grandioso campo fértil para a sua propagação e que acabam sendo acolhidas por muitos e muitos, grandes e pequenos, ricos e pobres.

    A Santa Igreja ensina, que a presunção da salvação sem merecimento, ou seja, vou me salvar sem arrependimento, sem conversão, e sem obedecer às leis e aos mandamentos de Deus, pois Deus é misericordioso, é um PECADO CONTRA O ESPÍRITO SANTO, E, PORTANTO, UM PECADO QUE NÃO TEM PERDÃO!! É muito fácil, muito bom e confortável acolhermos a imagem de um “deus-amor”, que concede a liberdade não para que O amemos, mas para que possamos fazer tudo o que se pode fazer, principalmente, este “deus-amor” é contrário a repressão dos sentimentos desordenados, pelo contrário, é a imagem de um deus que antes incentiva tais desordens, já que este deus é a pura misericórdia, tudo e todos estão salvos, então comamos, bebamos e morramos depois. Para propagar este deus-amor, muitas vezes as pessoas, já confortavelmente envolvidas com este deus, gostam de contrastar o deus-amor de hoje com o Deus de nossos pais, ou seja, o Deus de nossos pais, o Deus que os nossos pais tiveram a virtude de nos ensinar desde o nosso berço, é um Deus de castigo, um Deus de rosto fechado, bravo, pronto a nos dar cachimbadas pelos nossos erros, então claro, o deus de nossa época é muito melhor que o Deus de nossos pais, pois não castiga, não cobra respostas inteligíveis ao dom da Fé, não nos ameaça com a perdição eterna do inferno . Eu lhes afirmo: Este deus é falso.

    Um deus praticamente hippie, que se possível viria a terra para gandaiar conosco e conduzir a festa. Deus não muda, mesmo que as nossas conveniências nos insistem a querer isso. Dizer que o Deus de nossos pais é diferente do deus de nossos tempos é dizer que deus somente existe pela nossa necessidade natural de crer e assim podemos então, ao invés de se abrir ao grande mistério divino, criar o nosso deus, seja ele deus-amor, deus-paz, deus-justiça, dos pobres, do homossexualismo, fraternal, um deus escondido, irreconhecível, e mais uma vez, etc. Deus não muda e este Deus eterno e soberano, Todo-Poderoso, Criador do Céu e da terra, é sim um Deus de Amor, do Amor único, pois fora Dele não há amor verdadeiro, não há vida, não há nada que preste

    Reflitamos de forma demasiadamente simples sobre o amor. Amor é não querer que o mal aconteça a nós e a ninguém, para isso temos limites que muitas vezes só conseguimos suportar por Amor. Logo, este deus-amor não se encaixa em sua omissão, pois permite que as pessoas se atolem até o pescoço com essa liberdade que conduz à ruína da pessoa humana, confundindo a individualidade da pessoa humana com o egoísmo. Por isso eu digo que esse deus-amor bonzinho ao ponto de nos permitir afundar na nossa própria miséria e de nos deleitarmos nela, deve ser tido como nada.

    Abra-se sim ao Deus da Redenção, ao Deus que falou ao Povo de Israel, ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, ao Deus que nos deixou por herança a sua própria obra que é a Santa Igreja, na qual se congrega todo o seu povo e que o conduz a presença deste Deus que é Amor, mas que também é JUSTIÇA, e corrige aqueles que ama e castiga aqueles que tem por seus filhos. Claro, ao dizerem sobre Deus Amor verifique se Ele é o Deus que a Igreja ensina, pois ela foi fundada por Ele e enviada a anunciá-Lo sem enganos até o fim dos tempos, se é o Deus da Bíblia, o Deus da Divina Revelação Cristã, completa e imperecível.

     – “Não se desespere, um dos ladrões foi salvo. Não seja presunçoso, um dos ladrões foi condenado”
        Santo Agostinho – Filme “O Calvário”

    Deus é Pai, é Amor, é Vida. O Deus Verdadeiro. Clarence J. Enzler 

  • 3. HONRAR A EUCARISTIA
    NÃO DEVE DIMINUIR A NOSSA DEVOÇÃO PARA COM A SANTÍSSIMA VIRGEM

    Meditações extraídas dos escritos de São Pedro Julião Eymard

    15_06_2015__18_24_33844960a60c10c06e1cdca311ab3c36654b141_640x480

    Meu Deus, eu creio, adoro, espero e amo-Vos. Peço-Vos perdão para os que não crêem, não adoram, não esperam e não Vos amam.

    Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, adoro-Vos profundamente e ofereço-Vos o preciosíssimo Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Jesus Cristo, presente em todos os Sacrários da Terra, em reparação dos ultrajes, sacrilégios e indiferenças com que Ele mesmo é ofendido. E pelos méritos infinitos do seu Santíssimo Coração e do Coração Imaculado de Maria, peço-Vos a conversão dos pobres pecadores.”  –  Anjo de Portugal

     A profissão especial que fazemos de honrar a Eucaristia não deve diminuir a nossa devoção para com a Santíssima Virgem. Longe disso! Proferiria uma blasfêmia quem dissesse; Basta-me o Santíssimo Sacramento; não preciso de Maria! Mas, onde encontraremos Jesus na terra senão em seus braços? Não foi Ela quem nos deu a Eucaristia?

    Foi o seu consentimento à Encarnação do Verbo em seu seio que iniciou o grande mistério de reparação para com Deus e de união conosco que Jesus realizou durante sua vida mortal e continua agora no Santíssimo Sacramento. Sem Maria não poderíamos ir a Jesus, porque Ela O possui em seu coração: aí encontra Ele as suas delícias, e todos que quiserem conhecer as virtudes íntimas de Jesus, seu amor recôndito e privilegiado, devem procurá-los no Coração de Maria; os que amam esta boa Mãe encontram Jesus em seu coração tão puro.

    Oh! Jamais separemos Jesus de Maria; não poderíamos ir a Ele sem passar por Ela. Ouso mesmo afirmar que quanto mais amarmos a Eucaristia, tanto maior será nosso amor para com a Santíssima Virgem; amamos tudo quanto ama um nosso amigo; ora, existe por ventura uma criatura mais amada de Deus, mãe que tenha sido mais ternamente querida por seu filho do que foi Maria por Jesus? Oh! Sim, Nosso Senhor teria grande pesar se nós, servos de sua Eucaristia, não honrássemos deveras a Maria, porque Ela é sua Mãe; Nosso Senhor tudo lhe deve na ordem de sua Encarnação e de sua natureza humana; foi pela carne que dEla recebeu que Ele tanto glorificou a seu Pai, que nos salvou e que continua a alimentar e salvar o mundo no Santíssimo Sacramento. Nosso Senhor quer que a honremos tanto mais agora quanto em sua vida mortal e somos obrigados, no interesse de nossa salvação, a honrá-l’A como Mãe de Deus e como nossa própria Mãe.

    Visto que somos consagrados de uma maneira especial ao serviço da Eucaristia, e que somos adoradores, é nessa qualidade que devemos um culto particular a Maria. Religiosos do Santíssimo Sacramento, Servas do Santíssimo Sacramento, agregados do Santíssimo Sacramento, somos, pelo nosso estado, adoradores da Eucaristia; é o nosso belo título, abençoado por Pio IX. Que quer dizer adoradores? Quer dizer que somos ligados à Pessoa adorável de Nosso Senhor vivendo na Eucaristia.

    Mas, se pertencemos ao Filho, também pertencemos à Mãe; se adoramos o Filho, devemos honrar a Mãe, e somos obrigados, para entrar plenamente na graça de nossa vocação, e nela permanecer, a prestar um culto especial à Santíssima Virgem como Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento. Quando honramos Nosso Senhor na Cruz, honrarmos a Nossa Senhora das Dores; quando meditamos a vida submissa e retirada de Nazaré, tomamos por modelo Nossa Senhora da vida oculta; a Santíssima Virgem acompanha todos os estados de seu Filho. Maria ainda não tinha sido saudada com esse belo título de Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento. Eis que o culto da Eucaristia se propaga; jamais, como em nossos dias, foi ele tão grande, tão universal; espalha-se por toda parte. É a graça trazida ao mundo pela Imaculada Conceição.

    Sem dúvida, a devoção ao Santíssimo Sacramento não é nova; mas, presentemente, há uma outra manifestação da Eucaristia: o Deus oculto sai de seu Tabernáculo; por toda parte, dia e noite, faz-se a Exposição do Santíssimo Sacramento; a Eucaristia vai se tornar uma fonte de salvação para este século; o culto da Eucaristia será a sua glória e grandeza. Pois bem; a devoção a Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento crescerá com o culto da Eucaristia.

    Que fez a Santíssima Virgem no Cenáculo? Adorou; foi a Rainha e a Mãe dos adoradores; foi, numa palavra, Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento. Vossa ocupação durante este mês será honrá-lA sob este belo título, meditar o que Ela fazia, e procurar compreender como Nosso Senhor aceitava as Suas adorações; descobrireis a perfeita união desses Dois Corações: o de Jesus e o de Maria, unidos num só amor, em uma única e mesma vida. É necessário que a vossa piedade levante o misterioso véu que esconde a vida adoradora de Maria.  Toda a sua vida foi unicamente uma vida de amor e de adoração. Como descrever o amor e a adoração? Como exprimir esse reinado de Deus na alma, e esta vida da alma em Deus?

    Não se pode explicar; a linguagem não tem expressões para interpretar as delícias do céu, e assim acontece com a vida de Maria no Cenáculo. São Lucas apenas nos diz que ali Nossa Senhora vivia e orava.

    Tudo o que nos for possível avaliar de potência no amor, na santidade e perfeição nas virtudes, podemos atribuir a Maria. As virtudes da Santíssima Virgem atingiram no Cenáculo o apogeu de sua perfeição, uma perfeição ilimitada, por assim dizer, e somente ultrapassada pela perfeição das virtudes de Jesus Cristo.

    Pedi a Nosso Senhor que vos revele o que se passava no Cenáculo entre Ele e sua Mãe; Ele vos dirá, certamente, algumas dessas maravilhas; não todas, porque não poderíeis entendê-las, porém uma parte, e isso fará a vossa felicidade. Quanto me sentiria feliz se pudesse compor um mês de Maria adoradora! Para isto é necessário rezar e meditar muito; é preciso compreender a ação de graças do amor de Maria.

    Efetivamente, todos os mistérios da vida de Nossa Senhora revivem no Cenáculo. Se meditardes o nascimento de seu Filho em Belém, completai o Evangelho, e vereis o nascimento eucarístico deste mesmo Filho no altar. A fuga para o Egito? Não vedes que Nosso Senhor ainda está no meio de bárbaros e de estranhos em tantas cidades e aldeias nas quais se fecham as Igrejas e onde ninguém vai visitá-lO? E sua vida oculta em Nazaré? Não está Ele ainda mais escondido aqui? Completai pela Eucaristia todos os mistérios e meditai a parte que Nossa Senhora tem neles. O essencial é procurar praticar uma das virtudes da Santíssima Virgem; escolhei, de preferência, as mais humildes, as mais pequeninas; já as conheceis; depois, gradualmente, chegareis até as suas virtudes interiores, até o seu amor. E todos os dias oferecer-Lhes um sacrifício, algo que nos há de custar, um ato de caridade. Em especial, um sacrifício para participardes da Festa a seu filho, a festa do Corpo de Deus.

    Se não puderes prever sacrifícios particulares, conservai-vos pelo menos no propósito firme e generoso de aceitar todos os que Deus vos enviar; cuidai em apanhar em pleno vôo esse pássaro do céu. Há mensageiros de Deus que nos trazem graças ocultas em uma coroa de espinhos. Deveis recebê-los bem. Um sacrifício pressentido dá lugar à reflexão, e ao raciocínio diminui-lhe o valor; ao passo que os sacrifícios imprevistos, feitos generosamente, sem exame, são mais meritórios. Deus nos quer surpreender, e nos diz apenas: “Estai preparados!” E a alma fiel está disposta para tudo que Deus quiser. O amor gosta de surpresas. Não deixes passar tais ocasiões. Para isso, é bastante ser generoso.

    Oh! Quanto é bela a alma generosa! Deus é por ela glorificado; e referindo-se a esta alma, o Senhor repete, com um sentimento de júbilo e admiração, o que dissera de Jó: “Viste meu servo Jó?…” Quem ama não deixa passar esses sacrifícios; está sempre alerta, e ao sentir que se aproxima uma cruz, prepara-se para recebê-la bem.

    Vamos, honrai a Santíssima Virgem com um sacrifício cotidiano; ide a Jesus por Maria; segui-lhe os passos, abrigai-vos sob seu manto; revesti-vos de suas virtudes; sede apenas uma sombra de vossa Mãe; oferecei a Nosso Senhor todas as suas virtudes, seus méritos e ações; para isto, nada mais tendes a fazer do que tomá-los de Maria e dizer a Jesus:

    “A vós ofereço as riquezas adquiridas por minha boa Mãe.”

    E Nosso Senhor ficará contente convosco!

    maria-orando1

  • 4. QUANDO A BOCA CALA… O CORPO GRITA

    01

    A enfermidade é um conflito entre a personalidade e a alma.

    O resfriado escorre quando o corpo não chora.

    A dor de garganta entope quando

    não é possível comunicar as aflições.

    O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.

    O diabetes invade quando a solidão dói.

    O corpo engorda quando a insatisfação aperta.

    A dor de cabeça deprime quando as duvidas aumentam.

    O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.

    A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.

    As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.

    O peito aperta quando o orgulho escraviza.

    A pressão sobe quando o medo aprisiona.

    As neuroses paralisam quando a “criança interna” tiraniza.

    A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.

    Os joelhos doem quando o orgulho não se dobra.

    O câncer mata quando não se perdoa e/ou cansa de viver.

    E as dores caladas? Como falam em nosso corpo?

    A enfermidade não é má, ela avisa quando erramos a direção.

    O caminho para a felicidade não é reto, existem curvas chamadas Equívocos,

    existem semáforos chamados Amigos, luzes de precaução chamadas Família,

    e ajudará muito ter no caminho uma peça de reposição chamada Decisão,

    um potente motor chamado Amor, um bom seguro chamado FÉ,

    abundante combustível chamado Paciência.

    Mas principalmente um maravilhoso Condutor chamado ESPÍRITO SANTO!

  • 5. LADAINHA DO SANTÍSSIMO NOME DE JESUS

    tumblr_static_jesus

    Senhor, tende piedade de nós.
    Jesus Cristo, tende piedade de nós.
    Senhor, tende piedade de nós.
    Jesus Cristo, ouvi-nos.
    Jesus Cristo, atendei-nos.
    Pai Celeste que sois Deus, tende piedade de nós.
    Filho Redentor, que sois Deus,
    Espírito Santo que sois Deus,
    Santíssima Trindade que sois Deus,

    Jesus, Filho do Deus vivo,
    Jesus, pureza da luz eterna,
    Jesus, Rei da Glória,
    Jesus, sol de justiça,
    Jesus, Filho da Virgem Maria,
    Jesus amável,
    Jesus admirável,
    Jesus, Deus Forte,
    Jesus, pai do futuro século,
    Jesus poderosíssimo,
    Jesus pacientíssimo,
    Jesus obedientíssimo,
    Jesus, manso e humilde de coração,
    Jesus, amante da castidade,
    Jesus, amado nosso,
    Jesus, Deus da paz,
    Jesus, autor da vida,
    Jesus, exemplar das virtudes,
    Jesus, zelador das almas,
    Jesus, nosso Deus,
    Jesus, nosso refúgio,
    Jesus, pai dos pobres,
    Jesus, tesouro dos fiéis,
    Jesus, boníssimo Pastor,
    Jesus, luz verdadeira,
    Jesus, sabedoria eterna,
    Jesus, bondade infinita,
    Jesus, nosso caminho e nossa vida,
    Jesus, alegria dos anjos,
    Jesus, Rei dos patriarcas,
    Jesus, Mestre dos apóstolos,
    Jesus, doutor dos evangelistas,
    Jesus, fortaleza dos mártires,
    Jesus, luz dos confessores,
    Jesus, pureza das virgens,
    Jesus, coroa de todos os santos,
    Sede- nos propício, perdoai-nos, Jesus.
    Sede-nos propício, ouvi-nos Jesus.

     

    De todo mal, livrai-nos, Jesus.
    De todo pecado,
    De Vossa ira,
    Das ciladas do demônio,
    Do espírito da impureza,
    Da morte eterna,
    Do desprezo das Vossas inspirações,
    Pelo Mistério da Vossa santa encarnação,
    Pela Vossa natividade,
    Pela Vossa infância,
    Pela Vossa santíssima vida,
    Pelos Vossos trabalhos,
    Pela Vossa agonia e paixão,
    Pela Vossa Cruz e desamparo,
    Pelas Vossas angústias,
    Pela Vossa morte e sepultura,
    Pela Vossa Ressurreição,
    Pela Vossa ascensão,
    Pela Vossa instituição da Santíssima Eucaristia,
    Pelas Vossas alegrias,
    Pela Vossa Glória,

    Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos, Jesus.
    Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, ouvi-nos, Jesus.
    Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós, Jesus.

     

    Oremos: Senhor Jesus Cristo, que dissestes: “Pedi e recebereis, buscai e achareis, batei e abrir-se-vos-á”, nós vos suplicamos que concedais a nós, que Vo-lo pedimos, os sentimentos afetivos do Vosso divino Amor, a fim de que nós Vos amemos de todo o coração e que esse amor transcenda por nossas ações.
    Permiti que tenhamos, sempre, Senhor, um igual temor e amor pelo Vosso Santo Nome, pois não deixais de governar aqueles que estabeleceis na firmeza do Vosso Amor. Vós que viveis e reinais para todo o sempre. Amém.

    Pai Nosso. Ave Maria. Glória

    images

  •  

     

  • ÍNDICE

     ORAÇÕES DEVOCIONAIS

     INTRODUÇÃO 

    OREMOS COM NOSSOS PATRONOS

    1. CONSAGRAÇÃO AO CORAÇÃO UNIDO
    2. CONSAGRAÇÃO AO ESPÍRITO SANTO
    3. TERÇO DOIS CORAÇÕES
    4. A CURA ATRAVÉS DA HUMILDADE
    5. ORAÇÃO DO SANTO PAPA JOÃO XXIII
    6. ORAÇÃO DA MANSIDÃO
    7. ORAÇÃO VOCACIONAL
    8. ORAÇÃO PEDINDO O DOM DA PUREZA
    9. TERÇO PEDINDO LIBERTAÇÃO A NOSSA SENHORA DO CALVÁRIO
    10. ORAÇÃO PEDINDO A ARMADURA DE DEUS
    11. LADAINHA DO PRECIOSÍSSIMO SANGUE
    12. ORAÇÃO EM TEMPO DE COMBATE ESPIRITUAL
    13. ORAÇÃO POR CURA INTERIOR
    14. ORAÇÃO AOS SANTOS ANJOS
    15. TERÇO DE RENÚNCIA E LIBERTAÇÃO
    16. PEQUENO EXORCISMO DO SANTO PAPA LEÃO XIII
    17. ORAÇÃO DE QUEIMA
    18. ORAÇÃO CONTRA TODOS OS MALES
    19. ORAÇÃO DE CONFISSÃO E RENÚNCIA
    20. ORAÇÃO PARA PEDIR A FÉ
    21. TERÇO DA CONFIANÇA
    22. ORAÇÃO DE SANTA TEREZINHA
    23. LADAINHA DE JESUS CRISTO, SACERDOTE E VÍTIMA
    24. ORAÇÃO PELOS SACERDOTES
    25. ORAÇÃO PELOS SACERDOTES JUNTO AO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS
    26. A POMBA DA TERNURA
    27. ORAÇÃO DO SANTO PAPA JOÃO PAULO II
    28. HINO

     

    ORAÇÕES AGAPETERAPIA

    1. A CRISTO EUCARÍSTICO
    2. A HUMILDADE DA EUCARISTIA
    3. VIA SACRA EUCARÍSTICA DE SÃO PEDRO JULIÃO EYMARD
    4. MINHA ORAÇÃO PESSOAL DE PERDÃO
    5. LADAINHA DO PERDÃO
    6. ORAÇÃO PARA PEDIR O BATISMO NO ESPÍRITO SANTO

     

    NOVENAS DIVERSAS

    1. NOVENA A NOSSA SENHORA RAINHA DA PAZ
    2. NOVENA A NOSSA SENHORA DE LOURDES – 02 A 10 DE FEVEREIRO
    3. NOVENA AO CORAÇÃO UNIDO DE JESUS E MARIA
    4. NOVENA A SÃO JOSÉ – 10 A 18 DE MARÇO
    5. NOVENA A NOSSA SENHORA DE FÁTIMA – 5 A 12 DE MAIO
    6. NOVENA DA DIVINA MISERICÓRDIA – INÍCIO NA SEXTA-FEIRA SANTA
    7. QUARESMA DE SÃO MIGUEL – 15 DE AGOSTO A 28 DE SETEMBRO
    8. NOVENA A NOSSA SENHORA DAS DORES – 6 A 14 DE DEZEMBRO
    9. NOVENA A NOSSA SENHORA APARECIDA – 3 A 11 DE OUTUBRO
    10. NOVENA A NOSSA SENHORA DA SAÚDE – 3 A 11 DE OUTUBRO
    11. NOVENA AS NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS – 18 A 26 DE NOVEMBRO
    12. NOVENA DA IMACULADA CONCEIÇÃO – 28 DE NOVEMBRO A 7 DE DEZEMBRO
    13. DEVOÇÃO ÀS MIL AVE-MARIAS – RECITAÇÃO DO ROSÁRIO PERPÉTUO

    18. ENTRONIZAÇÃO DOMESTICA DO QUADRO DO CORAÇÃO SAGRADO DE JESUS E MARIA
    19. ORAÇÃO DE ENTRONIZAÇÃO DO QUADRO
    20. PAPA FRANCISCO FAZ UM PEDIDO

     CONCLUSÃO

     ORAÇÕES DIVERSAS

    1. JESUS FAZ UM PEDIDO
    2. A ILUSÃO DA MISERICÓRDIA
      SEM CONVERSÃO E SEM ARREPENDIMENTO
    3. HONRAR A EUCARISTIA
      NÃO DEVE DIMINUIR A NOSSA DEVOÇÃO PARA COM A SANTÍSSIMA VIRGEM
    4. QUANDO A BOCA CALA… O CORPO GRITA
    5. LADAINHA DO SANTÍSSIMO NOME DE JESUS
  •  

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  • INSERIR O TITULO AQUI

    INSERIR O TEXTO AQUI
  • INSERIR O TITULO AQUI

    INSERIR O TEXTO AQUI
  • INSERIR O TITULO AQUI

    INSERIR O TEXTO AQUI
  • INSERIR O TITULO AQUI

    INSERIR O TEXTO AQUI
  • INSERIR O TITULO AQUI

    INSERIR O TEXTO AQUI
  • INSERIR O TITULO AQUI

    INSERIR O TEXTO AQUI